Uma graduação é a base de muita carreira sólida. Porém, que graduação é essa? Afinal, para trabalhar em banco, vários caminhos podem ser tomados – e cada um deles te aponta para uma direção diferente.

Se você ainda está na fase de decidir qual será essa base, mas já tem o desejo de trabalhar em um banco, eu estou aqui para te ajudar! 

O que é preciso para trabalhar no banco?

Em suma, depende da instituição. Para bancos públicos, é necessário prestar um concurso. Ou seja, é, também, preciso ler cada edital para estar ciente dos requisitos.

Já para bancos privados, graduações e certificações financeiras são, normalmente, alguns dos pré-requisitos para conseguir uma posição na carreira.

É claro que, na prática, apenas esses detalhes “técnicos” não são as únicas pedidas das instituições privadas – porém, entrarei em detalhes posteriormente. Continua comigo!

É preciso ter faculdade para trabalhar em banco?

Trabalhar em banco privado está nos planos? Então, é preciso, sim, ter faculdade. Como eu já mencionei, no que tange aos concursos públicos, cada edital terá especificações distintas. Contudo, instituições privadas com certeza te exigirão um diploma de grau superior.

Qual faculdade fazer para trabalhar em banco?

Se a faculdade é obrigatória, então, isso quer dizer que, uma hora ou outra, você terá que enfrentar a decisão de escolher qual caminho trilhar – e, como eu disse, eles são vários.

Para que você tenha uma visão mais clara do que é a carreira para cada tipo de graduação, eu trouxe aqui algumas das opções mais populares entre aqueles que trabalham em banco.

Faculdade de Administração

Essa faculdade é um caminho clássico e abrangente. Com um diploma assim no currículo, um candidato pode se aventurar em funções que vão desde o atendimento até a gerência. 

Além disso, ao longo de sua jornada acadêmica, vai poder trabalhar algumas habilidades fundamentais para construir sua carreira em um banco, como gestão de pessoas e matemática.

Faculdade de Análise de Sistemas

A essa altura, todo mundo já ouviu falar sobre como as profissões relacionadas à tecnologia têm sido tão demandadas ultimamente. Dentro das instituições financeiras, a realidade não é diferente.

Todo banco terá sistemas internos e externos para executar seus processos. Logo, é primordial que hajam boas equipes de analistas de sistemas, não apenas para desenvolver esses sistemas, mas também para mantê-los funcionando. Se as suas aspirações são mais tecnológicas, esta é a graduação ideal para você.

Faculdade de Ciências Atuariais

Essa graduação capacita profissionais a atuarem com gestão de risco. Ou seja: extremamente importante para instituições financeiras. 

Dentro de um banco, os riscos diários são variados. Temos, por exemplo, os riscos tolerados por clientes que investem seu patrimônio em algum título. Além deste, há ainda os riscos da própria empresa – o de não ter fluxo de caixa é um deles.

Logo, para manter todas essas “ameaças” sobre controle, há uma equipe específica para a tarefa.

Faculdade de Ciências Contábeis

Bancos têm em sua estrutura, naturalmente, profissionais de Ciências Contábeis. Na prática, isso não significa que estes candidatos podem lidar apenas com contas dentro da instituição.

É possível, ainda, trabalhar na área de controladoria. Dessa forma, você atuaria na manutenção da eficiência e qualidade de gestão do lugar, especialmente do setor financeiro.

Faculdade de Ciências Econômicas

A economia é, em resumo, a base do trabalho de um banco. É, também, a base do país. Concorda? Naturalmente, é um assunto complexo e que sofre mudanças constantes – logo, além de aprender sua teoria e prática na faculdade, é necessário se manter atualizado o tempo todo.

Com esse diploma em mãos, você irá, em poucas palavras, ter a chance de apurar e interpretar números dentro de um banco – sejam eles relacionados às questões internas, ou aos clientes.

Faculdade de Comunicação Social

Toda empresa sólida tem um setor de comunicação – especialmente nesta era onde as redes sociais são tão importantes para construir uma boa reputação no meio corporativo.

Essa faculdade te dará a oportunidade de trabalhar na assessoria de imprensa da instituição, ou no setor de marketing. Em ambos os casos, será necessário estar por dentro do que acontece no banco em questão e na economia do país. Também será importante estar a par do perfil dos clientes dessa empresa, a fim de se comunicar com eles da maneira certa.

Faculdade de Direito

Dentro de um banco, questões relacionadas à legislação do país são constantes. Logo, é natural que essas instituições precisem de profissionais que as interpretem, certo? 

Então, se você sempre sonhou em cursar Direito, saiba que essa profissão pode te dar a chance de trabalhar em um banco. Bacana, né?

Faculdade de Estatística e Matemática

Essas duas graduações também abrem portas diversas dentro de um banco. Quem as possui, pode atuar, por exemplo, como gerente, atendente ou com linhas de crédito. Além disso, é possível trabalhar com pesquisas dentro da instituição.

Em suma, esse trato direto com os números com certeza te colocará em posições privilegiadas em locais assim.

Faculdade de Gestão Financeira

Na faculdade de Gestão Financeira, você construirá uma boa base para trabalhar nessa carreira. Ou seja, vai entender um pouco de economia, contabilidade, administração e finanças em geral.

Dessa forma, em um banco, também poderá atuar em áreas diversas, que contemplem esses campos que acabei de mencionar. Se a sua ambição é trabalhar com finanças, mas ainda não sabe muito bem qual caminho seguir, esta é uma boa opção de graduação!

Faculdade de Gestão de Recursos Humanos

O capital humano é um dos mais preciosos que uma empresa pode ter. Com essa formação, você seria parte da equipe que recruta profissionais para trabalhar em um banco, além de desenvolver projetos para manter o bem-estar e a produtividade da equipe.

Faculdade de Logística

Esta é outra formação que te leva a trabalhar com pessoas dentro de um banco, seja as equipes do local, ou os clientes.

Aqui, suas funções podem ser o aprimoramento de técnicas de venda, ou até a gestão de times de funcionários. 

Faculdade de Segurança da Informação

Há anos que muitos sistemas dentro de um banco vêm sendo digitalizados. Consequência disso é a necessidade de proteger os dados da instituição e também de seus clientes – inclusive, o Brasil tem até lei para isso!

Logo, mais do que nunca essas empresas precisam de profissionais que entendam do assunto para manter essas informações seguras e para que elas sejam utilizadas de acordo com a legislação.

Essa, além disso, é uma profissão bem promissora para o futuro!

Qual certificação financeira para trabalhar em banco?

A formação em uma faculdade pode até ser obrigatória para trabalhar em banco, mas sem uma certificação financeira, ela não será suficiente para te garantir uma carreira sólida e de sucesso. Afinal, mesmo que muitas certificações não sejam obrigatórias por lei, elas ainda são exigência em muitas instituições.

Para te ajudar, eu trouxe aqui algumas das certificações mais populares para quem trabalha em banco. Olha só:

  • CPA-10: exigência em muitos bancos, destina-se para quem deseja trabalhar na distribuição de produtos de investimento. Na hierarquia das certificações, essa seria a mais básica de todas;
  • CPA-20: sucede a CPA-10 e, além das funções englobadas pela primeira, também permite que o profissional trabalhe com clientes de alta renda;
  • CEA: com essa certificação, o profissional se torna um especialista em investimentos. É uma certificação de maior privilégio que as demais;
  • CFP: é uma certificação de reconhecimento internacional que te autoriza a trabalhar como planejador financeiro;
  • CGA: permite que um profissional atue na gestão de recursos em fundos de investimento.

Qual o perfil para trabalhar em banco?

Além das formações “oficiais”, digamos assim, outro aspecto que chama a atenção dos recrutadores são aquelas habilidades de cunho mais pessoal, ou que não se ligam tão diretamente com os aspectos técnicos de nosso currículo. Olha só o que os bancos querem:

  • Proatividade;
  • Perfil inovador;
  • Criatividade;
  • Inglês para o mercado financeiro;
  • Esforço para se atualizar constantemente sobre o mercado financeiro;
  • Prazer em trabalhar com pessoas, sejam equipes ou clientes;
  • Boa comunicação.

Onde estudar para trabalhar em banco?

As faculdades ideais você provavelmente já conhece, não é? E quanto às certificações financeiras? Afinal, elas também requerem um bom nível de preparo antes da prova.

Por sorte, você está aqui, junto comigo na TopInvest! Na Top, nós criamos não apenas cursos preparatórios para certificações financeiras, mas também cursos de desenvolvimento profissional para te deixar afiado para o mercado de trabalho. Vem com a gente?

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!