Você provavelmente já deve ter notado que um dos fatores decisivos na escolha de algum fundo de um fundo é forma de gestão. Qual é melhor para você? Fundos de Investimento com Gestão Passiva ou Gestão Ativa?

O tipo de gestão de um fundo de investimentos, está determinada em seu regulamento (no parte que se refere ao seu objetivo). Agora, você sabia que a gestão de um fundo de investimentos pode ser dada de duas formas? Fundos de Investimento com Gestão Passiva e Fundos de Investimentos com Gestão Ativa. Hoje conversaremos sobre a gestão passiva.

Normalmente quando um investidor opta por alocar seus recursos em fundos de investimento, ele geralmente possui a expectativa de que um gestor profissional tenha mais qualificação para escolher onde investir o seu dinheiro. Essa lógica é valida porque o gestor é um profissional dedicado e com muito estudo, diferente do investidor que normalmente tem outra profissão.

Apesar deste raciocínio fazer bastante sentido, dado as inúmeras variáveis que são necessárias para a avaliação dos ativos a maioria dos investidores não se preocupa em analisar a forma como o fundo irá aplicar o seu dinheiro (o que é um erro). Afinal de contas, o investidor deve entender a política de investimentos e quais são os objetivos de gestão de cada fundo para avaliar se os mesmos estão de acordo com os seus objetivos pessoais.

Mas quais são os fundos com gestão passiva?

Bom, saiba que no mercado existem muitos fundos de gestão passiva aqui vão alguns exemplos:

  • Bradesco FIA Cielo
  • Caixa FI Ações Ibovespa
  • BB Ações de Construção Civil
  • Fia de Ações Grupo  ItaúUnibanco
  • BB Ações Consumo
  • ETFs

Qual o objetivo de um fundo de gestão passiva?

O principal objetivo de um fundo de gestão passiva é obter uma rentabilidade mais próxima possível do seu Índice de referência” (Benchmark). Seja ele realmente um índice, um ativo ou um setor específico da economia.

Aqui vai um exemplo:

Se um investidor aplicar em um Fundo de Ações Petrobras e as ações da Petrobras se valorizarem mais ou menos 20% em um período x, o fundo deverá apresentar uma rentabilidade similar. Mas atenção (é neste ponto que o investidor deve prestar mais atenção), se as ações da empresa caírem 20% no mesmo período o fundo  infelizmente terá o mesmo desempenho.

Podemos concluir então que o objetivo do fundo de gestão passiva é basicamente o de reproduzir o seu índice de referência e não o de o superar.

Entendendo isso, o investidor precisa compreender que em um fundo desse tipo o trabalho de gestão é passivo, em outras palavras, consiste simplesmente em aplicar sem qualquer tipo de avaliação de oportunidades. Todo o valor depositado em um fundo passivo de ações da Petrobras, será utilizado para aquisição de ações da Petrobras.

Curso online para Certificação CPA20

Fundos de setores, como por exemplo de construção civil compraram apenas Ações de empresas de construção civil. Fundos de consumo investirão tudo em ações de empresas de consumo e assim por diante. Tudo isso sem fazer uma avaliação de oportunidade apenas reproduzindo o ativo ou índice de referência…

Vale lembrar que quando um investidor escolhe fundos dessa natureza, o gestor não passa de um mero intermediário. A simples compra de ativos é algo que provavelmente possa fazer por conta própria.

Em todos os casos que citei o investidor pagará uma taxa de administração para o gestor de investimentos que o próprio investidor já escolheu! Isso quer dizer que em nenhum desses casos, haverá um trabalho de gestão.

Desta forma, se intenção do investidor é deixar um investidor profissional administrar seu dinheiro justamente por ele ser mais capacitado para tomar decisões vale mesmo ele deve procurar fundos de investimento de gestão ativa.

Para ilustrar, segue abaixo um relatório de rentabilidade de 7 fundos de 7 bancos diferentes, todos indexados às ações da VALE. Repare que TODOS apresentam rentabilidade praticamente igual num período analisado (24 meses)

Fundos de Investimento com Gestão Passiva
Fundos de Investimento com Gestão Passiva

Neste exemplo vemos que investir em um fundo passivo de VALE é a mesma coisa, e possui o mesmo risco que ir a bolsa sozinho e comprar ações da VALE sem ter nenhuma outra informação quanto as perspectivas de valorização. E o melhor, você ainda não paga taxa de administração.

Vamos agora observar na imagem abaixo um comparativo entre fundos passivos IBOVESPA de 6 bancos diferentes em um intervalo de 12 meses.

Fundos de Investimento com Gestão Passiva
Fundos de Investimento com Gestão Passiva

Nesta imagem podemos observar que o Ibovespa variou negativamente 1,84% nos últimos 12 meses e a performance da maioria dos fundos foi ainda pior,  alguns conseguindo cair absurdos 7%! Esse é o efeito da taxa de administração em um fundo indexado.

Curso online para Certificação CPA20

Portanto, por causa do custo da taxa de administração a tendência é que fundos passivos sempre entreguem uma rentabilidade pior que o seu índice de referência.