Certificações Financeiras

Tipos de variáveis na probabilidade: mudanças e variações

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 24 de setembro de 2020

Em uma análise de amostra toda e qualquer variável, ou seja, seu conjunto de dados, pode ser dividida em tipos de variáveis. Em casos de matemática e probabilidade, possuímos as Variáveis Aleatórias, Discreta e Contínua.

Mas, o que é uma variável?

A palavra variável vem de outra, a variar. Sendo que, pode ser entendida como uma característica de interesse de acordo com uma medida de dados, podendo ser em valores numéricos ou não numéricos.

Além disso, é a palavra variável que indica mudanças e variações que podem surgir, sejam elas constantes ou até mesmo instáveis.

Portanto, se estamos falando em probabilidade existem alguns tipos de variáveis importantes que devemos conhecer.

Curso online Preparatório para Ancord AAI

Quais são os tipos de variáveis?

Variável Aleatória 

Em uma variável aleatória nós sabemos a probabilidade de algo acontecer. 

Por exemplo, na Mega-Sena temos 60 números. A probabilidade de acertar um número é de 1 sobre 60. Já acertar os 6 números é uma probabilidade de 1 em 50.063.860 combinações possíveis. Isto quer dizer que, em um jogo a probabilidade de acertar um número é de 10%, já acertar 6 números de 0,000012%.

Porém, uma variável aleatória pode ser dividida em duas partes: aleatória discreta e aleatória contínua:

Variável Aleatória Discreta 

Chamamos de variável aleatória discreta um resultado pertencente a amostra. 

Ou seja, no exemplo da Mega-Sena o resultado será o número entre 1 e 60. Visto que, você não poderá escolher o número 3,5, mas sim deverá escolher os números inteiros que estão para sua escolha – aqui no exemplo de 1 a 60.

Desta forma, poderemos chamar a variável aleatória discreta de número cheio.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Variável Aleatória Contínua 

A variável aleatória contínua representa infinitos resultados dentro de uma amostra.

Por exemplo, uma volta no circuito de corrida de Interlagos pode ter um intervalo de amostras de 1:05:000 há mais de uma hora para corrida a pé, além claro, de variável de carro para carro e de piloto para piloto dentro da corrida.

Nessa amostra existem infinitas possibilidades, uma vez que, sempre podemos usar centésimos e milésimos de segundo.

Assim, podemos chamar esta variável de números quebrados, por ter várias subdivisões.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *