Finanças e Investimentos

O que é Leasing e quais são seus tipos?

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 11 de novembro de 2020

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Utilizado em 99,99% dos casos (selo Klebão de confiança) somente para Pessoa Jurídica devido a vantagem fiscal, o Leasing é um produto muito comum nos EUA devido à diferente forma de tributação do Imposto de Renda.

Com semelhança e custo como um “aluguel” essa operação não possui IOF, visto que, não é uma operação de crédito.

Além disso, é um aluguel com opção de compra ao final do processo – o valor do mesmo vai abatendo no valor final de compra.

No contrato de Leasing existem dois caras:

  • Arrendador: quem tem a propriedade e aluga o bem.
  • Arrendatário: quem tem a posse e usufrui do bem alugado.

Curso Online para Certificação CPA10

Tipos de Leasing

Entretanto, dentro destes contratos existem tipos de Leasing utilizados em nosso mercado:

  • Leasing Financeiro:
    • Prazo mínimo de 2 anos para bens com vida útil até 5 anos. Ex: carro.
    • Prazo mínimo de 3 anos para bens com vida útil acima de 5 anos. Ex: caminhões.
    • Normalmente, tem intenção de ficar com o bem.
  • Leasing Operacional:
    • Prazo mínimo de 90 dias;
    • Prazo Máximo: 75% da vida útil do bem;
    • Sem a intenção de ficar com o bem.
  • Sale and LeaseBack:
    • Venda do bem recebendo os recursos, alugando
      o bem com a opção de recomprar o bem ao final do
      contrato. Ex: mais comum os Fundos Imobiliários.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

As vantagens e desvantagens de utilizar esta operação

Ao optar por usar este processo é legal sabermos que haverá vantagens, porém, é importante conhecermos as suas desvantagens também.

Vantagens:

  • É possível escolher o bem com características específicas e negociar o pagamento, incluindo descontos;
  • Existe a opção de contratos maiores que a vida útil do bem e até mesmo a aquisição do mesmo ao final do processo.

Desvantagens:

  • Durante o decorrer não é possível adquirir o bem;
  • Quem não cumprir com o contrato pode ser penalizado (assim como qualquer contrato que existe no mundo).

Financiamento x Leasing

Aliás, pode parecer coisas bem parecidas ao colocarmos em jogo a palavra aluguel. Contudo, é importante jogarmos as cartas na mesa e saber que o financiamento não tem nada haver com o Leasing.

Enquanto o financiamento é quando há a compra de um bem, utilizando formas e recursos de terceiros; ao final do pagamento das prestações, o cliente se torna dono do serviço contratado. No Leasing, o bem contrado é de propriedade do arrendador; e aqui há apenas o direito do uso e existe apenas uma possibilidade de compra ao final. Ou seja, sem garantia que o bem será do contratante.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *