Noções de Economia

Código de Ética e Responsabilidade do profissional do CFP

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de outubro de 2020

O Código de Ética e Responsabilidade do profissional do CFP é uma das coisas mais importantes deste profissional que adquire o Certified Financial Planner, aqui em nosso país fornecido pela instituição Planejar.

Quando estamos trabalhando com o dinheiro de outras pessoas, ao mesmo tempo que buscamos melhores práticas com o mesmo, estamos mexendo com o dinheiro de famílias. Ou seja, algo muito importante.

O que é CFP?

Em nosso país, esta certificação segue o modelo internacional, porém realizada em português, é obrigatória para profissionais que atuam no segmento private banking.

Mais especificamente, ela se destina a profissionais que buscam ser:

  • Planejador financeiro
  • Orientador financeiro
  • Assessor financeiro
  • Consultor financeiro
  • Coach Financeiro

O que diz o Código de Ética e Responsabilidade do profissional do CFP?

Esta imagem acima é a capa do Código de Ética e Responsabilidade do profissional do CFP fornecido pela Planejar. O mesmo possui no máximo 20 páginas, e por mais que buscamos apenas o essencial de informações, é importante que você tire um tempinho para lê-lo.

O Código de Ética é separado em sessões:

  • Aplicabilidade e cumprimento 
  • Termos e Expressões (Seção I);
  • Ética (II);
  • Regras (Seção III);
  • Procedimentos Disciplinares (Seção IV);
  • Melhores Práticas (Seção V);

Curso Online Preparatório para Anbima CEA

Aplicabilidade e Cumprimento

O código de conduta ética e responsabilidade profissional da planejar estabelece princípios e regras aplicáveis a:

  1. Pessoas Físicas certificadas para o uso das marcas CFP (Planejadores CFP);
  2. Pessoas Jurídicas e Físicas não certificadas para o uso das marcas que sejam associadas a planejar (associados).

Isso quer dizer que, o não cumprimento dessas práticas acarreta a instauração de apuração conforme previsto nos “Procedimentos Disciplinares”.

Termos e Expressões

Regras

  • O planejador não deve deixar suas preferências individuais interferir os serviços prestados ao cliente;
  • Não omitir aos clientes ou terceiros potenciais benefícios em proveito próprio pelos serviços prestados;
  • Não fornecer informações falsas ou enganosas, conduta desonesta, fraudulenta ou enganosa;
  • Comunicar todos os fatos relevantes para evitar que cliente ou terceiros sejam induzidos ao erro e zelar pela comunicação clara garantindo que o cliente compreenda as recomendações;
  • Implementar o suitability;
  • Acordar previamente os serviços e remuneração antes de implementá-los;
  • Manter os dados atualizados no site da planejar em até 30 dias;
  • Todas as informações são confidenciais, exceto se:
    • Processos legais;
    • Legislação vigente;
    • Atender obrigações com empregadores ou sócios;
    • Defender-se contra acusações contra conduta irregular;
    • Prestar serviços profissionais em nome do cliente com autorização por escrito do mesmo;
  • Devolver quaisquer documentos do cliente se assim
    solicitados.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Procedimentos Disciplinares

  • O eventual descumprimento dos princípios e regras do código será objeto de apuração pela planejar;
  • É assegurado na condução do procedimento a ampla defesa ao contraditório sendo observadas a celeridade e a simplificação dos atos (informalidade);
  • Na hipótese de constatada irregularidade serão atribuídas as penalidades de acordo com o anexo de “Normas Disciplinares” (34 artigos junto com o PDF do código).

Advertência privada

  • Multa (até 50 x o valor da anuidade);
  • Suspensão temporária;
  • Revogação dos direitos de uso da marca CFP.

Melhores Práticas

As melhores práticas entre um associado planejador e seu cliente, o conhecido contrato:

  • Desenvolvimento de mecanismos para formalizar o escopo de trabalho, custos envolvidos, remuneração pelos serviços, prazos acordados e outros itens que se julguem necessários;
  • Comunicar ao cliente qualquer informação que possa afetar sua decisão em contratá-lo;
  • Informar que a planejar é o canal oficial para reclamações.

Pronto! Entendido o Código de Ética do CFP já é um bom começo e caminho para você ser um ótimo profissional.

E não esqueça de sempre seguir suas ações com ética e responsabilidade.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *