Neste artigo trataremos sobre Sistema Financeiro Nacional Estrutura e Funções.

Para que você tenha o mais completo entendimento do assunto, começaremos pelo surgimento do mesmo.

Historia do Sistema Financeiro Nacional – SFN

As funções do Sistema Financeiro Nacional, também conhecido simplesmente como SFN teve sua origem ainda no início do século XVI com a chegada da corte portuguesa ao país e a criação do mais antigo órgão, o Banco do Brasil. Com o passar dos anos, outros bancos públicos e privados foram surgindo e também foi criada a “Caixa Econômica”.

Após o término da segunda guerra mundial ocorre então um grande progresso nos sistemas financeiros mundiais com a criação de importantes instituições como o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o Banco Mundial.

Quase que simultaneamente ocorria no Brasil a criação da SUMOC (Superintendência da Moeda e do Crédito) que futuramente cede lugar ao BACEN.

Outros fatores de extrema importância ao Sistema Financeiro Nacional do Brasil também é a criação do BNDES ( Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), o CMN (Conselho Monetário Nacional) como órgão máximo do SFN, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e o BACEN (Banco Central do Brasil).

Um importante marco na política monetária nacional que trouxe ao país uma estabilidade econômica foi a criação do Plano Real no governo de Fernando Henrique Cardoso (FHC) e também do COPOM(Comitê de Política Monetária) e o estabelecimento de metas de inflação.

O que é o Sistema Financeiro Nacional –SFN

Para compreender Sistema Financeiro Nacional Estrutura e Funções é importante ter conhecimento da legislação no Art. 192 da Constituição Federal:

“O sistema financeiro nacional, estruturado de forma a promover o desenvolvimento equilibrado do País e a servir aos interesses da coletividade, em todas as partes que o compõem, abrangendo as cooperativas de crédito, será regulado por leis complementares que disporão, inclusive, sobre a participação do capital estrangeiro nas instituições que o integram.”

Basicamente o Sistema Financeiro Nacional nada mais é do que um agrupamento de todas as instituições que tornam possível a circulação de moeda no Brasil.

O SFN busca então obter a melhor organização possível de toda esta estrutura para que o país possa funcionar de forma eficiente através de regulamentações do Conselho Monetário Nacional que é seu órgão máximo, e atua regulamentando e fiscalizando estas operações

Funções do Sistema Financeiro Nacional – SFN

 O Sistema Financeiro Nacional exerce funções de extrema importância para o pais tais como:

  • Manutenção do Desenvolvimento;
  • Fiscalização de Atividades de Crédito;
  • Fiscalização de Atividades de Circulação de Moeda;

Para cumprir com seus objetivos o SFN é estruturado conforme veremos abaixo.

Curso Online para Certificação CPA10

Estrutura do Sistema Financeiro Nacional –SFN

 Para tornar possível as transferências de recursos no Sistema Financeiro Nacional entre os agentes econômicos ( Superavitários e Deficitários) o governo desenvolveu a seguinte estrutura:

Mapa Mental Sistema Financeiro Nacional
Para fazer o download, clique com o botão direito e em seguida Salvar Como…

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!