A CPA-20 é uma das certificações mais populares do mercado financeiro. Muitos, inclusive, preferem tentar a CPA-20 sem ter a CPA-10 antes, já que a primeira abre mais portas na carreira. 

Se você está interessado em ser um profissional certificado pela CPA-20, então, este artigo vai ser muito útil para você. Aqui, eu compilei todas as informações que você precisa saber sobre essa certificação ANBIMA e sobre a prova em si! Partiu?

O que é a CPA-20?

A CPA-20 é uma certificação ANBIMA que existe para reconhecer a atuação de profissionais que trabalham com venda de produtos de investimento. Ela é a segunda de uma série de certificações – vem logo após a CPA-10

Com ela, o profissional vai atuar diretamente com o público, ou em plataformas de atendimento e agências bancárias. A certificação também serve como um instrumento para definir cargos e salários. Ou seja, que tem a CPA-20 vai encontrar melhores remunerações e posições do que quem tem apenas a CPA-10.

Quem precisa da CPA-20?

Se você trabalha em uma instituição financeira e tem como uma de suas funções oferecer produtos de investimento para clientes de alta renda, então, você precisa da CPA-20. Além disso, todos aqueles que querem um upgrade na carreira e ainda não têm nenhuma certificação (ou têm a CPA-10), precisam da CPA-20 para evoluir.

Quem pode tirar CPA-20?

Não há nenhum pré-requisito para aplicar para a CPA-20. Portanto, você não precisa necessariamente estar trabalhando em uma instituição financeira, ou já ter sido certificado pela CPA-10. A CPA-20 é aberta para qualquer profissional que deseja subir na carreira, ou ainda iniciar nela.

Curso online para certificação CPA-20 da Anbima


Curso online para certificação CPA-20 da Anbima

Qual a diferença entre CPA-20 e a CPA-10?

Lembra que comentei, alguns parágrafos atrás, que a CPA-20 autoriza o profissional a atuar com segmento de alta renda? Basicamente, essa é a principal diferença entre a CPA-10 e a CPA-20. 

Quem tem a CPA-20, aliás, está apto a exercer todas as funções abrangidas pela CPA-10, mas com essa adição da alta renda. Por isso, inclusive, tanta gente opta por ir direto para a CPA-20.

Outra diferença, naturalmente, está na posição que o profissional vai ocupar e no salário que vai receber. 

Qual a diferença entre CPA-20 e a CEA?

Enquanto o profissional certificado pela CPA-20 pode distribuir produtos de investimento, o profissional com CEA pode indicá-los. Isso é possível porque a CEA é a certificação que torna alguém em especialista em investimentos. Na hierarquia das certificações, inclusive, a CEA está um degrau acima das demais.

Se, por um lado, a CPA-20 engloba as funções da CPA-10, a CEA engloba as funções de ambas as CPAs. Ademais, é sempre bom lembrar que com mais responsabilidades, vêm também melhores salários e cargos.

Como funciona a prova CPA-20?

Entendeu as mudanças que a CPA-20 traz para a sua carreira? Então, podemos passar para a hora da prova! Normalmente, essa etapa também traz inúmeras dúvidas para o candidato. Por isso, vamos compreender tópico por tópico como o exame acontece.

Inscrições

A inscrição para a CPA-20 é bem fácil. Para isso, é necessário acessar esse link e informar o seu CPF e se você é vinculado (ou não) a uma instituição associada da ANBIMA. Após isso, o site vai te redirecionar para um formulário online. A sua inscrição vai ser finalizada assim que você pagar a taxa para realizar a prova.

Quanto custa o CPA-20?

E por falar em preços, o valor das provas da CPA-20 são:

  • Exame da CPA-20 para associados à ANBIMA: R$360;
  • Exame da CPA-20 para não-associados à ANBIMA: R$430;
  • Atualização da CPA-20 para associados à ANBIMA: R$260;
  • Atualização da CPA-20 para não-associados à ANBIMA: R$310.

Como agendar a prova CPA-20?

Após pagar a inscrição, você já pode agendar a data e o horário da sua prova. Para isso, basta acessar este link e informar o seu CPF. Lembre-se: sem que o pagamento seja efetuado, é impossível realizar o agendamento da prova.

