Certificações Financeiras

Debêntures

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Uma forma de investimento que já existe há muito tempo no mercado. As debêntures, você conhece elas caro leitor?

Se já está familiarizado, um pouco, com o mercado financeiro, provavelmente já ouviu falar. Esse tipo de investimento é bastante interessante,  e evolve riscos diferentes dos outros, mas pode render bons lucros.

O que são debêntures?

Já falamos bastante sobre os produtos de renda fixa, principalmente, o CDB, que nada mais é que uma forma de empréstimo, do investidor, ou cliente, para com o banco.

As debêntures são, tecnicamente, a mesma coisa, só que ai invés de ter como contra parte o banco, existe ume empresa.

Mas o banco também é uma empresa?

No caso as debêntures servem para as empresas não financeiras, como a Ambev, Concessionarias, Klabin, BR Proprietes, entre varias outras empresas de difrentes segmentos.

Para complementar o assunto de investimentos, principalmente, reforçar o conhecimento do leitor sobre gestão, vou fazer a seguinte indicação de leitura; O Modelo Dinâmico de Gestão Financeira.

Dentro do livro, o leitor vai poder encontrar bastante conteúdo, e informações relevantes sobre gestão de patrimônio, e dos seus investimentos.

Coisa essencial, para todos os investidores. Até mesmo o pequeno, uma vez que o mesmo pode vir a acumular bastante capital com o tempo.

Bom, diferente do CDB, onde o cliente pode adquirir de maneira bem fácil, através da própria conta corrente por exemplo.

As debêntures podem ser adquiriras através de ofertas publicas, ou negociação na bolsa de valores por meio do mercado de balcão.

Primeira coisa que o investidor vai precisar ter, é uma conta em alguma corretora. Dessa forma, se houver uma oferta publica em andamento, o investidor poderá participar fazer a aplicação, e dessa forma ter um lugar onde os papeis ficaram custodiados.

Se o investidor quiser entrar nesse tipo de investimento, comprando algum papel que já esta no mercado, também é possível.

Ele terá que recorrer ao mercado de balcão. Diferente das ações ou até mesmo fundos imobiliários, onde o cliente simplesmente acessa o homebroker e faz as ofertas.

Para comprar debêntures, o cliente terá que entrar em contato com a corretora, para que um corretor possa fazer a oferta de compra.

Geralmente, depois da conclusão da compra, existe uma demora de um dia útil para efetivar a aplicação.

E dessa forma a debênture passa da custodia, do investidor que vendeu, para o comprador.

Para fazer o download, clique com o botão direito e salvar como...
Mapa Mental Debêntures, Organograma Debêntures

Existe mercado, tão grande quanto o de ações?

Infelizmente não. O mercado de debêntures ainda é bem pequeno. Qualquer um pode ir até uma corretora e fazer a oferta de compra, porem a grande parte dos papeis estão sobre a custodia de grandes investidores, e instituições.

Uma dica, caso o investidor estiver interessado nessa forma de investimento, você pode ir até o site da BM&F, na parte de renda fixa, e procure por debêntures.

Curso Online para Certificação CPA10

Nessa seção, você vera varias informações. Vá até histórico de negócios, e lá terá todas as negociações realizadas na bolsa.

Por se tratar de poucos negócios diariamente, o site da BM&F acaba registrando ali. Dessa forma, você vai acabar conhecendo quais debêntures são mais negociadas e assim, podem acabar tentando adquirir alguma.

Muitas corretoras, também estão tentando facilitar a vida do investidor, montando plataforma de produtos de renda fixa.

Incluindo as debêntures, por meio dessas plataformas os clientes podem comprar e tentar vender seus papeis.

Custos e despesas

Muitas corretoras, na grande maioria, cobram corretagem e custodia, para manter as debêntures na carteira.

A corretagem pode variar bastante, desde R$: 10,00 até uma porcentagem em cima do valor negociado.

Com relação a custodia, o valor cobrado, pode ser perto dos R$: 10,00. Porem, se você já possui ações ou FII não haverá uma nova custodia.

Sem esquecer, que existem algumas corretoras que não estão mais cobrando custodia. Isso inclui as debêntures.

E então, agora que você já sabe tudo sobre debêntures, já está preparado para investir nelas?

Estudando para uma certificação financeira? Venha participar do nosso grupo no Telegram. Temos grupos para todas certificações financeiras. Basta clicar aqui.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “Debêntures”

Diego

Olá TOP Invest,

Muito claro o artigo, tirou muitas dúvidas que eu tinha em relação as Debêntures…OBRIGADO.

Abraço,

Diego

Kleber Stumpf

Muito obrigado Diego,

Fico realmente muito contente em poder ajudar.

Att,
Visite também nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/topinvestbrasil?sub_confirmation=1

Curta nossa página no facebook https://www.facebook.com/TopInvestBrasil e compartilhar nosso conteúdo para que possamos continuar com a educação financeira gratuita.

Um abraço,
Kléber H. Stumpf