Dentre todas as funções deste tipo de instituição, esta é uma das mais procuradas por profissionais. Mas você sabe o que é preciso para ser um caixa de banco? Se ainda não sabe, vem comigo que eu vou explicar todo o processo. 

O que faz um operador de caixa de banco?

Como sempre, vamos começar pelo começo. Para entender melhor as funções de um operador de caixa de banco, é preciso entender, antes, que há duas categorias no cargo. Ou seja: administrativa e atendimento

Atendimento

A grosso modo, esse profissional é quem lida com os clientes diariamente. Entretanto, é claro, a função vai além. O operador de caixa também auxilia os clientes a fazerem depósitos e libera a grana para saque. Cadastro de senhas, auxílio em transferências e suporte na hora de fazer um novo cartão também figuram na lista de tarefas.

Administrativa

Aqui, as funções são mais internas. Ou seja: fechamento do movimento, registro de despesas do dia, contabilidade interna e conferência e armazenamento de documentos. Em outras palavras, é tudo aquilo que precisa ser feito depois que as portas fecham, entende?

Como ser operador de caixa em um banco?

Entendeu todas as funções e deseja seguir nesse caminho? Ok. Então, agora é hora de saber como chegar lá.

Cursos e certificações

Um curso superior é uma boa maneira de te abrir portas nesta carreira. Não é obrigatório, porém, na prática conta muitos pontos mesmo estando em andamento. 

Os mais comuns são:

  • Administração de Empresas;
  • Ciências Econômicas.

Além disso, as certificações financeiras também são importantes. A CPA-10, por exemplo, é um excelente jeito de começar. Para aqueles que têm mais prática e conhecimento na área, pular direto para a CPA-20 também é uma opção. 

Habilidades e conhecimentos

É claro que, além de um bom currículo, é preciso oferecer algo a mais à instituição. Aqui, falo não só do que é obrigatório, mas de desenvolvimento profissional em geral.

Por exemplo: na modalidade “atendimento”, você deve ter notado como o contato com os clientes é constante. Por isso, é importante que você saiba se relacionar bem com outras pessoas. 

Há, ainda, outras características que vão tornar você mais atrativo profissionalmente. Olha só: 

  • Boa comunicação;
  • Capacidade de trabalhar em equipe;
  • Conhecimento em Excel;
  • Familiaridade com a tecnologia;
  • Entendimento sobre o Código de Defesa do Consumidor e legislação bancária;
  • Conhecimento em matemática financeira.

Ao investir nisso, o seu currículo vai além do básico. Por consequência, frente aos demais candidatos de uma vaga, é imensamente mais provável que você se destaque. 

Agora, é hora de partirmos para aquela pergunta que eu sei que você deve estar fazendo mentalmente desde o começo do artigo:

Quanto ganha um operador de caixa de banco?

Aqui, é importante que você saiba que a faixa salarial pode variar de acordo com o estado e com a instituição. Mesmo assim, no Brasil, há uma média salarial na qual podemos nos basear.

Para este cargo, o salário inicial costuma ser em torno de R$2.756,00. Após evoluir na instituição, o mesmo pode aumentar para cerca de R$4.000,00 segundo sites de vagas.

Em média, um operador de caixa de banco ganha aproximadamente R$3.336,00. Nada mal, não acha?

Preparado para trabalhar em banco?

Se trabalhar em banco é o que você almeja, que tal começar como operador de caixa? Nessa função, você terá uma experiência bem interessante na instituição.

E eu não falo isso apenas por falar. Um caixa de banco, por lidar diretamente com os clientes, pode ter uma visão geral preciosa de como a instituição funciona. Além disso, na prática, também ajuda em processos típicos de um banco. 

Começar a sua carreira nessa posição pode trazer vantagens para você. Afinal, nela, será possível construir uma base de conhecimento e experiência bastante vasta e sólida para o seu futuro. O que acha?

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!