O agendamento, inclusive, pode ser feito em até 6 meses após o pagamento da taxa. Neste link, aliás, é possível consultar os dias e horários disponíveis. Contudo, as vagas são dinâmicas. Ou seja, assim que um horário é reservado, ele não será mais listado como disponível. Portanto, você só vai saber de verdade os dias disponíveis no exato momento em que for marcar a sua prova.

Aplicação do exame

Para realizar a prova, é necessário ir até o centro de testes escolhido na hora do agendamento. Lá, o exame acontece em um computador. Neste dia, você terá 2h30 para responder 60 questões. Para ser aprovado, é preciso ter, no mínimo, 70% de aproveitamento.

O conteúdo que vai cair na prova é o seguinte:

  • Sistema Financeiro Nacional e participantes do mercado;
  • Compliance legal, ética e análise do perfil do investidor;
  • Instrumentos de renda variável, renda fixa e derivativos;
  • Princípios básicos de economia e finanças;
  • Fundos de investimento;
  • Previdência complementar aberta;
  • Mensuração e gestão de performance e riscos.

Resultado do exame

No fim da prova, você já terá disponível para checagem um resultado provisório, que mostra quantas questões você acertou. Contudo, o resultado oficial deve chegar em até 5 dias úteis após o dia do exame. Esse resultado, aliás, vai chegar no e-mail que você forneceu na hora de fazer a sua inscrição.

Validação da certificação

Passou na CPA-20? Parabéns! Agora, você deve validar a sua certificação. Então, deve acessar este link e fornecer o seu nome completo e CPF para que a ANBIMA te envie o seu certificado oficial.

Como atualizar a CPA-20?

Lembra que, ao listar os preços das taxas de inscrição, eu mencionei um preço para a atualização da CPA-20? Isso acontece pois essa certificação tem validade. Para os profissionais que atuam na área financeira, o prazo é de 5 anos. Porém, para quem não está vinculado a nenhuma instituição, o prazo cai para 3 anos.

Para que a sua certificação continue válida, ao fim desses prazos é necessário prestar uma prova de atualização. Para se inscrever e realizar a sua, o link é este.

Curso online para certificação CPA-20 da Anbima


Curso online para certificação CPA-20 da Anbima

Vale a pena tirar a certificação CPA-20?

Vale, sim! Hoje em dia, ser certificado é uma obrigatoriedade em várias instituições financeiras. De qualquer forma, uma CPA com certeza dá um upgrade no seu currículo.

Com a CPA-20, você valida o seu conhecimento no que tange aos produtos de investimento. Com essa capacitação, inclusive, não apenas uma base sólida é construída na sua carreira, como também abre a possibilidade para novas (e melhores) oportunidades no futuro.

Como eu já disse, a CPA-20 engloba, também, as funções da CPA-10. Portanto, se você tem pensado em ir direto para ela, saiba que essa é uma excelente ideia – desde que você se sinta preparado para isso, é claro.

Quem tem CPA-20 é investidor qualificado?

Quem tem a CPA-20 não é considerado um investidor qualificado. Entretanto, isso não significa que você não esteja no caminho para se tornar um. Muito pelo contrário: a CPA-20 é uma etapa importante da trajetória que vai te trazer esse título.

É considerado um investidor qualificado toda pessoa física ou jurídica que tenha mais de 1 milhão de reais aplicados, ou ainda que tenham as seguintes certificações:

  • AAI (Ancord);
  • CGA;
  • CEA;
  • CFP;
  • CNPI.

Quem tem CPA-20 pode trabalhar onde?

Muita gente acredita que as CPAs servem apenas para trabalhar em bancos. Contudo, isso não é verdade – apesar de os bancos serem bons lugares para você consolidar a sua carreira e evoluir como profissional.

Quem tem CPA-20 pode trabalhar em bancos, sim, e também demais instituições financeiras, como administradoras de recursos, gestoras de fundos de investimento, seguradoras, entre outras. 

Quanto ganha um profissional com CPA-20?

O salário de um profissional certificado pela CPA-20 vai depender, é claro, da empresa na qual trabalha, da região do país onde está e do cargo que ocupa. De forma geral, posso dizer que a remuneração pode variar entre R$3.000 e R$8.000.

A CPA-20 é reconhecida internacionalmente?

A CPA-20 não é reconhecida internacionalmente. Porém, como já disse por aqui, ela é uma etapa importante da sua trajetória para chegar lá.

Os profissionais que desejam reconhecimento internacional podem optar, por exemplo, por certificações como a CNPI e CFP.

Como se preparar para a prova da certificação CPA-20?

Está preocupado em passar na prova? Pode relaxar – vamos dar uma olhada, agora, em tudo o que você deve fazer para se preparar e mandar bem na CPA-20.

Quanto tempo estudar para CPA-20?

O tempo de estudo é algo que depende de muitos fatores. O seu nível de conhecimento sobre os temas, sua experiência na área financeira e a sua rotina são pontos que devem ser levados em consideração. 

De forma geral, posso dizer que entre 15 dias e um mês pode ser tempo suficiente para você se preparar para a CPA-20. Aqui, eu considero um cronograma de estudos com metas semanais, na qual você repassa o conteúdo por pelo menos 20 ou 25 horas toda semana.

Nesse tópico, é extremamente importante te lembrar de que, para estudar bem, você precisa de planejamento. Afinal, quando deixamos para última hora, não revisamos todos os conteúdos que deveríamos e acabamos nervosos demais para ir bem na prova.

Como estudar para a CPA-20?

Durante os seus estudos, a recomendação é que você se organize para dar a atenção necessária para cada tópico abordado de acordo com o seu nível de dificuldade sobre eles. Ou seja, se algum tema te deixa mais apreensivo, dê um pouco mais de atenção para ele.

Além disso, é fundamental que você estude com materiais que estejam 100% atualizados. A prova da CPA-20 pode ter pequenas mudanças em suas adições, por isso, não faz sentido você estudar com um material que já não contempla mais as questões da prova.

Outra técnica excelente para aprender o conteúdo é a realização de simulados. Aqui na TopInvest, por exemplo, eles são extremamente fiéis à prova. Ademais, você ainda pode realizar um simulado para cada tópico da prova.

Qual o melhor curso para CPA-20?

Alguma dúvida de que é o curso preparatório da TopInvest? Nele, você tem acesso a mais de 40 horas de aulas, suporte online de professores, mais de 1500 questões comentadas e garantia total de que está estudando com um material atualizado. Vem com a Top!

Perguntas frequentes

O que significa CPA-20?

CPA-20 significa Certificação Profissional ANBIMA Série 20.

Com a CPA-20 eu posso operar na bolsa?

Profissionais certificados pela CPA-20 podem operar em bolsa no próprio CPF, mas não com o motivo e causa de ser certificado CPA-20. 

Com a CPA-20 consigo um estágio?

Sim. Se você tiver a certificação CPA-20, suas chances de conseguir uma vaga de estagiário são maiores.

Com a CPA-20 fica garantida a entrada no banco?

Não. A CPA-20 facilita a sua entrada no mercado de trabalho e te coloca em vantagem diante de outros candidatos. Contudo, cada banco pode ter seus próprios requisitos de contratação. Além disso, ter um currículo atraente e bom conhecimento são imprescindíveis.

A prova da CPA-20 é difícil?

A prova da CPA-20 é mais difícil que a da CPA-10, contudo, isso não a torna um teste de extrema dificuldade, especialmente se você estudar com os materiais e professores certos.

A prova CPA-20 só tem uma chance para passar?

Não, você pode tentar a certificação outras vezes. Contudo, para isso, é necessário pagar novamente a taxa de inscrição.

A CEA substitui a CPA-20?

A CEA está um degrau acima da CPA-20, portanto, pode ser considerada como uma certificação que complementa ou dá um upgrade ao seu currículo.

A CPA-20 complementa a CPA-10?

Sim. Com a CPA-20, você exerce todas as funções abrangidas pela CPA-10, mais os setores de alta renda.

Como aparece o pré-resultado da CPA-20?

O pré-resultado da CPA-20 aparece na tela do computador logo após você finalizar a sua prova.

Como alterar a data do exame da CPA-20?

Você pode alterar a data do exame no máximo duas vezes neste link.

Como consultar a validade da CPA-20?

Para consultar a validade, basta utilizar apenas um dos filtros de busca deste link.

Como colocar a CPA-20 no currículo?

Você pode adicionar o selo da certificação, mencionar a certificação na sua descrição ou criar um espaço exclusivo para certificações no currículo.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!