CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Tipos de Investidores

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Quando eu costumava dar aulas presenciais, sempre que eu chegava no assunto tipos de investidores, muitos alunos diziam: conservador, moderado e arranjado.

Nããããããõ! Esse é o perfil de investidor junto à API!

Cuidado, porque isso acontece muito e é bem comum. O tipo de investidor que vou falar aqui com você é outra coisa bem diferente.

Olha só!

Tipos de Investidores

Dentro do nosso mercado existem quatro tipos de investidores:

  • Normais
  • Qualificado
  • Profissional
  • Não residente

Viu só como é bem diferente? Para você compreender melhor, separei eles e explicarei tudo!

Curso Online para Certificação CPA10

Investidor Normal

Não têm qualquer pré requisito. E pode ser qualquer pessoa que aplique recursos financeiros. Sendo PF ou PJ. Como por exemplo, um pai abriu e aplicou um dinheiro na poupança para o filho, logo, ele é um investidor normal.

Investidor Qualificado

Para este investidor há a disposição da Instrução da CVM 554 que consta as regras para esse tipo de investidor. E de acordo com esses investidores são:

  • Instituições Financeiras
  • Seguradoras e Sociedades de Capitalização
  • Entidades abertas ou fechadas de previdência complementar
  • Administradores de carteira, consultores autorizados pela CVM, AAI em relação a recursos próprios
  • Possuam valor mínimo de 1 milhão de reais em aplicações financeiras e atestem por escrito

Curso Online para Certificação CPA10

Investidor Profissional

Esse investidor também deve atender os critérios da Instrução da CVM 544. Ele atende os mesmos pré requisitos que Investidor Qualificado. Tudo igual. Porém, ao invés de 1 milhão de reais, este deve possuir 10 milhões de reais em aplicações financeiras e ateste por escrito.

Investidor Não Residente

Esse aqui é barbada, pois é qualquer investidor que tenha residência fora do Brasil, mas que invista nele. Podendo ser PF, PJ, fundos ou quaisquer outras instituições.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 Replies to “Tipos de Investidores”

Gilma

Boa noite!

Quem possui as certificações CPA 10, e 20, podem ser considerados investidores qualificados?

Pamela

Olá, Gilma, tudo bem?

Olha a princípio a não, mas irei deixar aqui embaixo certinho qual certificação encaixa para o investidor qualificado:

CEA – Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA
CGA – Certificação de Gestores ANBIMA
CFP – Certified Financial Planner – Planejador Financeiro
CFA III – Chartered Financial Analyst
Agente Autônomo de Investimentos – Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias
CNPI -Analista de Valores Mobiliários

Investidor qualificado por exame técnico

Qualquer dúvida é só chamar!

😉

Visite meu canal no YouTube!

Siga a gnt no Instagram

Siga a gnt no Instagram e não esqueça de compartilhar nosso conteúdo para que possamos continuar com a educação financeira gratuita.

Tenha acesso aos materiais de estudos da TopInvest

Um abraço,
Kléber Stumpf

Filipe Guerra

Boa tarde.

Onde nos manuais da CVM que você achou o suporte para ” Se o investimento mínimo de uma oportunidade já é de um milhão ele já está automaticamente comprovando. “

Kleber Stumpf

Oi Felipe, tudo bem?

É uma questão de lógica. Se o investimento mínimo é de 1 milhão de reais para ingressar no fundo, ao fazer a transferência para ingresso ele está comprovando que tem os recursos. Basta preencher o anexo 9-B atestando por escrito.

Você encontrou algo que fale algo diferente ou impeça esta conclusão?

😉

Qualquer coisa só me chamar.

Conheça nosso curso de finanças pessoais.

Visite meu canal no YouTube!

Curta nossa página no facebook e não esqueça de compartilhar nosso conteúdo para que possamos continuar com a educação financeira gratuita.

Um abraço,
Kléber Stumpf

Haroldo Silva Filho

Boa tarde, Kléber! No artigo acima,você afirma que, “Caso o investidor opte por investir o valor mínimo necessário em uma única aplicação não é necessária a comprovação.”
Você poderia citar qual a norma que regula esse procedimento? Obrigado!

Kleber Stumpf

Oi Haroldo, tudo bem?

É muito simples. Para ser um investidor qualificado é necessário um capital disponível para investimento mínimo de R$ 1.000.000,00 e precisa provar que possui estes recursos.

Se o investimento mínimo de uma oportunidade já é de um milhão ele já está automaticamente comprovando.

Faz sentido pra você?

Venha participar do nosso grupo no facebook.

😉

Qualquer coisa só me chamar.

Visite meu canal no YouTube!

Adquira nosso curso completo da para as provas da ANBIMA.

Curta nossa página no facebook e não esqueça de compartilhar nosso conteúdo para que possamos continuar com a educação financeira gratuita.

Um abraço,
Kléber Stumpf

Haroldo Silva Filho

Entendi. É que eu estava pensando em termos do valor mínimo exigido para aplicação inicial num determinado investimento, e não no valor mínimo para ser considerado investidor qualificado. Valeu pelo esclarecimento, Kléber! Obrigado!

Kleber Stumpf

Maravilha Haroldo,

Precisando só chamar.

Grande abraço,

Carlos Eduardo

Amigo,

Boa tarde!

Instituição Financeira, Entidades de Previdência Privada e Seguradoras, também podem ser considerados Investidor QUALIFICADO?

Kleber Stumpf

Oi Carlos, tudo bem?

Isso mesmo. IF e Entidades de Previdência ou seguradoras também são considerados investidores qualificados.

😉

Qualquer coisa só me chamar.

Visite meu canal no YouTube!

Adquira nosso curso completo da para as provas da ANBIMA.

Curta nossa página no facebook e não esqueça de compartilhar nosso conteúdo para que possamos continuar com a educação financeira gratuita.

Um abraço,
Kléber Stumpf