Quem deseja subir na carreira vai, invariavelmente, passar pela CEA e CGA. Afinal, elas são certificações mais “avançadas”, digamos assim. Geralmente, elas vêm depois da CPA-10 e da CPA-20. Ou seja, são ideais para quem já tem alguma experiência no mercado financeiro e deseja conquistar ainda mais sucesso.

O que é o CGA?

Diferente das outras três certificações oferecidas pela ANBIMA (CPA-10, CPA-20 e CEA), a CGA é uma prova para quem deseja desempenhar atividades de gestão profissional de recursos de terceiros.

Isso significa que esta certificação é obrigatória para todos os profissionais que pretendem atuar como gestores de fundos de investimento.

Outro detalhe importante é que a CGA acontece apenas quatro vezes ao ano, diferente das outras certificações.

O que é o CEA?

A CEA, assim como a CPA-10 e a CPA-20, também oferecidas pela ANBIMA, é uma prova voltada a capacitar os profissionais que atuam na distribuição de produtos de investimento para o público cliente de bancos.

A grande diferença é que esta prova é voltada para profissionais que assessoram gerentes de contas que ofertam estes produtos, não para quem atende o público em geral.

A CEA segue a hierarquia da ANBIMA. Ou seja, o profissional habilitado CEA pode realizar as funções da CPA-10 e da CPA-20 também. Além disso, uma das grandes vantagens da CEA perante as certificações inferiores é que esta é válida para ser aprovado como consultor de investimentos pela CVM.

Qual a diferença entre CEA e CGA?

Basicamente, a principal diferença entre uma e outra está na atuação de cada profissional certificado, como você pode observar. 

A CGA tem seu foco voltado para a gestão de recursos. A CEA, por sua vez, é para aqueles que desejam trilhar uma carreira na venda de produtos financeiros. Dessa forma, para escolher qual é a melhor para você, é preciso considerar os seus planos para o futuro e alguns outros aspectos dos quais vou falar a seguir.

CEA ou CGA, qual certificação escolher?

Como eu já mencionei, a escolha depende do que você quer fazer no futuro, profissionalmente falando. Contudo, eu sei que outras variáveis entram nessa decisão: as funções de cada cargo, o salário, o grau de dificuldade da prova etc.

Por isso, eu separei cada um desses tópicos para conversarmos sobre.

CEA – Certificação Especialista de Investimentos ANBIMA

A prova CEA é difícil?

A prova da CEA em si tem 70 questões (com cálculos) e o candidato tem o prazo de 3 horas e 30 minutos para obter um aproveitamento superior a 70%. 

Como ela está em um grau acima da CPA-10 e CPA-20, é claro que o seu grau de dificuldade vai ser maior. Alguns dos tópicos que caem na prova são:

  • Sistema financeiro nacional e regulação dos mercados;
  • Fundamentos de economia, finanças e estatística;
  • Produtos de renda variável, renda fixa e contratos derivativos;
  • Fundos de investimento;
  • Gestão de carteira e risco;
  • Planejamento de investimento;
  • Produtos de previdência complementar.

O que faz um CEA?

Quem é certificado pela CEA pode ser um consultor de investimentos. Assim, pode atender um grupo de agências, bem como seus clientes. 

Além disso, é possível atuar como planejador financeiro. Nesse caso, o cargo não é regulamentado no Brasil. Contudo, é óbvio que ter uma certificação aumenta (e muito) as suas chances de obter sucesso na profissão.

Quanto ganha um profissional com CEA?

O salário de um profissional certificado pela CEA pode apresentar variações, dependendo da instituição na qual trabalha e da região onde mora. Falando em termos gerais, o salário pode começar em R$3.000,00 e chegar a quase R$8.000,00.

É necessário ter experiência para tirar CEA?

Para realizar a prova, não há nenhum pré-requisito. É claro que se você tiver alguma experiência no mercado financeiro, ou já for certificado CPA-10 e CPA-20, muito provavelmente a prova da CEA parecerá mais tranquila para você.

Contudo, nada te impede de realizar a prova sem ter nada disso. É para isso que estamos aqui, inclusive: para te ajudar a aprender o conteúdo e a se preparar.

CGA – Certificado de Gestores ANBIMA

A prova CGA é difícil?

Quanto ao nível de dificuldade, a diferença por aqui é bem mais radical. Enquanto a CPA-10 tem 50 questões e a CEA tem 70 questões, no total a CGA tem 60 questões para cada módulo!

Temos 2 grandes módulos que são:

  • Módulo I: Métodos Quantitativos; Economia; Análise de Relatórios Financeiros; Finanças Corporativas; Mercados; Renda Fixa; Renda Variável; Derivativos; Investimentos no Exterior; Ética; Legislação e Regulação.
  • Módulo II: Teoria Moderna de Carteiras; Modelos de Precificação; Finanças Comportamentais; Processo de Gestão e Política de Investimento (Investment Policy Statement – IPS); Formação de Expectativas, Alocação de Ativos e Rebalanceamento; Gestão de Carteiras – Renda Variável; Gestão de Carteiras – Renda Fixa; Investimentos Alternativos; Avaliação de Desempenho; Gestão de Risco.

Em cada um destes módulos o candidato precisa acertar no mínimo 70% das questões.

É difícil? Com certeza. É impossível? Claro que não! Se preparando apropriadamente e entendendo todos os conteúdos, é perfeitamente possível que você obtenha a certificação.

O que faz um CGA?

Ao se tornar um CGA, você está habilitado a gerir recursos. Ou seja, é possível:

  • Comprar e vender os ativos do Fundo;
  • Alocar e distribuir dos recursos do Fundo;
  • Exercer o poder de voto nos ativos que possuem essa necessidade e que estão em posse do Fundo.

Quanto ganha um profissional com CGA?

Gerir um fundo de investimento é uma responsabilidade gigante. Portanto, não é de se admirar que o salário desse profissional seja compatível com essa função. Mais uma vez, é preciso se atentar à variação dos ganhos de acordo com instituição e local.

Contudo, posso afirmar que, em geral, um CGA pode receber entre R$15.000,00 e R$35.000,00.

É necessário ter experiência para tirar CGA?

Para se certificar, é preciso que você tenha CFG, CFA (Chartered Financial Analyst) ou CAIA (Chartered Alternative Investment Analyst).

Como tirar a certificação CEA e CGA?

Para se inscrever e conseguir a certificação CGA, você deve acessar esse link. Já para a certificação CEA, o link que deve ser acessado é este.
Já sabe qual certificação você vai tentar? Na dúvida, saiba que você pode se preparar para a prova aqui comigo. Nossos materiais de estudo estão sempre atualizados e nós oferecemos tudo o que for possível para te tornar um profissional certificado e atraente para o mercado de trabalho!

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!