Ser um correspondente bancário Santander está entre as boas decisões que você pode tomar no que diz respeito à sua carreira financeira. Quer entender o porquê? Então, continua comigo que eu vou te explicar! 

O que é um correspondente bancário Santander?

Se em determinada localidade não existe nenhuma agência Santander, então, ser um correspondente bancário desta instituição significa que você pode ofertar seus serviços para a população.

Estabelecida a parceria, é possível oferecer aos clientes serviços que o banco tem, como crédito e pagamentos. Por consequência, você será remunerado por isso pelo próprio Santander. 

Se tornar um correspondente bancário Santander é uma excelente forma de fidelizar e conquistar clientes na sua região – porém, as vantagens dessa atuação eu vou comentar mais tarde! Fica comigo. 

Quais produtos o correspondente bancário Santander oferece?

Como correspondente bancário Santander, naturalmente você terá o direito de ofertar aos seus clientes todos os serviços que este banco tradicionalmente já oferta em suas agências. Quais são eles? Olha só:

Crédito consignado

O crédito consignado é semelhante a um empréstimo comum, porém, com uma diferença essencial: o pagamento das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento de quem pegou o dinheiro. No caso de pensionistas do INSS e aposentados, o valor sai do benefício recebido.

Conta integrada

Empresários, independente de seu porte, necessitam de uma conta bancária para Pessoa Jurídica. Afinal, elas oferecem mais vantagens para este tipo de negócio. 

O Santander oferta isso: uma conta integrada, que inclusive vem atrelada a uma maquininha de cartão. Ao se tornar um correspondente bancário deste banco, portanto, você vai poder ofertar essa possibilidade aos clientes.

Pagamento de contas

Aqui, temos uma das funções mais conhecidas do correspondente bancário. No exercício da função, clientes poderão pagar seus boletos Santander junto ao seu estabelecimento ou escritório.

Crédito imobiliário

Comprar uma casa está na lista de sonhos de muita gente. Ao mesmo tempo, não é novidade para ninguém que o valor para tornar isso real é bem alto. Logo, muitos precisam de uma ajuda para começar essa empreitada.

Você, futuro correspondente bancário Santander, pode ser o responsável por esse auxílio. Isto é, ao estabelecer parceria com o banco, este será um dos serviços que você estará autorizado a prestar.

Aqui, inclusive, vale lembrar que a sua empresa pode ser, por exemplo, uma imobiliária. Através dela, você se torna um correspondente bancário e, então, seus clientes terão neste estabelecimento absolutamente tudo aquilo de que precisam para financiar um imóvel.

Financiamentos

Na sua lista de serviços também estarão os financiamentos. Portanto, se algum cliente na sua região quiser comprar um carro, por exemplo, precisará apenas dar uma entrada no valor, e depois financiar o resto das parcelas.

Este, aliás, é um dos serviços mais lucrativos para o correspondente. Nos últimos anos, a busca por crédito aumentou – o que é uma das razões pelas quais esse campo de atuação se tornou tão atraente. Como o correspondente recebe por comissão, a cada crédito ofertado, você ganha uma porcentagem.

Quais as vantagens de ser correspondente bancário Santander?

Agora sim: chegou a hora de falar das vantagens de ser um correspondente bancário Santander. Genericamente falando, ser um correspondente é algo que, por si só, já traz bons benefícios, como a possibilidade de autogestão, por exemplo.

Além disso, temos alguns tópicos que justificam também a decisão de estabelecer parceria com o Santander. Dá uma olhada:

Aumento de renda

Como já mencionei algumas vezes ao longo deste artigo, o correspondente bancário Santander vai receber por comissão. Ou seja: a cada vez que efetuar uma venda, receberá um valor como remuneração. Atenção: essa remuneração virá do banco, jamais do cliente.

Financiamentos e crédito – também como já comentei – são serviços amplamente buscados pela população em geral. Logo, as suas chances de angariar novos clientes são muito maiores.

No caso de você já ser um empresário com seu próprio estabelecimento – uma concessionária, por exemplo – ofertar a facilidade de um financiamento aos seus clientes, tudo em um lugar só, com certeza vai aumentar os seus lucros no final do mês.

Novos clientes

Ao se tornar um correspondente bancário Santander, novos clientes serão atraídos ao seu negócio devido aos serviços que você oferece. Na falta de uma agência do banco em sua cidade, é o seu estabelecimento que será a primeira opção para essas pessoas. Quando a necessidade existir – ou seja, quando os clientes precisarem de crédito ou de um local para pagar um boleto, você será necessário.

Novamente, cito o fato da facilidade que a correspondência bancária significa para os clientes. Suponhamos, dessa vez, que o seu estabelecimento comercial seja agora uma imobiliária. Se um casal, por exemplo, precisar de crédito imobiliário para comprar seu novo lar, o quão bom seria poder resolver esse problema financeiro no mesmo lugar onde estão adquirindo o dito imóvel?

Facilidade de acesso aos produtos

Aqui, temos uma via de mão dupla. Por um lado, os clientes se beneficiam dessa facilidade: ao precisar dos serviços listados neste artigo, os terão à disposição sem maiores dores de cabeça. 

Por outro, você, como parceiro Santander, poderá facilmente ofertar tudo isso aos clientes – também sem maiores dores de cabeça. No fim, é uma relação na qual todos os envolvidos saem ganhando.

Carregar a marca Santander

Por último, e definitivamente não menos importante, temos o grande benefício que é atrelar o nome do seu estabelecimento ao do Banco Santander. Indubitavelmente, esta é uma instituição gigante, e já bem tradicional no território brasileiro. Ao carregar essa marca consigo, clientes naturalmente serão atraídos para o seu estabelecimento.

É claro que isso não significa que você não precisará mais investir em marketing, por exemplo. Contudo, é fato que o império já existente do Santander te posicionará no mercado com mais credibilidade.

Quanto ganha um correspondente bancário Santander?

Hora de falar da grana! Como você já deve ter entendido, o correspondente bancário Santander vai receber por comissão. Assim, quanto mais operações o seu estabelecimento realizar, maior será o seu lucro.

Desde 2013, o Conselho Monetário Nacional estipulou que um correspondente bancário, ao realizar um empréstimo, por exemplo, deve receber como comissão – à vista – 6% do valor total da operação. 

Suponhamos, portanto, que um cliente precise de um financiamento no valor de R$500.000,00. A sua comissão, nesse caso, seria de R$30.000,00. Nada mal, não acha?

Como se tornar correspondente bancário do Santander?

Convencido a se tornar um correspondente bancário Santander? Então, vamos dar uma revisada em tudo o que você vai precisar para começar a ofertar os serviços deste banco.

Reunir os documentos necessários

Aqui, não tem muito mistério. Comprovante de residência e CNPJ, por exemplo, são algumas das exigências. Como disse, a listagem não vai exigir nada de anormal, ou que você já não esteja acostumado.

Possuir uma certificação financeira

Para poder ser um correspondente bancário Santander, você precisa estar formalmente apto a desempenhar estas funções. Para isso, é preciso ter uma Certificação Profissional do Agente Correspondente. Ou seja: aquele que se interessar em fazer a correspondência deverá optar por uma das certificadoras estabelecidas pelo banco e prestar o exame que lhe dará o direito de atuar com seus serviços.

Comparecer a uma agência Santander

Para oficializar a prestação de serviços, é necessário que o interessado se dirija até a agência Santander mais próxima. Lá. ele precisará conversar com o gerente local para formalizar a sua atuação.

Quais certificações são exigidas para ser correspondente Santander?

E já que eu falei nas certificações necessárias para atuar como correspondente bancário Santander, é hora de conhecer quais são elas.

Febraban Completa

A prova da Febraban te transformará em um “Correspondente Bancário Completo”. Afinal, ela te autoriza a trabalhar com Crédito Direto ao Consumidor, financiamento de veículos e crédito consignado.

Se optar por essa prova, saiba que não é necessário esperar por um período específico, basta se inscrever a qualquer momento.

ANEPS Completa

A ANEPS é a sua segunda opção para se tornar um correspondente bancário Santander. Assim, caso a escolha, não é necessário prestar a Febraban. 

Ela também te dará o direito de trabalhar com Crédito Direto ao Consumidor, financiamento de veículos e crédito consignado. Ademais, é possível realizar o exame a qualquer momento.

ABECIP CA-300 e ABECIP CA-600

Ambas as certificações são especiais para os correspondentes que desejam atuar com crédito imobiliário. Portanto, caso esse seja o seu caso, além de possuir alguma das duas certificações anteriores, será necessário ter as certificações ABECIP CA-300 ou ABECIP CA-600.

Onde fazer os cursos para as certificações financeiras?

Ficou preocupado ao saber que precisa antes se tornar um profissional certificado, para só depois atuar como correspondente bancário Santander? Pode ficar calmo! Aqui na TopInvest, nós oferecemos cursos preparatórios para cada uma destas certificações – atualizados, de qualidade, com inúmeras questões comentadas e suporte de excelência para você. Portanto, basta clicar na sua escolhida:

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!