Certificações Financeiras

Fundos de Investimento no Exterior

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Você sabia que pode investir no exterior através de alguns Fundos de Investimento no Exterior?

Parece interessante? Gostaria de diversificar a sua carteira de investimentos?

Eu sei que para alguns investidores é complicado até mesmo para o investir no mercado doméstico, só de pensar em se deparar com um produto de investimentos no exterior com uma língua estrangeira e regras diferentes assusta muita gente.

Mas eu gosto de lembrar que apenas 2% da renda fixa mundial está no Brasil, e por isso não seria a decisão mais sabia investir todo seu dinheiro apenas no Brasil. Até porque se alguma crise de hiperinflação (saiba mais sobre a inflação e o valor do dinheiro) vier a ocorrer em nosso país novamente como no final da década de 80 e início da década de 90 ter recursos no exterior pode fazer toda a diferença.

Venha ver como isso funciona!

Você sabia que é permitido aos fundos de investimento nacionais investirem em ativos no exterior e até mesmo Fundos de Investimento no Exterior caso esteja previsto em seu regulamento?

Conforme regras, os fundos destinados a varejo podem investir no máximo  20% de seu patrimônio líquido em ativos financeiros no exterior. Já para os fundos destinados apenas para investidores qualificados existem duas possibilidades.

Na primeira possibilidade o fundo respeitaria como regra geral o limite máximo de 40%, já a segunda possibilidade é que caso o fundo observe as condições previstas na regulamentação e inclua em sua denominação o sufixo ”Fundos de Investimento no Exterior”, este tipo de investimento possui apenas a limitação de não investir mais de 67% do seu patrimônio líquido em ativos no exterior.

Não há limite de concentração para investir em ativos financeiros no exterior. Existem diversos fundos como os de “Renda fixa – Dívida externa” e os destinados a investidores profissionais que recebem em seu nome o sufixo “Investimento no exterior”.

Curso online para Certificação CPA20

As aplicações em ativos financeiros no exterior não são cumulativamente consideradas no cálculo dos devidos limites de concentração por emissor ou por modalidade de ativo financeiro aplicáveis aos ativos domésticos.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *