Alguns CDBs possuem prazo, ou seja, para o investidor conseguir retirar o valor investido é necessário aguardar até o vencimento do CDB.

Os bancos de varejo, principalmente os grandes como: Itaú, Santander, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa, oferecem CDB com liquidez diária.

Essa forma de aplicação é mais interessante para as pessoas que precisam de uma comodidade maior na hora de resgatar valores.

Os CDBs com liquidez diária também acabam oferecendo rendimentos menores. Os bancos grandes remuneram de 78,5% até 80% nos primeiros seis meses.

O rendimento de tais produtos pode chegar até os 95%, caso o investidor permaneça investido por um longo prazo e tenha uma grande soma de capital.

Ou seja, temos uma relação direta entre o rendimento e o tempo. Já os bancos menores, também oferecem CDB com liquidez diária.

Um banco que podemos citar aqui, como exemplo, é o Sofisa. Essa instituição possui um programa de investimentos, chamado de ”Sofisa Direto”.

Através dele, os clientes, podem comprar CDB a partir de R$: 1,00! E com liquidez diária pagando 100% do DI!

Bem acima dos grandes bancos.  Além dessa modalidade de investimento, o Sofisa também oferece CDB com liquidez de 6 meses até 5 anos.

Dependendo do tempo que o seu dinheiro ficar aplicado, o rendimento poderá ser maior. Para aplicação de 5 anos, o rendimento chega a ser de 110% do DI!

Bem acima dos bancos de varejo. Mas o Sofisa não é o único banco! As corretoras independentes possuem plataformas de renda fixa, onde os clientes podem encontra diversas CDB de vários bancos.

Sendo assim, você não precisa abrir conta em todos os bancos, para poder ter acesso a seus produtos.

A Rico, XP Investimentos, e a Easyinvest são alguns exemplo de corretoras que oferecem esses “shoppings financeiros”.

Quando maior o prazo, maior a rentabilidade?

Sim e Não. Além do prazo, podemos citar a solidez da instituição financeira. Bancos menores estão mais vulneráveis a crises, e problemas com liquidez.

Curso Online para Certificação CPA10

Os bancos de menor porte acabam recorrendo a empréstimos e financiamentos a custos menores.

Fazem isso visando os clientes dos grandes bancos. Dessa forma, as instituições menores conseguem captar parte dos clientes que eram dos grandes bancos, conseguindo vender linhas de credito, ficando com o spread.

Porem esse spread é menor comparado aos dos grandes bancos, e dependendo do cliente, poderá haver inadimplência.

Portanto, para conseguir dinheiro esses mesmos bancos, acabam oferendo aplicações com alto rendimento, e com prazos de liquidez.

Ou seja, o investidor precisa aplicar seus recursos no banco, e para conseguir aquela rentabilidade de 110% do DI por exemplo, é necessário permanecer aplicado no mínimo 3 anos.

Tempo, que muitos investidores acabam não dispondo, mas visando um lucro maior com a aplicação, acabam mudando de ideia.

Curso Online para Certificação CPA10

Resumindo

Os prazos estão diretamente relacionados aos rendimentos. Quanto mais tempo você permanecer aplicado em tal produto, maior poderá ser o lucro auferido no final.

Os bancos menores a fim de conseguir mais recursos, podem oferecer investimentos com rendimento maior, e prazo mais longo para vencimento.

Se a instituição financeira fizer parte do sistema bancário nacional, e assim contar com a garantia do FGC o risco com a aplicação pode ser reduzido, a ponto de viabilizar um investimento.

Então, o que achou do nosso artigo sobre os prazos do CDB? Deixe suas duvidas e opiniões nos comentários.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!