Certificações Financeiras

Taxas de Carregamento em Previdência Privada

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Uma das taxas mais abusivas que existem em planos de previdência é a taxa de carregamento! Com certeza essa taxa só beneficia a instituição que administra o plano.

A taxa de carregamento consiste em uma cobrança sobre todos os depósitos realizados pelos cotistas de determinado plano de previdência.

Tanto cotistas dos planos de PGBL quanto os de VGBL podem sofrer tal cobrança. A taxa é retida no momento do aporte.

Nos valores mensais isso pode ocorrer, ou nos valores esporádicos. Por exemplo, o investidor guardou parte do decimo terceiro salário, assim ele poderia investir essa quantia em seu plano de previdência, dando uma turbinada no saldo e nos possíveis rendimentos.

Mesmo nesse valor que não faz parte dos aportes mensais, o investidor teria uma porcentagem retida.

Quanto é a taxa de carregamento?

Ela pode variar entre os 5% a 1% sobre qualquer deposito. Ou seja, se você faz aportes de R$ 100,00 ao mês em um plano de previdência que retém 5% de taxa de carregamento, no final das contas estará depositando somente R$ 95,00!

Os R$ 5,00 estarão indo diretamente para o banco, sem trazer benéfico ao cotista.

Os grandes bancos geralmente fazem a cobrança de tal taxa uma vez que tem facilidade na venda destes produtos. Outras instituições financeiras que oferecem planos de previdência de forma independente acabam não cobrando, fato que acaba acirrando um pouco mais a competição.

A taxa de carregamento ainda vive entre nos, devido ao alcance que os grandes bancos possuem dentro de nossa sociedade.

As corretoras independentes, por mais que estejam ganhando terreno, ainda são pouco conhecidas do grande publico.

E é justamente o público que não conhece exatamente o trabalho de uma corretora de valores que é o maior consumidor dos planos de previdência privada, sendo assim ainda vai levar tempo para a taxa de carregamento cair em desuso.

Resumindo, se o investidor mantivesse um plano de depósitos mensais no valor de R$ 100,00, ao final de 12 meses, poderia ter pagado, sem benefícios algum, a quantia total de R$ 60,00 em taxas de carregamento.

Quase o valor de mais um aporte. Aumentando o tempo de estudo para dois anos, o investidor estaria efetivamente, abrindo mão de um deposito!

A taxa de carregamento pode ter duração!

Por mais que tal taxa seja ruim, ela não é para sempre. Existem casos onde os planos de previdência estipulam um determinado valor para o investidor alcançar na previdência, e assim se ver livre do carregamento.

Essa quantia é o valor que o cotista deve ter em saldo do seu plano de previdência. Existem instituições que isentam a taxa de carregamento a partir dos R$ 10.000,00, por exemplo, e assim por diante.

Caso o investidor já tenha em mãos essa quantia, ele pode aplicar tudo de uma vez, e assim, não ter a taxa de carregamento comendo parte de seus aportes.

Lembrando que estamos falando de um mero exemplo, o cliente preciso ir até a agencia e conversar com o seu gerente, para saber se existe tal possibilidade.

Fugindo da taxa de carregamento!

Como foi dito anteriormente, temos outras instituições que também oferecem planos de previdência.

Portanto, não devemos observar somente os planos dos grandes bancos de varejo.

Atualmente existe uma gama muito maior de planos, que são distribuídos por corretoras independentes, como a XP Investimentos, e outras instituições como a Órama.

Curso Online para Certificação CPA10

Há pouco tempo, ambas estavam oferecendo a possibilidade de investir em um plano de previdência privada da Verde Asset, uma das melhores gestoras de fundo do Brasil.

O cliente poderia fazer aportes a partir dos R$ 100,00 ao mês. Valor que muitas pessoas poderiam investir facilmente.

Além de ser um bom produto, gerido por uma instituição de referencia no mercado, sem haver cobranças abusivas, como a taxa de carregamento, ainda contando com a acessibilidade de aportes a partir dos R$ 100,00.

Por isso, fique atento as corretoras independentes, elas possuem planos que além de contarem com bons rendimentos, não vem com taxa de carregamento.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *