Em artigos anteriores, descrevemos diversas características que tanto as CRI quanto as LCI possuem.

A garantia é uma delas, porem nesse quesito as duas são bem diferentes. As CRI acabam não contando com a cobertura do FGC em caso de inadimplência.

Ao invés disso, o imóvel que fica como garantia e acaba sendo alvo de uma possível requisição dos credores.

LCI e o FGC

As LCI por sua vez, contam com a cobertura do FGC, mas nem tudo é prefeito! O FGC cobre até 250 mil por CPF por instituição financeira.

Caso você tenha mais do que 250 mil em alguma LCI, ou em varias letras, e CDB entre outros tipos de ativos, a cobertura irá até os 250 mil para aquela instituição financeira.

O excedente desse valor não será coberto, podendo ser considerado perdido em caso de inadimplência da instituição financeira.

Na hora de começar a procurar por informações sobre investimentos e afins, é sempre bom observar outros profissionais da área que conseguiram alcançar o sucesso por meio dos investimentos.

Um deles é George Soros, através do livro: Novo Paradigma dos Mercados Financeiros, o a Crise Financeira de 2008 e o Seu Significado.

Através dessa leitura voçê poderá ter uma ideia de como pensa George Soros e quais são suas ideias sobre os mercados financeiros, principalmente quando levamos em consideração a ultima grande crise.

Existem muitas historias sobre o megainvestidor, até mesmo algumas operações que o mesmo acabou fazendo.

Uma das mais famosas foi à aposta contra a libra esterlina, no inicio da década de 90. Onde Soros conseguiu nada menos do que um bilhão de dólares, eu uma única operação.

Soros, além de investidor é um grande filantropo. Ajudando muitos países, principalmente aqueles em guerra.

Voltando a falar sobre o fundo garantido e as LCI, podemos destacar aqui o cuidado que os investidores terão que ter na hora de avaliar seus portfolios.

Porque já se preparar antes de chegar aos 250 mil reais?

Simples, muitos dos investimentos que você tem em carteira continuam rendendo dia após dia.

Sendo assim, dentro de um período as suas aplicações somadas, provavelmente já estarão fora do valor coberto do FGC.

Vale lembrar que mesmo tendo em um determinado título mais do que 250 mil, o FGC irá garantir até o valor limite.

Pode ficar tranquilo que o título inteiro não é perdido, o valor excedente é que não será salvo e provavelmente vai acabar sendo perdido.

Alternativas para o excedente

Existem alguns investimentos que podem ser facilmente colocados em nossas carteiras para aumentar a diversificação e reduzir o risco.

Os fundos imobiliários e as próprias CRI. Comprando cotas de fundos imobiliários você poderá investir diretamente em propriedades, ou em títulos com lastro em imóveis.

Dessa maneira, o risco estará relacionado às propriedades. Sendo que os valores das cotas são cotados no mercado.

Fato que pode acabar assustando alguns investidores mais conservadores. Gosto de dizer que os FII são uma espécie de investimento híbrido.

Curso Online para Certificação CPA10

Estando entre a renda fixa e variável. Posso afirmar isso, analisando algumas características dos dois papeis.

Enquanto produtos de renda fixa possuem os rendimentos consistentes mês a mês, os FII contam com as distribuições mensais.

Já a semelhança que podemos ver dos fundos com a renda variável, está ligada ao valor das cotas que são negociadas em bolsa.