Sabe o valor que pagamos por um título? Ele é o PU, o Preço Unitário. E é muito importante compreendermos tudo sobre ele para que nos avanços dos seus estudos e nas certificações financeiras, como CEA, CGA, CNPI, ou algo que você queira a mais, você já estar craque.

Então, sem mais delongas, vamos lá!

O que é Preço Unitário?

PU é uma abreviação para o Preço Unitário. E é basicamente o preço que cada título público, negociado dentro da plataforma no Tesouro Direto possui. Ele pode ser dividido em duas categorias, sendo elas:

  • PU de compra (preço unitário de compra): preço pelo qual você compraria o título no mesmo dia
  • PU de venda (preço unitário de venda): preço que você vai receber caso realize a venda antecipada de um título

O Preço Unitário, como já mencionei, possibilita calcular a rentabilidade de alguns títulos do Tesouro Direto, como o Tesouro Pré-Fixado (LTN) e o Tesouro Pré-Fixado com Juros Semestrais (NTN-F). Os títulos pré-fixados sempre possuem o valor de face pré-estabelecido em R$ 1.000,00.

Isso significa que independente do PU de hoje, a taxa oferecida pelos dias faltantes até o vencimento, o Valor Futuro, chegaremos sempre a R$ 1.000,00. Porém, isso não representa que o preço de compra do título seja sempre o mesmo, muito pelo contrário. 

Caso as taxas de juros oferecidas variem de acordo com as alterações da taxa SELIC, o PU será sempre atualizado acompanhando as oscilações. E se as taxas de juros sobem, o PU cai e se as taxas de juros diminuem o PU aumenta.

Gostaria de aprender a investir melhor? Conheça nosso curso de tesouro direto e pare de perder dinheiro no banco.

Estudando para uma certificação financeira? Venha participar do nosso grupo no Telegram. Temos grupos para todas certificações financeiras. Basta clicar aqui.