Destaque

Congelamento de Preços - Como funciona a curva de oferta e demanda?

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 19 de março de 2020
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Não sei qual é o momento em que você está lendo esse artigo. Nossos principais assuntos sempre giram em torno das certificações financeiras. Mas, ele está sendo gravado em um dos momentos mais difíceis para o mundo e nosso país.

O ápice do coronavírus. É por isso que vou falar um pouco mais com você sobre o congelamento de preços e a curva de demanda que está dando o que falar.

Como assim, Kléber?

A OAB recomendou ao Governo Federal o congelamento dos preços de produtos para a prevenção do COVID – 19. 

Claro que a galera lá da OAB está pensando no bem e melhor para todos. Contudo, estão também falando de um absurdo econômico. Calma que eu te explico!

Advogado tem que advogar e quem cuida de preço não é ele não! Olha só o que eles divulgaram:

“Para evitar o aumento abusivo dos preços, a seccional cearense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) recomenda ao Governo Federal que congele os preços do álcool em gel, vitaminas, máscaras e luvas […]”

Mais uma vez: ok, eles estão perdoados em pensar no bem de todos. Só que eles estão falando de algo que não compreendem e não possuem conhecimento de bens de economia. Falo que é um absurdo, pois isso pode sim nos colocar em um completo caos.

Para você entender pense comigo:

Todo mundo aprende, principalmente na faculdade de Economia, que se existe uma coisa que manda na economia é a Lei da Oferta e da Demanda. Basicamente, quando for maior a demanda, maior será a oferta para que possamos encontrar um preço de mercado no equilíbrio.  

Se liga no gráfico desta lei:

Gráfico da Lei de Oferta e Demanda.

Curso Online para Certificação CPA10

Mas, o que aconteceu nesse momento?

A demanda por álcool em gel, máscaras e luvas aumentou muito, só que a oferta continuou bem abaixo. Até porque, ninguém consegue fabricar estes materiais do dia para a noite.

E com o desespero da pandemia as pessoas correram comprar alguns produtos de higiene básicos, e muitas até fazem estoques em casa.  

E o que acontece, é que se a demanda subiu muito e a oferta continua igual, é óbvio que o preço tende a aumentar. Visto que, é um movimento natural, e sim, é ruim pagarmos mais caro por algo, mas faz parte da economia. 

O preço alto acaba incentivando outras empresas, que jamais pensaram em fabricar álcool em gel, a começar a fabricar. Aí o que acontece é que a demanda vai continuar alta, porém, a oferta vai crescer muito e assim conseguiremos encontrar outro preço de equilíbrio.  

O mercado se ajusta

Afirmo isso, pois o aumentando os preços, ocorrerá o ajuste da oferta. As empresas irão se mobilizar para produzir mais, visto que poderão ganhar mais dinheiro. E os produtos não faltarão e chegarão nos pontos de distribuição.

Como consequência sobre a mudança de preço, a demanda também será ajustada à nova realidade. 

Isso acontece conforme os efeitos ocorrem:

  • Com o valor em alta, o consumo será moderado, evitando desperdícios;
  • A demanda por outros produtos substitutos mais baratos serão consumidos;
    • Exemplo: substituir álcool em gel por sabonete, sabão líquido, dentre outros.
  • A demanda pelo álcool em gel irá diminuir;
  • Demanda diminuindo ocasiona um novo ajuste de preços a encontrar um novo equilíbrio entre a oferta e a demanda.   

Se ocorresse o congelamento de preços, o que acontece?

Sabe quem fez congelamento de preços recentemente? A Venezuela, e nada deu certo. 

Com os preços tabelados não existirá um incentivo econômico para o aumento da produção dos produtos demandados.

Os preços fixos não incentivam o uso consciente dos produtos, ou estimulam a busca por outras alternativas mais baratas.

Sem uma produção = ESCASSEZ.

A alta demanda pelos produtos = FILAS e MAIS FILAS.  

Com a escassez, há mais alta demanda, o que acaba ocasionando?

  • Mercado Negro: população comprando um produto num valor muito alto em comparação ao tabelado;
  • Dando margem para os aproveitadores da situação, criando a corrupção num mercado que não existia. 

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Isso não terá nenhum benefício à sociedade, porque criará:

  • Demanda não atendida por produtos de grande importância no contexto atual;
  • Oferta reduzida sem estímulos econômicos;
  • Corrupção e mercado negro que prejudicaram a sociedade como um todo.

Coisas boas acontecendo

E com isso temos como exemplo a cervejaria Ambev que irá fabricar álcool em gel a partir da produção de cerveja. O que eles irão fazer é pegar as suas cervejas sem álcool e produzir 5 mil unidades de álcool em gel, e distribuirão gratuitamente em hospitais do Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal. 

Ambev irá fabricar 5 mil unidades de álcool em gel para três estados do Brasil.

É isso que eu quero dizer, é o que podemos fazer para ajudar o próximo! E jamais congelar preços!

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *