A cota de abertura e cota de fechamento têm tudo a ver com a dinâmica dos Fundos de Investimento. Em outras palavras, isso significa que, ao longo de sua carreira bancária, você vai esbarrar muito nesse assunto.

Ainda não sabe o que é? Então, continua comigo!

O que são cotas de um Fundo de Investimento?

Antes de tudo, vamos começar a analisar esse assunto pelo que há de mais básico nele. Em resumo, as cotas são uma fração do patrimônio do fundo.

Ou seja, se uma cota custar R$100 e um investidor aplicar R$1.000,00, então ele será dono de 10 cotas.

Basicamente, quem investe em um fundo compra cotas. Na hora de vender, portanto, essas cotas são negociadas no mercado.

O que é cota de abertura?

Dentro do conceito de cotas, temos dois desdobramentos: as cotas de abertura e as cotas de fechamento. 

Em resumo, a cota de abertura é aquela que permite ao investidor conhecer no início do dia o valor que sua cota vai atingir. Assim, é possível saber com antecedência o valor que deverá pagar pela cota em caso de investimento, ou o valor que vai receber em caso de resgate. 

Qual fundo pode usar cota de abertura?

Nem todos os Fundos estão aptos a usar a cota de abertura. Em suma, o que acontece é o seguinte: as cotas de abertura só são permitidas em fundos cujo valor da cota não vai mudar ao longo do dia. Por isso, os Fundos que podem utilizá-la são:

  • Fundos de Renda Fixa;
  • Fundos Exclusivos.

Como é apurada a cota diária de abertura?

Se há como saber qual o valor da cota diária, então, certeza que há um cálculo por trás, certo? Neste caso, a conta é feita tendo como base o valor do patrimônio líquido do Fundo no dia anterior. A isso acrescenta-se a variação do DI de um dia.

O que é cota de fechamento?

Neste tipo de Fundo, o investidor só saberá o valor da cota no fechamento do dia. Em outras palavras, o valor da cota refletirá toda a variação dos ativos no dia. Portanto, o valor da cota só será divulgado no fechamento do mercado. Esse tipo de precificação é obrigatório para fundos que apresentam maior oscilação em suas cotas.

E os Fundos de renda fixa podem utilizar cotas de fechamento também? Podem, sim! Inclusive, Fundos de renda fixa que se baseiam na inflação, por exemplo, são mais voláteis, mesmo que sejam de renda fixa. Portanto, nesse tipo de situação, uma cota de fechamento é muito mais transparente para o investidor.

Qual fundo pode usar cota de fechamento?

Todos os Fundos podem optar por utilizar a cota de fechamento. Além disso, vale lembrar que as cotas de abertura são exclusivas para Fundos de renda fixa e exclusivos. Mesmo assim, como eu já disse, esses Fundos podem optar por utilizar apenas a cota de fechamento.

Como calcular a cota de fechamento?

A cota de fechamento é calculada através da atualização dos valores dos ativos que compõem a carteira de determinado Fundo de Investimento. Esse cálculo, aliás, é divulgado sempre após o mercado fechar, no primeiro dia útil que se seguir.

O que afeta o valor da cota?

Em resumo, o valor de uma cota pode aumentar ou diminuir, de acordo com a valorização da carteira na qual uma pessoa está investindo. Como o valor é atualizado diariamente, é possível ficar de olho em seu estado.

O come-cotas também é um fator que pode fazer o valor diminuir. Este, por sua vez, é uma antecipação de imposto que deve ser paga pelo investidor. Desse modo, se a pessoa resolver sacar o dinheiro antes do prazo, vai pagar uma diferença de imposto em relação ao total.

O que é aplicação inicial de um fundo de investimento?

A aplicação inicial é o primeiro aporte que um investidor faz em um Fundo. Com esse valor, esse investidor está comprando suas cotas. É importante lembrar, ainda, que esse investimento inclui ainda uma taxa para pagar a administração dos Fundos.

O valor mínimo para começar a aplicar pode variar. No mercado, é possível encontrar opções que começam em R$50, o que torna o investimento bastante acessível para a população.

O que é a movimentação mínima de um fundo de investimento?

Essa movimentação diz respeito à quantia mínima que um cotista pode fazer ao resgatar ou investir novamente. Note: nesse caso, estamos falando de quem já investe em Fundos de Investimento, não de quem vai começar agora.

Entendeu como funcionam as cotas de abertura e cotas de fechamento de um Fundo de Investimento? Lembrem-se: além de ser um assunto que vai estar presente na sua carreira, isso também é conteúdo de prova. Para continuar estudando e se tornar um profissional top de linha, continua aqui na TopInvest.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!