CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Liquidação Física e Financeira das ações: conheças as operações deste mercado

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 20 de maio de 2020
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Já ouviu falar que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa? Pois é, e com a Liquidação Física e Financeira das ações é igual.

Uma é uma coisa e a outra é outra, ou seja, elas são de diferentes “personalidades”.

Por isso que hoje separei um tempo para vir aqui te explicar tudo o que cada uma delas representa no mercado.

Partiu?

Curso Online para Certificação CPA10

O que você precisa saber!

Quando compramos e vendemos ações acontecem esse dois processos, a Física e a Financeira nas ações. E é relevante que você saiba como elas funcionam e se organizam dentro do Mercado de Ações, visto que, é essencial para a sua prova e para você saber como investir corretamente.

Liquidação Física:

É o processo pelo qual se dá a transferência de propriedade do ativo entre o comprador e, o vendedor.

Liquidação Financeira:

É o processo de pagamento e recebimento do valor da ação entre o comprador e, o vendedor.

Aí, é importante você saber que elas são diferentes em Operações Normais e Operações Day Trade. Sim, já conhecemos e falamos muito destas operações, mas aqui elas fazem parte essencial para operar com ações.

Como assim, Kléber? 

Acalma o coração que eu te explico, porque é preciso revisar!

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Processos nas Operações:

Operações Normais

Nesse tipo de operação, isto é, todas aquelas com duração superior a um dia, tanto a Liquidação Financeira como a física, ocorrem em D+2

Isso quer dizer que será compensado em dois dias úteis a liquidação.

Operações de Day Trade

Agora, nas Operações de Day Trade a Liquidação Física acontece em D+0. Ou seja, os ativos passam direto para o próximo investidor. É uma compra e venda no mesmo dia, o que é basicamente o que chamamos de Liquidação Financeira que vai ser também em D+2.

Isso porque a Liquidação Financeira segue a regra, mas, pense que há três pessoas operando. Sendo que, uma delas gosta de fazer de Day Trade e comprou de uma e vendeu para a outra. Só que tudo isso aconteceu no mesmo dia.

E não vai fazer sentido nenhum, por exemplo, se na quarta-feira a gente liquidar as ações compradas para depois liquidar para o outro. Então, aquele que faz Day Trade praticamente desaparece do processo e haverá uma operação de D+2 direto dos dois outros caras que ficaram com as ações.

Por isso que ao vender as ações elas possivelmente irão ficar com o investidor final.   

Deu para entender? Não tem mistério nenhum, né? Agora você já pode fazer Liquidação Física e Financeira das suas ações.

Partiu?   

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *