CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Operações Compromissadas

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Talvez as Operações Compromissadas pareçam mais complexas do que são. Menos mencionadas na bolsa, ou até mesmo, uma das menos conhecidas, te digo que é mais fácil do que andar de trás para frente.

Quer saber por quê? Então, continua aqui comigo!

Como funciona as Operações Compromissadas?

Primeira coisa, preste atenção na palavra: COMPROMISSADAS, note que conseguimos um sinônimo dela, a palavra COMPROMISSO. Basicamente, isso quer dizer que a Instituição Financeira faz uma ação que é um compromisso.

Curso Online para Certificação CPA10

Lembra que um banco possui seus ativos financeiros, como a Tesouraria. Então, o banco possui as suas Debêntures que compra de outras empresas, seus Bonds, Títulos Públicos Federais, e assim por diante.

Aí o investidor quer comprar e investir em um negócio desses, só que o banco é tão esperto que ele fala ao investidor: já que você quer comprar por que não compra de mim? Ou melhor ainda, eu garanto para você que eu recompro se um dia você quiser vender de volta.

Nessa situação o que aconteceu foi que o banco irá pegar uma daquelas Debêntures, vender ao investidor e o proprietário dela continua sendo a própria instituição financeira. E aqui é que o banco irá ficar com um COMPROMISSO de recompra. Em casos de o investidor não querer mais o ativo.

Resumindo:

O banco irá vender o negócio que é dele e vai assumir o compromisso de recomprar. Por isso ela se chama COMPROMISSADA.

Títulos que podem ser utilizados:

  • Títulos Públicos
  • CDBs
  • Letras Hipotecárias
  • LCIs e LCAs
  • Debêntures
  • Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs)

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Importante!

  • O risco do investimento está na instituição financeira que emite a operação compromissada
  • Possui garantia do FGC APENAS se o título de empresas ligadas com garantia do FGC

Tributação

Essa que você já está careca de saber, segue a regra geral da Renda Fixa. Onde IOF começa em 96% e reduz em 3% ao dia , e o 30º dia é igual a 0. Já no Imposto de Renda começa em 22,5%, 20%, 17,5% e 15% de 180 até mais de 721 dias.

Então, se liga que por mais que seja fácinho, fácinho é importante ter em mente todo esse conceito para poder aplicar tudo corretamente.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *