Calcular juros simples é aquela tarefa que ninguém na carreira financeira pode fugir. Para tal, inclusive, podemos optar entre três caminhos: através de fórmulas, da HP12c e do Excel. Partiu aprender?

O que são juros?

Antes da prática, vamos à teoria. 

Os juros são o rendimento que ocorre quando emprestamos dinheiro para alguém. Mas, é claro, eles também consideram um período específico e condições preestabelecidas. Ambos os critérios, aliás, geralmente são oficializados em um documento.

Quando se trata de juros, temos duas partes envolvidas:

  • Credor: quem recebe os juros, já que emprestou o recurso;
  • Devedor: quem paga os juros. Este, por sua vez, paga pela disponibilidade do recurso no momento do negócio.

Não é tão difícil, certo? Você pode pensar nos juros como alguns reais a mais que você devolve para quem te emprestou determinada quantia, como uma forma de agradecer o favor.

O que são juros simples?

Basicamente, são as taxas que incidem sobre o valor inicial do contrato. Considerando, ainda, o tempo combinado. Em outras palavras, é o percentual que vai afetar a quantia do dinheiro que foi emprestada. Fácil, né?

Inclusive, se você deseja aproveitar e entender os juros compostos, basta clicar aqui.

Como calcular juros simples na HP12c

Agora sim: hora da prática. Para você aprender como calcular os juros simples na HP12c, vamos considerar essas informações para o nosso exercício:

  • Valor do empréstimo: R$1.500,00
  • Juros: 30% ao ano;
  • Prazo: 12 meses.

Com essas informações, você fará na calculadora a seguinte operação:

1.500 | PV

30 | i

360 | n

f i (INT) | -450

+ | -1.950

Não sabe o que significa cada um dos botões indicados na fórmula acima? Vamos lá:

  • PV: Present Value (valor presente), ou seja, o capital inicial;
  • i: interest, ou seja, a taxa de juros da operação;
  • n: o prazo combinado. Neste exemplo, utilizamos o prazo em dias;
  • f i (INT): a tecla “f” dá acesso ao comando INT da tecla “i”. Assim, você tem o valor dos juros. Quando você apertar “+” no final da conta, os juros já estarão somados ao capital inicial.

Qual a fórmula para calcular a taxa de juros simples?

Entendeu como a fórmula é feita na calculadora? Agora, então, vamos aprender juntos como calcular os juros simples sem ela.

A fórmula que você vai usar para descobrir os juros que serão aplicados é:

J = c . i . t

Considere que:

  • J: juros;
  • C: capital (R$1500);
  • I: taxa (30%);
  • T: período (12 meses).

Antes de fazer conta, é preciso transformar a taxa (30%) em números decimais. Para isso, a conta é a seguinte:

i | 30%/12 meses = 2,5

i | 2,5/100 = 0,025

Agora sim você pode ir para a fórmula:

J | 1500 . 0,025 . 12 = 450

Se você adicionar os R$450 aos R$1500 do capital inicial, teremos outra vez o valor de R$1950.

Como calcular juros simples no Excel

O cálculo dos juros simples no Excel é bastante simples. Primeiro, você deve inserir em uma coluna os dados do capital inicial, da taxa e do prazo. 

Após, em uma célula à parte, inclua a fórmula “=B1*B2*B3”. Impossível ser mais fácil, não acha?

Exercícios de juros simples resolvidos na HP12c

Vamos praticar mais um pouco? Dá uma olhada nesse exercício:

Por 12 meses, você aplicou um capital com taxa de 1% ao mês. Ao final, o seu montante foi de R$338,05 (capital + juros). Qual o valor aplicado?

A fórmula utilizada na HP12c, nesse caso, é a seguinte:

f Clx

12 n 

1 i

33.05 FV

PV

Que resultado você atingiu? A resposta certa é R$300,00! Mais um, para finalizar?

Uma empresa não conseguir liquidar uma duplicata no prazo combinado. Assim, o fornecedor enviou essa duplicata para ser cobrada em cartório. Os juros simples cobrados foram de 1% ao mês, além de uma taxa de R$150,00. A duplicata estava vencida a 14 meses. Na data de vencimento, o valor dessa duplicata era de R$12.000,00. Considerando essas informações, qual é o valor atualizado da duplicata, a ser pago no cartório?

Achou mais difícil? Eu tenho algumas dicas para te ajudar:

  • O valor inicial da duplicata era de R$12.000,00. Logo, você pode considerar essa quantia como o capital;
  • Considere 14 meses como 420 dias;
  • O valor de R$150,00 deve ser adicionado apenas no final da conta. Então, você pode deixar ele de lado por enquanto.

A fórmula utilizada nesse caso é:

12.000,00 | PV

12 | i

420 | n

f i | -1.680,00

+ | -13.680,00

+ taxa de R$150,00

A resposta é R$13.830,00! 

Continue praticando juros simples!

Agora que você conhece três formas de calcular os juros simples, siga na prática! Além disso, lembre-se de fazer cálculos para diferentes situações, como vimos no último exercício deste artigo. Assim, você estará pronto para aplicar a teoria em qualquer situação durante a sua carreira!

Aliás, se você deseja se aprofundar no assunto e se tornar top de linha na matemática financeira, é claro que a TopInvest pode te ajudar. Como? É só dar um pulo em nossa página de cursos e materiais de estudo.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!