Se você já é familiarizado com a importância de cada certificação financeira, com certeza já se perguntou bastante sobre a necessidade de ter mais de uma certificação. Não é preciso nem chegar ao final deste artigo para saber disso aqui: uma só não é o suficiente.

Há quem escolha parar de tentar se tornar um profissional incrível quando obtém uma certificação obrigatória. Na prática, o que acontece é o seguinte: ao tomar essa decisão, você livremente permite que outras pessoas se destaquem enquanto você permanece estagnado.

Para te ajudar a perceber de forma mais clara como o conhecimento é o diferencial que vai te levar longe, tenho alguns dados para apresentar.

Quantos profissionais certificados há no Brasil?

Prepare-se para ficar chocado. Atualmente, em nosso país, há cerca de 428.531 profissionais que detém a CPA 10 — a certificação daqueles que desejam trabalhar em banco. Com a CPA 20, temos apenas 156.754 profissionais. Somente isso em um território continental.

Agora, os dados começam a afunilar de forma gigantesca: aproximadamente 10.000 brasileiros contam com a CEA, a que torna você um especialista em investimentos. Menos de 2% dos profissionais do mercado de trabalho. Com a CFP (Certified Financial Planner), então, temos apenas 5.000 profissionais. 

O que eu quero mostrar com esses números? Que a quantidade de oportunidades que existem no mercado financeiro são enormes. Se destacar não é tão difícil quando há tão pouca concorrência certificada por aí. 

É por isso que eu insisto em reforçar que o conhecimento não deve ser obtido apenas por obrigação. Conhecimento é poder: já ouviu essa frase antes, não? Agora, reflita: por que renunciar ao poder de dar à sua carreira o rumo de sucesso que você tanto sonha?

Jamais pare de estudar e buscar certificações

Para cada certificação obtida, obrigatória ou não, muitas novas portas se abrem no seu caminho. E não é só isso: elas também interferem diretamente no seu salário.

Ou seja: uma certificação mais exigente, por exemplo, com certeza vai contar com menos pessoas certificadas. Logo, o salário disponível para esses profissionais será muito maior. 

Entenda de uma vez por todas: só prospera quem se esforça e vai além. As oportunidades estão aí. O mercado financeiro pode estar completamente ao seu favor: basta você se dispor a entendê-lo verdadeiramente, não apenas obter o conhecimento que as instituições exigem.

CFP: faça parte do seleto grupo de profissionais com essa certificação

Lembra que, alguns parágrafos atrás, eu comentei sobre como a CFP tem apenas 5.000 certificados no Brasil? Essa certificação não é obrigatória, mas é um grande diferencial, principalmente se considerarmos a óbvia escassez de profissionais disponíveis no mercado.

Essa prova é aplicada pela Planejar, mas as questões são elaboradas pela Anbima. Ah, e o certificado é aceito até internacionalmente. Entende como a CFP te tornará um profissional altamente requisitado no mercado?

Como se preparar para a CFP

Se há, no Brasil, apenas 5.000 profissionais com essa certificação, você provavelmente já deduziu que esta é uma prova bastante exigente. Portanto, um curso preparatório é fundamental para se ter sucesso ao realizá-la. 

Ao clicar aqui, é possível conhecer o plano Prestigie da TopInvest. Com ele, você tem acesso a 344 aulas que vão te tornar apto a aplicar para as certificações de maior prestígio no país.

Tenha mais de uma certificação

Se você chegou até aqui, agora já sabe: uma certificação só não basta. Não deixe de evoluir, se adaptar e se atualizar após se tornar certificado em uma prova obrigatória. Isso não é o suficiente para ter uma carreira sólida e de sucesso. 

Preparado para construir o seu futuro no mercado financeiro?