O Coeficiente Beta, ou Beta para os mais íntimos é o assunto que vou falar com você a partir de agora.

Partiu?

O que é o Coeficiente Beta?

O Índice Beta mede a sensibilidade de um ativo em relação ao comportamento de uma carteira que representa o mercado. Ele é a variação de retorno entre um ativo e a carteira de próprio mercado. Servindo assim, como comparação de um ativo em particular em relação ao mercado como um todo.

Basicamente, ele vai comparar ações de uma empresa em relação ao Ibovespa, por exemplo, aí seu objetivo é comparar a Volatilidade. Ou seja, o quanto as ações da empresa variam com a Ibovespa.

O Beta é muito relevante para nós, pois ele permite compararmos como um ativo se comporta em relação ao todo. Como falei ali em cima!

Curso Online para Certificação CPA10

Como se calcula?

Para podermos calcular o Coeficiente Beta utilizaremos a Covariância e a Variança. Sendo que, na fórmula o Beta é igual a Covariância da carteira de mercado dividido pela Variância do ativo específico. Se liga:

O resultado disso poderá ser somente três. 

Não precisa fazer essa cara de como assim ou de assustado, quero dizer que há a possibilidade de você encontrar três cenários como resultado desse cálculo.

3 Cenários Possíveis:

  • Beta Igual a 1: o ativo em estudo têm a mesma variação que a carteira de mercado
  • Beta Maior que 1: o ativo em estudo têm uma variação maior que a carteira de mercado
  • Beta Menor que 1: o ativo em estudo têm uma variação menor que a carteira de mercado

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Conclusões Importantes!

  • Como o Coeficiente Beta utiliza um ativo específico e a carteira de mercado, assim servindo para analisar o risco de um ativo em relação ao mercado
  • Quanto maior o Beta, mais arrojada é a carteira
  • Quanto Menor o Beta, mais conservadora é a carteira

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!