Nós todos entendemos o que são os bancos e para que eles servem. Contudo, dentro do conceito de “banco” temos algumas categorias, nas quais essas instituições se dividem. São elas: bancos múltiplos, bancos comerciais e de investimento

Vamos entender como funciona cada um deles?

O que são os bancos comerciais?

Esse tipo de banco podem ser instituições privadas ou públicas. Além disso, têm como objetivo principal oferecer suprimentos de recursos necessários para finalizar, a curto e a médio prazo, o comércio, a indústria, as empresas prestadoras de serviços, as pessoas físicas e terceiros em geral. 

É o único tipo de banco, aliás, que pode oferecer talão de cheque e serviços de conta corrente.

Além disso, também realiza:

  • Depósito à vista: o dinheiro depositado na conta corrente pode ser movimentado a qualquer momento, inclusive no mesmo dia do depósito;
  • Depósito à prazo: o conhecido CDB. Ou seja, seu dinheiro tem um prazo para ser devolvido. Consequentemente, esse dinheiro gera rendimentos.

Não obstante, devemos lembrar que um banco comercial deve ser constituído sob a forma de sociedade anônima e na sua denominação social deve constar a expressão “Banco” (Resolução CMN 2.099, de 1994).

Algumas outras funções dos bancos comerciais são:

  • Captação de recursos através do depósito à vista (conta corrente);
  • Captação de recursos através de depósitos a prazo: CDB, Letra Financeira;
  • Aplicação de recursos através de desconto de títulos;
  • Abertura de crédito simples em conta corrente (cheque especial);
  • Operações de crédito rural, câmbio e comércio internacional;
  • Prestação de serviços: cobrança bancária, arrecadação de tarifas e tributos públicos etc.

O que são os bancos de investimento?

São responsáveis por fomentar os investimentos de médio e longo prazo para pessoas físicas e jurídicas. Além disso, são responsáveis por conceder crédito a médio e a longo prazo. Não obstante, são proibidos de fornecer talão de cheques.

Em adição, devem ser constituídos sob a forma de sociedade anônima e adotar, obrigatoriamente, em sua denominação social, a expressão “Banco de Investimento”.

Algumas de suas funções são:

  • Captação de recursos através de depósito a prazo;
  • Administração de fundos de investimentos;
  • Abertura de capital e subscrição de novas ações de uma empresa (IPO e underwriting);
  • Conceder empréstimo para fins de capital de giro;
  • Financiamento de capital de capital fixo;
  • A subscrição ou aquisição de títulos e valores mobiliários;
  • A distribuição de valores mobiliários
  • Os depósitos interfinanceiros;
  • Repasses de empréstimos externos.

O que são os bancos múltiplos?

Esse banco foi criado a partir da resolução CMN 1.524 de 1988. Seu objetivo principal é ser um banco que pode operar múltiplas carteiras. Além disso, é obrigatório que tenha, no mínimo, duas carteiras. Dentre elas, uma precisa ser comercial ou de investimento.

De todo modo, qualquer banco múltiplo deve conter em sua denominação, obrigatoriamente, a expressão “Banco”. Por quê?

Porque esses bancos podem operar em cada carteira com CNPJ da carteira, mas publicar balanço em um único CNPJ, o do banco múltiplo. 

Comercial, de investimento e/ou de desenvolvimento, de crédito imobiliário, de arrendamento mercantil e de crédito, financiamento e investimento: essas operações estão sujeitas às mesmas normas legais e regulamentares aplicáveis às instituições singulares correspondentes às suas carteiras. 

A carteira de desenvolvimento somente poderá ser operada, por sua vez, por um banco público.

Qual a diferença entre bancos comerciais, de investimento e múltiplos?

Até aqui, você teve uma amostra detalhada do que difere cada um desses tipos de banco. 

Mesmo assim, trouxe aqui uma versão compacta da explicação sobre o que torna cada um diferente do outro.

Os bancos comerciais, em resumo, são a base do sistema monetário do Brasil. Diferentemente dos bancos de investimento, os comerciais buscam captar recursos à vista ou a prazo.

Os bancos de investimento, por sua vez, podem captar recursos também, mas a médio e longo prazo. Afinal, como o seu próprio nome já indica, o seu foco está nos investimentos e na concessão de crédito. 

Quando se trata dos bancos múltiplos, podemos dizer que temos uma espécie híbrida de banco, na qual oferecem serviços de banco comercial e de investimentos simultaneamente.

Quais são os bancos múltiplos?

Como você já deve ter deduzido, temos nos bancos múltiplos o tipo de banco mais poderoso entre todos. Afinal, a sua gama de serviços e clientes é bem maior, já que ele une as características dos bancos comerciais e de investimento.

Quando se trata de dar exemplos de bancos múltiplos, temos nomes gigantes para falar sobre:

Santander

Todo mundo sabe que o Santander oferece conta corrente e cartões. Contudo, ele também oferta opções de crédito, investimento, seguros, consórcios e financiamento. Dentre seus clientes, encontramos tanto pessoas físicas quanto jurídicas.

Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal é uma velha conhecida de todos os brasileiros. Assim como no Santander, você pode ir até à Caixa e abrir uma conta corrente. Ao mesmo tempo, também pode recorrer à instituição para negociar dívidas, solicitar empréstimos e conseguir financiamentos, por exemplo.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil é outro nome gigante no país. Apesar de ser bastante conhecido pelos seus serviços de banco comercial, ele trabalha, também, com serviços de câmbio e ferramentas de educação financeira. Além, é claro, de serviços de crédito e financiamento.

Itaú

O Itaú é, hoje, um dos maiores bancos privados do Brasil. Além de suas clássicas funções de banco comercial, também empresta dinheiro a pessoas físicas e jurídicas, possibilita investimentos, previdência, capitalização e consórcio.

Bradesco

Sabia que o Bradesco oferece opções de investimento em renda fixa e variável? Além disso, oferta títulos de capitalização, serviço de câmbio, consórcios, cartões de crédito, entre outros. É o segundo maior banco privado do país e está espalhado por todo o território nacional.

Entendeu como funciona cada tipo de banco? Agora, com certeza, não restam mais dúvidas sobre o que são bancos múltiplos, comerciais e de investimento. Contudo, caso o assunto ainda não esteja claro, você pode continuar estudando comigo! Afinal, estou aqui para te ajudar a ser um profissional top de linha!

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!