Você saberia diferenciar o orçamento familiar, do pessoal?

Nesse artigo estaremos abordando o conceito dos dois tipos de orçamentos.

Orçamento pessoal

Quando falamos de pessoa, já estamos tratando de uma única pessoa. Essa é a primeira diferença do orçamento pessoal para o familiar.

Tratando das finanças de uma pessoa, tecnicamente, fica mais fácil. O meu primeiro conselho, esta relacionado a listar todos os seus recebimentos.

Dessa forma, você consegue mensurar qual é o seu total de ganho por mês. Depois, você precisa listar suas obrigações.

São as contas que não tem como deixar de pagar. Exemplo; compras que já foram parceladas no cartão de credito, financiamento de carro, de casa, faculdade, contas de luz, energia, agua, e assim por diante.

Fazendo a subtração desses valores, você chegara ao saldo disponível para outras coisas. Nessa parte, eu faria uma retenção para aplicações.

Essa poupança teria que ser o suficiente para começar um processo de acumulo patrimonial. Eu sugiro tentar poupar, ao menos 20% do salario.

Mas isso vai depender de caso para caso. Não é uma coisa, muito fácil de fazer. Se não houver como, tente 10%, 5%, o quanto conseguir.

Havendo a possibilidade de investir mais, então invista (existem ótimas oportunidades acessíveis tais como CDB e Tesouro Direto), e utilize o valor superior, como uma reserva, para o caso de algum mês, não conseguir guardar o suficiente.

Por fim, o saldo remanescente da parcela para poupar, pode ser usado para o consumo do mês. Dessa forma, é que eu separo minhas finanças.

Ainda nesse planejamento, podem acontecer ajustes. Não colocamos nessa lista, coisas que podem acontecer, mas são difíceis de mensurar.

Como o concerto do carro, ou uma possível reforma na casa. Essas coisas podem acontecer, mas devem ser supridas por uma reserva.

Os valores que forem sendo poupados, no começo, devem ir para uma conta de boa liquidez, e com rendimento interessante. Sugiro o Tesouro Selic.

Conceito de Orçamento Pessoal e Familiar
Conceito de Orçamento Pessoal e Familiar

Dessa forma, quando algo acontecer, você não será pego desprevenidamente. Agora, vou fazer a seguinte sugestão de livro, a obra do autor Gustavo Cerbasi; Adeus, Aposentadoria.

O assunto de aposentadoria, nunca esteve sendo tão discutindo como agora. A reforma previdenciária pode influenciar muito em nossas vidas, e como tratamos nosso dinheiro.

Havendo a reforma, a nossa aposentadoria, pode acabar ficando para depois dos 60 anos, exigindo mais tempo de contribuição.

Sendo assim, acredito que o livro de Gustavo Cerbasi, tem conteúdo suficiente para contribuir em nossa jornada!

Orçamento familiar

Antes, quando estávamos fazendo o orçamento pessoal, não levamos em consideração, integrantes de nossa família.

Fato, que nesse planejamento, vamos precisar considerar. Vamos supor que o leitor, tenha uma família, com três pessoas, (casal, e um filho).

Levando em consideração, que sua esposa, ou marido, também contribuam com os ganhos da família.

Seria interessante, os dois realizarem tal planejamento. A primeira coisa, bem similar ao orçamento pessoal, é listar todos os recebimentos.

Nesse caso, teríamos os salario do casal. Depois disso, viriam as obrigações, que seriam; compras parceladas, luz, energia, colégio da criança, plano de saúde, e afins.

Outra coisa, que poderia ser feita, antes de alocar parte dos recursos em aplicações, é montar um plano de provisões.

Existem diversas contas que tanto no controle pessoal quanto no familiar precisam ser levando em consideração.

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

IPTU, IPVA, Imposto de renda, seguro, entre outras contas. Os valores da provisão, também podem ser aplicados em papeis do Tesouro Selic.

Depois de fazer as provisões, o saldo pode ser utilizado para montar uma reserva, e investir. Novamente indico os 20%. Se for possível, o casal poderia poupar 20% dos recebimentos.

E por fim, o que sobrar disso tudo, pode ser gasto com outras coisas, durante o mês. Assim, tanto no pessoal, quanto no familiar, as finanças estarão fechando

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!