Você sabe a diferença entre Fundos de Investimento Aberto e Fundos de Investimento Fechado?

Pois bem, saiba que muitos investidores escolhem os Fundos de Investimento para fazer as suas aplicações financeiras, sendo que, através deles os participantes adquirem quotas de investimentos com rendimentos de acordo com suas aquisições.

Todavia, isto não é tão simples, afinal de contas além das Classificações dos Fundos de acordo com a CVM (as quais são definidas de acordo com as aplicações que fazem), existem também as modalidades de Fundos Aberto e Fundos Fechado.

Então, vamos embarcar nessa jornada e conhecer estes dois tipos de fundos.

Fundos abertos

Como todos os Fundos de Investimentos, os Fundos Abertos também possuem regras. Mas, conforme o termo diz, este tipo de fundo é mais permissivo em algumas questões. São elas:

  • Autorizam a entrada de novos quotistas em qualquer momento;
  • Dão oportunidade aos cotistas para elevarem sua posição no fundo através da aquisição de novas cotas de investimento;

Outro fato importante sobre este fundo, é permitir que seus cotistas o resgate de suas cotas a qualquer momento (salvo algumas exceções onde há prazo de carência) de acordo com a política do fundo.

  • Novos investimentos: gestor compra ativos.
  • Novos desinvestimentos: gestor vende ativos.

Tributação dos Fundos Abertos

Essa imensa liberdade de funcionamento gera uma tributação maior aos membros dos fundos abertos.

A grande diferença é que nos Fundos Abertos o Imposto de Renda incide semestralmente em maio e novembro de forma antecipada, isto é, o famoso Come-Cotas. Assim, o pagamento adiantado do imposto é extremamente prejudicial no longo prazo, porque desta forma não há o acumulo de juros sobre juros (do valor já pago de imposto).

Quando resgatado, a tributação dos Fundos de Investimento Aberto se dá pela Tabela Regressiva de IR. Veja ela abaixo:

Tabela Regressiva Imposto de Renda
Tabela Regressiva Imposto de Renda

Já o Imposto de Renda Come-Quotas incide sobre o lucro obtido da aplicação mantida para o período (desde que o Fundo Aberto seja classificado pela Receita Federal como de curto ou longo prazo).

A alíquota utilizada para a cobrança do Come-Cotas é a mínima, para a classificação do fundo. Isso quer dizer que para fundos de longo prazo a tributação será de 15% e fundos de curto prazo a tributação do come-cotas será de 20%.

Liquidez dos Fundos Abertos

Teoricamente, a liquidez dos Fundos Abertos é frequente. Isso acontece porque este tipo de fundo permite aporte de capital e resgates a qualquer momento. Este é um ponto muito positivo a favor deste tipo de fundo, uma vez que na grande maioria dos produtos disponíveis a liquidez pode ser até mesmo ser diária.

Mas atenção! Quem regulamenta a liquidez de um Fundo Aberto é o seu regulamento. Lembre-se que liquidez significa a facilidade de converter produtos e ativos em dinheiro. 

Fundos Fechados

Diferente dos Fundos Abertos, os Fundos Fechados não permitem a livre movimentação de seus quotistas, isso quer dizer que eles funcionam por prazos programados.

Em outras palavras, as aplicações devem ser feitas dentro do período pré-determinado e o fundo tem um prazo de encerramento. Ao final desta prazo, o fundo é liquidado e o valor retorna aos cotistas.

  • Maior exemplo: Fundo Imobiliário.
  • Pode negociar em mercado secundário.

Tributação dos Fundos Fechados

Se formos comparar com os Fundos de Investimento Aberto e Fundos de Investimento Fechado a tributação do segundo é muito mais interessante pela inexistência do Imposto de Renda na modalidade Come-Cotas.

Desta form, o Imposto de Renda incide apenas sobre o lucro gerado e no momento do resgate de acordo com a Tabela Regressiva do imposto sobre rendimentos financeiros vista logo acima.

Curso online para Certificação CPA20

Liquidez dos fundos fechados

A liquidez dos Fundos Fechados é em relação ao tempo de encerramento. Sendo que, a liquidez fica sob a responsabilidade do regulamento e das determinações periódicas dos Fundos Fechados.

Já o risco de liquidez existe da mesma forma que nos Fundos Abertos, sendo maior ou menor a depender do tipo de aplicação e do volume de suas operações.

Outro tipo de fundo que você precisa conhecer!

Este é mais um tipo de Fundo de Investimento que você precisa conhecer, os Fundos Restritos. Esse nome se dá por ele ser poder ser um Fundo Aberto e um Fundo Fechado.

Além disso, sua principal característica é que ele é restrito a investimentos de um grupo específico.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!