CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Entenda a Classificação SUSEP para Previdência Complementar

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 12 de maio de 2020
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Sempre que a gente fala sobre qualquer produto financeiro, temos umas “trocentas” classificações. E com a Previdência não é diferente, pois possuímos a Classificação SUSEP e a Classificação Anbima. Mas, aqui separei um tempo para falar com você sobre a Classificação SUSEP para a Previdência Complementar.

E ela é bem simples, hein! Se liga!

Como é essa Classificação SUSEP?

As Classificações da SUSEP para os planos de Previdência Complementar, tanto VGBL como PGBL, dão em face da alocação de recursos nos FIE’s e podem ser de três formas:

  • Soberano
  • Renda Fixa
  • Composto

Separei cada um para você ver que é moleza!

Curso Online para Certificação CPA10

Previdência Complementar Soberana

Quem que é a soberania nacional? Aposto que você pensou em Governo Federal, né? Então, uma Previdência Complementar com FIE Soberano, a gente vai ter um FIE que aloca 100% dos recursos em Títulos Públicos Federais.

Não tem mistério. Você pode pensar do Soberano em relação com o nosso Governo que possui grande poder em nosso país. 

Previdência Complementar Renda Fixa

Sim, você pode se perguntar o que um FIE vai alocar com Renda Fixa, mas aqui está a resposta. 

É óbvio que vai alocar 100% dos recursos em própria Renda Fixa. porém, essa alocação pode ser realizada em:

  • Títulos Públicos Federais
  • Títulos de Renda Fixa da Iniciativa Privada – aqui é um misto, porque podemos ter CDBs, Debêntures, CRI, CRA, e qualquer outro título da iniciativa privada

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Previdência Complementar Composta

Já esta última, mas não menos importante, é chamada de Composta, logo, por ser composta pela Renda Fixa e Renda Variável.

De acordo com a normativa da SUSEP a alocação mais arrojada pode alocar até 49% em Renda Variável. O que podemos notar que o cara é bem conservador.

Mas, as seguradoras oferecem os FIES com basicamente dois tipos de opções:

  • 20% Renda Variável e 80% de Renda Fixa
  • 49% Renda Variável e 51% de Renda Fixa

Portanto, vamos lá! Soberano, lembra do Governo Nacional que é a soberania do país; Renda Fixa, é Renda Fixa; e Composta, é formada por Renda Fixa e Variável, no máximo de 49% em apenas Renda Variável.

Assim é bem mais fácil de conseguir entender a Classificação SUSEP para Previdência Complementar, não é? 

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *