Se você tem um negócio ou uma empresa você precisa conhecer os tipos de crédito para pessoa jurídica. As opções são muito diferentes das formas de crédito para pessoa física.

As entidades financeiras concedem crédito para sua empresa viabilizando a compra de bens, capital de giro ou mesmo realizar pagamentos de fornecedores. Quanto falamos de pessoa jurídica existem créditos de curto, médio e longo prazo.

Conheça abaixo os tipos de crédito para pessoa jurídica.

Financiamento de Capital de Giro

Neste tipo de crédito o banco empresta recursos as empresas para atender as necessidades de fluxo de caixa ou capital de giro a curto prazo.

Este tipo de operação de crédito pode ser feito com, ou sem garantia de bens.

Descontos de títulos ou duplicatas

É uma operação financeira na qual a empresa entrega certas duplicatas para o banco e este lhe antecipa o valor em conta corrente cobrando os juros antecipadamente.

Muitas empresas fazem o uso desta operação com o objetivo de captar recursos para o caixa da empresa por possuir taxas de juros menores do que crédito de capital de giro.

Leasing pessoa jurídica

Com as operações de Leading as empresas tem a oportunidade de financiar maquinas, computadores e outros equipamentos que ficam no nome da companhia de leasing e não do cliente.

Quando terminado o contrato a empresa pode devolver o bem ou não.

Caso a empresa opte ficar com o bem e basta passar o patrimônio para o nome da empresa e a quitação do valor residual.

Adiantamento do Cartão de Crédito

Muitas empresas recebem suas vendas através do cartão de crédito e por isso esse é um dos tipos mais comuns de crédito para pessoa jurídica.

O adiantamento dos recebíveis do cartão é creditado na conta da empresa e os juros são cobrados de forma antecipada.

FINEP

O FINEP é uma iniciativa do governo federal que fornece empréstimo para empresas que criam produtos ou serviços tecnológicos.

Os valores vão de R$150 mil a R$10 milhões de reais.

Cartão BNDES

Este também é um dos tipos de crédito mais comum para pessoa jurídica.

O acesso ao cartão do BNDES é realizado diretamente pelo site do BNDES para empresas que faturam até 90 milhões de reais por ano.

Documentação Necessária para Tomada de Crédito

Agora que você já sabe os principais tipos de crédito para pessoa jurídica é importante saber o que é necessário para se realizar a contratação.

A documentação pode variar bastante de uma modalidade de crédito para outra, mas via de regra a documentação abaixo é obrigatória:

  • Plano de negociosO plano de negócios trata-se do documento que mostra a viabilidade financeira do projeto que você tem em mente. É através do plano de negócios que o banco analisará quais são as projeções financeiras da sua empresa principalmente durante o período do empréstimo. Com o plano de negocios em mãos, a instituição financeira verificará se a sua empresa vai conseguir manter o equilíbrio financeiro suficiente para honrar seus compromissos.
  • Contrato SocialPara que a instituição financeira possa ter uma visão mais ampla de como seu negócio e de seus respectivos sócios é preciso apresentar o contrato social. Neste documento estão as informações relacionadas ao tipo de produto ou serviço que você comercializa, a natureza do negócio, duração da empresa o capital inicial e o local de registro. Além disso se no contrato houver eventuais alterações elas precisam ser anexadas aos demais documentos.
  • Balanço PatrimonialEste documento vai mostrar a real situação financeira e econômica do seu negócio. Através de um balanço é possível identificar quais são os ativos e passivos de sua empresa. Em outras palavras este relatório vai revelar quais são as receitas e quais são as dívidas do negócio. Normalmente a instituição financeira solicita o balanço dos últimos três exercícios a fim de verificar como esta a evolução da empresa.
  • Balancete analíticoEste documento abrange os dados do fluxo de caixa e deve ser entregue a instituição financeira junto com o DRE (Demonstrativo de Resultados do Exercício). As informações constantes no balancete analítico são essenciais para a liberação do crédito porque através do balancete é possível verificar se a gestão financeira da empresa está em ordem.

Enquanto a instituição faz sua análise de crédito pode acontecer de outros outros documentos serem solicitados a fim de completar as informações sobre a situação econômica, financeira e contabil da empresa.

Toda essa  documentação é solicitada com o intuito de verificar qual é o valor que sua empresa pode pagar e logo resguardar a instituição de uma eventual inadimplência.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!