Quero trabalhar em banco: o que preciso saber? Acredite, o conhecimento bancário é algo que deixa muito profissional assustado, principalmente aqueles que ainda não têm nenhuma experiência na área.

Afinal, a gente sabe que o mercado financeiro é vasto e complexo. No dia a dia dessa carreira, é natural que tenhamos que demonstrar entender dessa complexidade toda. 

Eu também já tive esse tipo de dúvida. Por isso, hoje estou aqui especialmente para te ajudar a estudar melhor daqui pra frente!

O que são conhecimentos bancários?

Quando eu escrevo “conhecimentos bancários”, me refiro a tudo aquilo que faz parte desse universo: leis, procedimentos, regras, informações etc.

Em resumo, é todo o conhecimento que você lidará quando trabalhar nessa área. Mais do que algo importante para o dia a dia, esse aprendizado também é, frequentemente, conteúdo de prova. 

Quais as questões de conhecimentos bancários?

Entendeu como o conhecimento bancário é importante para a sua carreira? Então, vamos aos aspectos básicos do assunto:

Estrutura do Sistema Financeiro Nacional

Saber como funciona a estrutura do Sistema Financeiro Nacional não somente te auxilia a compreender o funcionamento da economia brasileira, como também é conteúdo de muita prova de certificação financeira por aí! 

Logo, na hora de estudar, é fundamental que esse tópico não fique de fora. 

Produtos Bancários

Eu tenho certeza que você já conhece vários: nós todos os utilizamos diariamente. Cartões de crédito, empréstimos, investimentos, poupanças, contas corrente: todos esses exemplos são produtos bancários.

Ao trabalhar em uma instituição assim, é necessário entender tudo isso nos mínimos detalhes para poder lidar diretamente com clientes. 

Noções do Mercado de Capitais e de câmbio

Outros dois aspectos que fazem grande diferença na economia são o Mercado de Capitais e o de câmbio

Entender como a Bolsa de Valores e a relação entre a nossa moeda e as moedas de outros países não somente é importante para o seu dia a dia, a prática da sua profissão, como também para a compreensão de tudo o que acontece na economia o tempo todo. 

Garantias do Sistema Financeiro Nacional

Fiança, penhor, caução, hipoteca: já ouviu falar desses termos? Eu tenho certeza que sim. Essas garantias significam, em palavras bem simples, o envolvimento de um patrimônio na hora de negociar uma dívida. 

Aqui, mais uma vez temos um conteúdo de prova, mas que também pode ser bastante frequente na sua rotina profissional. 

Crime de lavagem de dinheiro

Entender as leis é um dos conhecimentos mais importantes quando se trabalha em banco. É a partir desse entendimento que garantimos a integridade e a segurança da nossa profissão, e também dos clientes que depositam a sua confiança em nós.

O crime de lavagem de dinheiro é, especificamente, um conteúdo bem frequente nas provas de certificações. Logo, ao estudar a legislação, é aconselhável que você foque um pouco mais nesse aspecto.

Prevenção e combate ao crime de lavagem de dinheiro

Dentro da mesma temática, a prevenção e o combate ao crime de lavagem de dinheiro é outro tópico específico que você com certeza vai enfrentar por aí. 

Por essa razão, não é à toa quando eu afirmo que a legislação que norteia esse assunto deve ser analisada com mais cautela na hora de estudar.

Autorregulação Bancária

Lembra o que falei sobre a importância de compreender a legislação? Pois é, aqui temos mais um aspecto que deriva desse assunto.

A autorregulação bancária nada mais é do que um conjunto de normas e boas práticas criado pelas próprias instituições financeiras. Esse sistema existe para garantir melhores serviços aos clientes, uma comunicação mais assertiva e a possibilidade de melhoria contínua.

Abertura e movimentação de contas

Eis aqui duas atividades que movimentam massivamente o mercado financeiro: abertura e movimentação de contas.

Por mais que você pense estar familiarizado com esse tipo de procedimento – afinal, nós, pessoas físicas, lidamos com eles o tempo todo – é diferente quando estamos profissionalmente envolvidos neles.

Pessoa física e pessoa jurídica

Aqui, inclusive, tenho mais dois tópicos que todo mundo conhece muito bem, mas na hora de atuar na área financeira, eles ganham um significado especial.

Legislações e processos podem ser aplicados de formas distintas para cada tipo de pessoa. Investimentos e linhas de crédito também são oferecidas de formas diferentes. Em suma, é preciso estar afiado nesse assunto para se dar bem na carreira bancária.

Cheque

Do ponto de vista leigo, o cheque até pode parecer algo ultrapassado e fadado a ser esquecido. Dentro do mercado financeiro, porém, é fundamental que você entenda o seu funcionamento. 

Por isso, nada de pular essa parte na hora de estudar.

Sistema de Pagamentos Brasileiro

O Sistema de Pagamentos Brasileiros é, em suma, uma estrutura. Esta, por sua vez, abrange instituições, entidades e operações que tornam possível a realização de transações financeiras.

Mais uma vez, temos em mãos um assunto que cai na prova e que será constante no seu dia a dia. Logo, se você nunca havia ouvido falar sobre esse Sistema, está na hora de conhecê-lo! 

Noções de política

O que acontece na política brasileira interfere no curso dos acontecimentos da economia também. Logo, para se manter devidamente atualizado sobre o setor, é indispensável que você entenda também de política.

Mercado Financeiro

O mercado financeiro é o ambiente, digamos assim, onde todas as operações acontecem. É, ainda, o espaço no qual lidamos com ativos, câmbio, operações e mercadorias.

Por ser vasto, é também complexo. Nas provas de certificações financeiras, você verá que este assunto aparecerá de diversas formas, desdobrando-se em inúmeras temáticas. Portanto, na hora de estudar, não economize tempo ao se dedicar ao mercado financeiro.

Mercado de capitais

Parte do Sistema Financeiro Nacional, o mercado de capitais intermedia a relação entre aquelas empresas que necessitam de capital, e pessoas que desejam investir nesses negócios.

Em palavras mais simples, estamos falando da Bolsa de Valores. Esta, aliás, sofre alterações constantes e, para acompanhar suas atualizações, não tem jeito: é preciso entender como ela funciona.

Câmbio

O câmbio é a forma como moedas de diferentes países se relacionam. Até aqui tudo certo? Apesar de estarmos acostumados a ler, eventualmente, notícias sobre o assunto – o dólar que sobe e desce, por exemplo – é preciso ir além se queremos ser parte do mercado financeiro. 

Ou seja, para atuar nessa área, só o conhecimento básico não basta!

Mercado primário e secundário

No mercado primário, temos as empresas que vendem ações na Bolsa. No secundário, temos os investidores que desejam se desfazer de suas ações. Essas movimentações são diárias, intensas e também mudam o curso do mercado de capitais.

O que estudar além dos conhecimentos bancários?

É necessário ter apenas conhecimentos bancários para se dar bem nessa área? Não! Apesar de estes serem a base do seu dia a dia, outros conhecimentos também são imprescindíveis para que você seja um profissional completo e de destaque. Olha só:

Conhecimentos gerais

  • Português;
  • Inglês (inclusive para algumas provas);
  • Matemática financeira;
  • Raciocínio Lógico e Matemático (RLM);
  • Informática;
  • Atualidades gerais ou do mercado financeiro.

Conhecimentos específicos

  • Legislação específica de cada parte integrante do mercado financeiro;
  • Atendimento, técnica de vendas e ética.

Quais são as atualidades do mercado financeiro?

Quando eu menciono “atualidades”, está claro que me refiro às inovações e novidades do mercado financeiro, que são constantes. Aqui, eu trouxe algumas específicas que você deveria ficar de olho daqui pra frente:

  • Remote banking: possibilita que a população tenha acesso aos serviços de um banco, sem precisar se deslocar fisicamente até uma agência;
  • Home baking: são as transações diárias que realizamos através de nossos celulares, por exemplo;
  • Internet banking: assim chamamos as plataformas online nas quais os bancos ofertam os seus serviços aos clientes;
  • Mobile banking: aqui também temos plataformas, porém, desenvolvidas exclusivamente para celulares;
  • Open banking: conjunto de tecnologias criado para permitir a troca de informações entre instituições financeiras, desde que os clientes autorizem esse compartilhamento.

Como se preparar para as provas do mercado financeiro?

Não tenha dúvidas: há, sim, muito o que estudar. Nesse artigo, você viu alguns dos principais pilares do conhecimento bancário. Além disso, tenha em mente que, destes, desdobram-se vários outros assuntos.

Se você precisa começar a estudar, seja para as certificações ou para o mercado como um todo, saiba que a TopInvest oferta vários cursos preparatórios para certificações financeiras e de desenvolvimento profissional.

Dessa forma, não importa se a jornada é longa: a Top estará aqui o tempo todo para te guiar por ela! 

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!