CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Risco de Mercado

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Como vimos anteriormente em nosso artigo sobre o significado e a importância do risco nos investimentos, a definição de risco nada mais é do que o potencial de perder capital em um investimento.

Uma forma matemática de analisarmos o risco de mercado um investimento é através da volatilidade.

Volatilidade é um indicador estatístico, podendo ser implícita ou real que auxilia na aferição do risco de mercado.

Seu cálculo é realizado pelo desvio padrão das cotações de um determinado investimento em um período de tempo.

Infelizmente, a volatilidade não é o único indicador de risco e muito menos o único risco presente nos investimentos. Existe uma infinidade de riscos, e eles são separados em dois grandes grupos. Os riscos sistêmicos, e os riscos não sistêmicos.

Risco de Mercado

O objetivo deste artigo é esclarecer a respeito do risco de mercado.  Este tipo de risco se dá pela variação das cotações de um investimento no mercado financeiro. O exemplo mais comum é do mercado de ações. Mercado conhecido justamente pela alta oscilação no preço dos ativos.

Esta variação no preço dos ativos é influenciada pelos mais variados fatores. Utilizando-nos do exemplo do mercado de Bolsa de Valores podemos verificar que alterações na taxa básica de juros da economia trazem grandes oscilações as ações de bancos.

Comportamento semelhante também pode ser observado no mercado financeiro em ações de companhias que negociam commodities como é o caso da Petrobras e Vale.

Assim como qualquer ativo econômico, estas informações influenciam na oferta e demanda por estes ativos. Havendo mais investidores interessados em vender uma determinada ação, o seu preço irá cair. O contrário também é verídico, quanto maior o número de investidores interessados em comprar determinado ativo o seu preço irá subir.

A oferta e a demanda das ações no mercado financeiro são influenciadas direta ou indiretamente pelos acontecimentos econômicos. Esta variação no equilíbrio da oferta e demanda causa a oscilação nos preços, a qual damos o nome de volatilidade.

Principais Riscos de Mercado

Podemos citar como os principais fatores de risco de mercado:

  • Alteração na taxa de juros;
  • Oscilações cambiais;
  • Variação do preço das commodities;
  • Eleições presidenciais em países de economia forte;
  • Eleições presidenciais do Brasil;
  • Alterações na legislação tributária;

Minimizando o risco ao Investir

Curso Online para Certificação CPA10

Uma das formas mais seguras e inteligentes para se diminuir o risco nos investimentos é através da diversificação. Este conceito é muito bem explicado no livro Investimentos Inteligentes de Gustavo Cerbasi.

O famoso “não colocar todos os ovos na mesma cesta” e girar seu patrimônio o mínimo possível estão entre as receitas de sucesso nos investimentos. Sempre que você for iniciar um novo investimento em um mercado do qual não domina, aloque apenas um pequeno valor que não fará falta.

Como sempre ressalto, lembre-se sempre que “não existe nenhum investimento sem risco”.

Até mesmo a caderneta de poupança apresenta riscos, antes de alocar seus preciosos recursos em qualquer investimento verifique os riscos.

Warren Buffet, o maior investidor de todos os tempos sempre lembra que para ganhar, o primeiro passo é não perder.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *