Certificações Financeiras

Volatilidade e Marcação a Mercado

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 12 de março de 2020
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Para você que está estudando para alguma certificação financeira principalmente da Anbima, os conceitos de Volatilidade e Marcação a Mercado são muito relevantes para o seu aprendizado.

Bora lá então aprender tudo sobre esses conceitos? Se liga só!

Volatilidade

A Volatilidade é uma medida de dispersão dos retornos de um título, valor mobiliário ou índice de mercado. Mas, não é necessário que você entenda muito de estatísticas, pois, basicamente, ela é uma medida de risco.

Para a sua compreensão, pense que há as ações da TopInvest, e o retorno das mesmas é de 1; 2; 1,5; 3; 2; 1,5; e assim por diante. Porém, há também as ações do concorrente que estão em -3; 5; 10; -2; -3; 15; e assim sucessivamente, por cada mês.

Só que aí nos perguntamos qual possui mais risco, qual é mais volátil? As ações com números pequenos ou um concorrente com ações de alta volatilidade?

Olha que louco! Se você está pensando em um investimento, você deve pensar em qual destas duas empresas é mais seguro de investir. E é óbvio que neste exemplo a ação da TopInvest é mais segura. Visto que, há menor volatilidade, por isso, ela é uma medida de risco, pois mede exatamente a variação da Renda Variável no mercado. 

Curso Online para Certificação CPA10

E anote aí: a Volatilidade só ocorre em Renda Variável.  

Ela também é conhecida como a oscilação de preços, que é a mudança de valor de preço que um ativo pode ter a um determinado período. Quanto mais variações de preço um ativo sofrer, mais volátil ele é.

Marcação a Mercado

A Marcação a Mercado se fala muito quando estamos citando os Fundos de Investimentos, pois é ali que se mais utiliza.

Mas, é preciso sabermos o seu conceito principal para podermos utilizá-la.

Ela é a atualização e definição diária do valor de um determinado título, valor mobiliário ou cota em fundos de investimentos. Lembra que há dois tipos de marcações? A Marcação a Mercado e a Marcação pela Curva de Juros. Sobretudo elas trazem algo a valor de hoje!

Ou seja, é precificar um ativo no mercado pelo seu preço atual ou valor presente.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

E há de notarmos que a Marcação a Mercado traz Volatilidade para a cota de um Fundo de Investimento. E é super importante porque também evita a transferência de riquezas entre os cotistas, trazendo o preço hoje ao valor presente.

A gente sabe que o valor de uma cota deste fundo representa exatamente qual que é o patrimônio do fundo, caso ele fosse vendido hoje e não se ele seguisse a curva de juros. 

E ainda!       

Muitas perguntas surgem dentro do assunto Marcação a Mercado, mas você saberia dizer quais são os fatores que determinam o preço de um ativo?

Os principais fatores são:

  • Oferta e demanda;
  • Risco assumido pelo investidor ao comprar o ativo;
  • Facilidade de vender esse ativo no mercado secundário (liquidez).
  • Entre outros.

Dúvidas, críticas, sugestões? 

Deixe nos comentários abaixo. É sempre um prazer ter seu feedback.

😉 

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *