CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Letra Financeira e DPGE: dois instrumentos de Renda Fixa especiais

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 25 de maio de 2020

Te convido agora para conhecer mais dois instrumentos de Renda Fixa que possuem algumas características especiais: a Letra Financeira e DPGE.

Partiu?

Separando elas uma a uma!

LF – A Letra Financeira

Preste atenção neste nome, se estamos falando de letras, é óbvio que este é um instrumento de captação emitido por Instituições Financeiras como:

Curso Online para Certificação CPA10

Características

É um título privado, portanto têm risco de crédito mais elevado, mas, mesmo sendo emitido por instituição financeira, não possui garantia do FGC.

E seu prazo mínimo é de 24 meses, e não admite liquidez antes deste prazo. Assim, seu valor mínimo para emissão de R$ 150.000,00 normal e R$ 300.000,00 com cláusula de subordinação.

Remuneração 

Como é um título mais longo, admite pagamento de cupom de juros. Sendo que, a remuneração pode ser:

  • Pré Fixada
  • Pós Fixada
  • Híbrida

Ah, e a sua tributação, segue a regra geral das aplicações de Renda Fixa.

Anota aí!

DPGE – Depósito a Prazo com Garantia Especial

Esta é uma forma de  depósito a prazo, com a garantia especial do FGC presente. Nesta modalidade, a IF aliena sua carteira de crédito ao FGC. Mas, não há emissão de certificado, apenas o registro na B3.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Emissores

Instituições Financeiras:

  • Bancos Comerciais
  • Bancos Múltiplos
  • Bancos de Desenvolvimento
  • Bancos de Investimento
  • Soc. de Crédito Finan. e Investimento
  • Caixas Econômicas

Prazo e Tributação 

  • Prazo:
    • Mínimo de 6 meses
    • Máximo de 36 meses
  • Tributação:
    • Segue a regra geral da Renda Fixa

Muito importante!

O limite de garantia para essa modalidade é de até R$ 20.000.000,00, isso mesmo milhões.

Por isso que neste caso, a emissão do título está condicionada a autorização do FGC e consequente alienação fiduciária de uma carteira de recebíveis ao que estiver emitindo a DPGE.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *