CEA - Certificação Especialista de Investimentos

Fundos de Investimento Exclusivos

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Os fundos de investimento exclusivos são pouco divulgados, mas podem ser muito interessantes para uma parcela da população.

Definição

Fundos de investimento exclusivos, como a própria palavra já diz, é exclusivo, só para um cotista. Ou seja, montado e estruturado para um investidor.

Ao invés de ter vários cotistas, o fundo tem só um. Em fundos tradicionais, onde você não tem muita ideia de como o fundo funciona, ou em que ativos o gestor investe, nessa modalidade exclusiva, você terá tudo na mão.

Você pode montar o fundo, juntamente com administradora. E assim, analisar a contratação da instituição que ficara com a custodia dos ativos, a auditoria independente e o gestor.

Sem falar que os relatórios podem ser confeccionados da sua maneira, sempre respeitando as regras da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), mas tudo do seu jeito.

Esses detalhes da exclusividade são muito importantes, porque acabam mantendo a gestão do fundo perto do cliente.

Nos fundos que já analisamos, por mais que existam relatórios e informações importantes que são divulgadas, o contato com o gestor é complicado. Coisa que em um fundo exclusivo, será muito simples e tranquilo.

Vantagem Tributaria

Uma vantagem muito interessante para quem procura por um fundos exclusivos, está relacionada à economia tributaria.

Quando investimentos sozinhos, temos que reter imposto de renda em nossas operações com ganho.

Já, operando dentro do fundo, ficamos isentos de tal tributação. Sendo que o próprio fundo terá uma administração para isso.

Na hora de fazer o imposto de renda, por exemplo, teremos só a nossa posição dentro do fundo, com a quantidade de cotas.

Proteção patrimonial

Os fundos exclusivos também oferecem uma proteção ao patrimônio do cliente. Caso o cotista venha a ser processado, ou algo do gênero, os valores que estão dentro do fundo, estão tecnicamente, desligados da pessoa física.

Não havendo danos ao montante do fundo. Isso também é muito interessante na questão de heranças.

Uma vez que os herdeiros, ou as pessoas que estão para suceder o cotista, podem já estar vinculados ao fundo.

Fornecendo mais tranquilidade e segurança ao patrimônio, e a sucessão do investidor.

Mas não existe só vantagem em montar um fundo exclusivo…

Desvantagens

Com certeza o custo para montar tal estrutura é bem alto. Mesmo tendo um milhão de reais, não é recomendável o investidor montar tal fundo.

De acordo com as corretoras, o valor inicial, recomendável, é de 10 milhões ou mais.

Desse jeito, os rendimentos oriundos do valor aplicado conseguirão pagar os custos e as despesas do fundo, e ainda auferir algum ganho.

Outra coisa, que pode acabar prejudicando um pouco o desempenho do fundo, está relacionada às letras de credito isentas de IR (Imposto de Renda).

Quando se investe através de um fundo de investimento (que nada mais é do que uma pessoa jurídica) o investidor acaba perdendo o beneficio de isenção.

Curso Online para Certificação CPA10

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *