No mercado financeiro do Brasil temos acesso a alguns títulos de credito imobiliário.

Podemos facilmente encontrar dois que são os mais negociados:

  • CRI (Certificado Recebíveis Imobiliários)
  • LCI (Letras de Credito Imobiliários)

Cada um possui certas características mas ambas estão ligadas a uma forma de financiamento. Elas fomentam o mercado imobiliário brasileiro.

Com certeza uma das áreas que mais se expandiu no Brasil nos últimos anos. Desde a criação de alguns programas federais para aumentar o credito na área.

Uma dessas iniciativas chamada de Minha Casa, Minha Vida, provavelmente foi um dos alicerces para o desenvolvimento das duas linhas de credito, tanto direto quanto indiretamente.

A poupança também pode ser colocada como uma das formas de expandir o credito nessa área, porem não falaremos muito da caderneta de poupança nesse artigo, mas clicando no link você será redirecionado a um artigo completo sobre o assunto.

Rendimento

Característica que as duas formas de investimento possuem em comum é um rendimento muito bom. Mesmo tendo essa qualidade em comum, cada um dos títulos tem formas diferentes de remunerar sues investidores.

CRI – Certificado de Recebíveis Imobiliários

No caso das CRI, a grande parte dos títulos está ligado ao DI, porem é fácil encontrar outros títulos que estão auferindo rendimento por meio do IGPM e do IPCA.

Ou seja, existe uma taxa de juro prefixada mais algum dos índices de inflação. Os pagamentos dos juros podem acontecer de forma mensal, semestral, ou anual.

Uma das grandes vantagens hoje de se investir em CRI ou LCI é a isenção do imposto de renda para pessoas físicas, o que torna o investimento muito atrativo e competitivo.

Ainda existe outra qualidade bem interessante sobre as CRI, elas possuem a garantia geralmente é atrelada a algum imóvel.

Pode ser o próprio bem que o certificado está fornecendo o credito, ou outro imóvel colocado como garantia.

Existem algumas distribuições que acabam liberando credito para a construção de um empreendimento, mas na hora de fazer à garantia a empresa que esta captando o crédito acaba colocando outro bem como garantia.

Já vi isso acontecer com Shopping Center e outros tipos de empreendimento. Lógico, isso também vai depender do valor do credito, e do valor de cada propriedade colocada como garantia. Geralmente acabam fornecendo uma participação no caso de inadimplência.

Confesso que também nunca vi alguma propriedade ser tomada pela instituição que emitiu o certificado, tão pouco alguma empresa ficar inadimplente.

Falando em investimentos, nunca é ruim aprofundar os conhecimentos em uma área que tem tudo para ganhar cada vez mais adeptos.

Quando buscamos mais informações a respeito de qualquer tema em especifico, sobre investimento e aplicações, conseguimos desenvolver uma analise mais aguçada e com isso melhorar nossa tomada de decisão.

O livro: Decisões Financeiras e Análise de Investimentos. Fundamentos, Técnicas e Aplicações , dos autores; Alceu Souza e Ademir Clemente pode ajudar ainda mais você, caro leitor!Livro com aproximadamente 200 paginas possui muitas informações e conteúdo referente a analise de investimentos.

Por mais que o Brasil ainda tenha diversas garantias vinculadas aos principais produtos de renda fixa, como a LCI e o CDB (garantidos pelo FGC) ainda sim, é preciso mensurar o risco que possíveis inadimplências podem acabar causando as instituições financeiras.

LCI

Já as LCI em grande parte também possuem o rendimento atrelado ao DI. Com uma quantidade menor de emissões oferecendo rendimento em juros prefixados acrescidos de inflação ou não.

A instituição Daycoval, possui uma linha de LCI que oferecem rendimento prefixado. Fato que pode ser bem interessante.

Curso Online para Certificação CPA10

Garantia oferecida por esse tipo de investimentos está por conta do FGC, ou seja, não existe um bem alienado a emissão.

Mas sim, caso a haja a inadimplência dessa letra, os investidores poderão acionar o FGC e assim recuperar até 250 mil por CPF.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!