Carreira

Instituições financeiras: quantas existem e quais as diferenças

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 21 de maio de 2021

Com bastante frequência eu uso o termo “instituição financeira” por aqui. A qual instituição eu me refiro, depende do contexto. Afinal, elas são muitas. 

Então, se você está em busca de uma carreira no mercado financeiro, precisa começar agora mesmo a conhecer todas elas. 

O que categoriza uma “instituição financeira”?

A pergunta pode até parecer óbvia, mas existe uma definição. São consideradas instituições financeiras todas aquelas que fazem parte do Sistema Financeiro Nacional.

Em resumo, são empresas que angariam recursos para emprestá-los (e conceder crédito) a quem necessita, tudo em prol da economia nacional. 

E quais são essas instituições?

Esse termo engloba várias empresas. Agora, vamos conhecer e entender as principais delas.

Bancos

Sabia que os bancos podem se dividir em duas categorias? Olha só:

  • Banco de varejo: agências que atendem pessoas físicas de baixa e média renda. Nesses casos, as movimentações de dinheiro são menos frequentes, e com valores menores;
  • Bancos de alta renda: o oposto do tipo anterior. Aqui, são comuns os clientes com renda mensal de 10 mil reais e que tenham pelo menos 100 mil reais disponíveis para investimento imediato. Já ouviu falar no Itaú Personnalité ou no Santander Select? Pois é, esses são exemplos de bancos de alta renda.

Aqui, temos ainda o Banco Central. Sua função é gerir a economia política do país, mantendo a moeda e o sistema financeiro estáveis. 

Citar exemplos de bancos nem sequer é difícil, né?

  • Santander;
  • Itaú;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica Federal.

Financeiras

Aqui, o foco são os financiamentos. Em suma, oferecem empréstimos pessoais e investimentos para captação de recursos. Além disso, são essas instituições que oferecem Letras de Câmbio (LC) e Recibos de Depósito Bancário (RDB).

A diferença fundamental entre bancos e financeiras é que, em bancos, como você já deve saber, é possível abrir uma conta-corrente e ter à disposição uma rede de agências.

Conhece alguma financeira? Olha só:

  • BV Financeira;
  • Conglomerado Financeiro Alfa;
  • Avista;
  • Agoracred.

Cooperativas de crédito

O próprio nome já denota coletividade. Nesse tipo de instituições, as pessoas se unem para gerar benefícios mútuos.

O financiamento, aqui, ocorre de várias formas: convênios, cobrança de títulos, operações no mercado etc. Após, o repasse dos valores vai para os cooperados, em forma de juros mais baixos e prazos de liquidação atraentes. 

É importante, aliás, entender bem essa característica das cooperativas. Afinal, elas têm um aspecto em comum com os bancos: é possível abrir contas correntes nestas instituições. 

Nesse ponto, o funcionamento da cooperativa é o mesmo de um banco. Ou seja, é possível ter uma poupança, um cartão de crédito e débito e todos os serviços que já são conhecidos.

Certamente, você conhece o Sicredi, que é uma cooperativa. Tem mais? Tem:

  • Sicoob;
  • Unicred;
  • Ailos;
  • Uniprime.

Fintechs

Hora de falar daquelas que estão em alta no momento! A palavra “fintech” vem de financial e technology. Em resumo, são instituições que existem para inovar os serviços do sistema financeiro.

Em geral, as fintechs possuem pouca (ou nenhuma) estrutura física. A abertura de contas digitais, cartões de crédito sem tarifas e contratação de seguros são algumas das ofertas desse tipo de empresa.

Eu tenho certeza que você vai reconhecer esses nomes aqui:

  • Nubank;
  • QuintoAndar;
  • PicPay;
  • GuiaBolso;
  • PagSeguro.

Empresas de máquinas de cartão

Pois é, as empresas que fornecem as máquinas de cartão de crédito e débito também são uma instituição financeira. E bastante importantes, inclusive. Afinal, são raros os lugares que, hoje em dia, aceitam compras apenas em dinheiro.

Além de fornecer a máquina para os varejistas, esse tipo de empresa também concede crédito para os usuários, em forma de empréstimo.

Dá uma olhada em alguns exemplos:

  • Cielo;
  • SumUp;
  • Mercado Pago;
  • Getnet.

Em qual instituição você gostaria de trabalhar?

Um mundo de possibilidades acaba se abrir para você? Entender as instituições financeiras é fundamental para que você aprofunde o seu conhecimento sobre o mercado. E mais do que isso: também para te ajudar a definir qual caminho você deseja seguir. Já tem alguma ideia?

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *