CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Propósitos e etapas do planejamento financeiro

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 5 de outubro de 2020

Se planejar financeiramente significa gerenciar a vida financeira de maneira adequada entre gastos e ganhos, além de saber quando e no que economizar. Logo, os propósitos e etapas do planejamento financeiro são determinadas de extrema importância para colocar as ações em prática.

Uma vez que o dinheiro é o resultado de algo realizado, e cá entre nós, muito importante, nada melhor do que saber como um planejamento financeiro é importante e como ele funciona.

O que é planejamento financeiro?

Estabelecida como uma estratégia de equilibrar renda e gastos, o planejamento financeiro é muito mais do que deixar de lado o conforto e coisas que gostamos. Trata-se de um equilíbrio das finanças para possuírmos uma garantia das necessidades futuras.

Contudo, vale lembrar que um planejamento financeiro não está ligado apenas para situações futuras. Com foco e disciplina, ele também serve para conquistar propósitos e para o desenvolvimento de um reserva de emergência.

Por isso é extremamente importante conhecermos suas principais especificações e etapas, só assim será possível sabermos como manter o planejamento em dia.

Curso Online Preparatório para Anbima CEA

Propósitos e benefícios do planejamento

  • Maior controle de gastos e investimentos
  • Evita o acúmulo de dívidas
  • Tranquilidade financeira
  • Planejar as finanças, investimentos, seguros e sucessão
  • Permite a concretização de sonhos e metas

É através de um planejamento, pensando não só em dinheiro em si, que será possível realizar projetos e aquisição que você almeja.

Etapas do planejamento financeiro

É relevante você saber que se você quer criar um planejamento financeiro para você ou para seu cliente, a importância e o que é esta ação devem estar bem claras.

Do mesmo modo que, só assim será possível seguir as etapas de criação de um planejamento.

1.Definir e estabelecer o relacionamento com o cliente

  • Informar o cliente sobre o processo de planejamento financeiro e sobre as competências de um planejador financeiro;
  • Avaliar se o profissional pode atender as necessidades do cliente;
  • Definir o escopo do relacionamento;
  • Definir as formas de remuneração:
    • Fee;
    • Comissionamento;
    • Híbrido;
  • Definir as obrigações do planejador e do cliente.

2. Coleta de Informações

  • Quais são os objetivos do cliente (prioridades, necessidades e objetivos);
  • Coleta de informações quantitativas (Formulários e Entrevistas);
  • Patrimônio;
  • Dívidas;
  • Investimentos;
  • Coleta de informações qualitativas (Formulários e Entrevistas);
  • Perfil de risco;
  • Conhecimento do mercado;
  • Situações familiares.

3. Análise e Avaliação da Situação do Cliente

  • Qual é a aceitação ao risco do cliente?
  • Avaliação da alocação atual na razão entre
  • Objetivos;
  • Riscos;
  • Situação Patrimonial;
  • Suitability;
  • Verificar se os objetivos do cliente são compatíveis com
  • a alocação e a aceitação a risco.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

4. Desenvolvimento das recomendações e apresentação aos clientes

  • Avaliar possíveis cenários de planejamento financeiro;
  • Orçamento familiar;
  • Balanço Patrimonial;
  • Planejamento de seguros;
  • Planejamento Tributário;
  • Planejamento Sucessório;
  • Investimentos;
  • Desenvolver as recomendações;
  • Apresentar as recomendações ao cliente.

5. Implementação das recomendações

Hora de colocar a mão na massa!

  • Quais as responsabilidades do cliente e do planejador definidos no item 1;
  • Procura dos produtos;
  • Investimento nos produtos;
  • Alocação dos ativos.

6. Monitoramento e Reavaliação da Situação do Cliente

  • Revisar os propósitos e etapas do planejamento financeiro de forma contínua;
  • Readequação do planejamento de acordo com as mudanças:
  • Renda;
  • Objetivos;
  • Estado civil.

Todas estas etapas em conjunto com o objetivo são essenciais para que o planejamento financeiro continue firme. Até porque, todas elas devem ser analisadas e revisadas pelo menos uma vez ao ano.

E aí? Você já possui um planejamento financeiro?

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *