Se você ainda tem dúvidas de qual desconto utilizar em uma compra e qual o banco utiliza, essa é a hora de conhecer o Desconto Racional e o Desconto Bancário, estes que são descontos associados a matemática financeira de cálculos, descontos e juros.

Segue comigo!

Para começar: o que é desconto?

Desconto é basicamente o que foi descontado do valor nominal de um ativo, ou até mesmo de uma carteira de investimento.

Além disso, o desconto faz parte de nossa vida, por isso eu sempre falo que aqui no Brasil duas pessoas, instituições ou entidades nunca perdem dinheiro. Tais, podem ser governos e bancos.

Curso Online para Certificação CPA10

Pois bem, se o banco não perde dinheiro é óbvio que ele sempre irá trabalhar com juros compostos. Então, quando falamos de Desconto Bancário, estamos falando de juros compostos.

Agora, se falarmos de Desconto Racional é o contrário disso. Visto que, estaremos falando do comerciante, algo um pouco mais simples. Logo, falamos de juros simples.

Basicamente, esta é a grande diferença entre estes dois descontos. Mas, como eu sei que este também é um assunto de prova de algumas certificações financeiras, é necessário que você saiba como calcular essa parada.

Por isso, se liga só!

Desconto Racional

Esse desconto também é chamado de desconto por dentro. Sendo que, ele sempre incidirá sobre o valor presente.

Por isso, utilizamos a seguinte fórmula para a sua descoberta:

Fórmula do Desconto Racional.

Desconto Bancário

Já este pode ser conhecido como desconto por fora. Não vejo muito o sentido de ser por fora, mas deve ser lembrado que governo e banco não perdem dinheiro, por isso se usa juros compostos. 

Para este cálculo utilizamos a seguinte fórmula:

Fórmula do Desconto Bancário.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

O que você deve saber!

O que pode acontecer é os resultados darem diferentes entre Desconto Racional e o Desconto Bancário, visto que, a taxa de juros é diferente em cada um destes descontos. Por conta de uma ser de juros simples e a outra de juros compostos. 

E além do mais, esses dois descontos não são os mesmos descontos que pedimos no momento de uma compra, é diferente. Isso porque, estes são utilizados para solicitar um crédito.

Por exemplo, eu vendi um tênis que custava R$400,00 e meu cliente irá pagar em 12 vezes sem juros; logo, eu não terei capital de giro e irei até o banco e descontar estas parcelas. Deste modo, de forma a descontar com alguma coisa. Portanto, aqui podemos compreender que o Desconto Racional é mais barato pois utiliza juros simples.

Sem mistério nenhum, não é?