Dividendos são uma pequena parte dos lucros de uma empresa que é recebida pelos acionistas. Sempre que uma empresa de capital aberto (uma empresa que negocia ações na bolsa de valores) tem lucro, parte do valor é destinado aos sócios que recebem uma porcentagem correspondes as suas ações.

O Brasil tem uma lei importante a respeito disso, que torna obrigatório que o pagamento de dividendos seja no mínimo 25% do lucro da empresa.

Pagamento de Dividendos

Ok, já sabemos o que são dividendos. Mas como eles são pagos?

A empresa pode optar por um pagamento semestral, trimestral ou anual. O dia de pagamento deve ser declarado oficialmente pelo conselho de administração da empresa. Em um segundo momento há o dia em que são anunciados os titulares de participação qualificada.

Dividend Yeld

O seu retorno do investimento em ações de uma empresa pode ser calculada por meio do dividend yield da ação. Mas o que é esse conceito?

Basicamente, o dividend yield representa os dividendos pagos aos acionistas comparado ao preço das ações em determinado período. O cálculo é feito pela divisão do dividendo anual por ação pelo valor atual da ação.

O que devo saber sobre dividendos?

O valor que  o investidor recebe dos dividendos depende de quantas ações da empresa ele tiver. Digamos que cada ação irá pagar R$1,00 e o investidor possui 100 ações. Então o investidor vai receber R$100,00. Simples não é mesmo?

Agora vamos ver quais são as categorias de dividendos.

Dividendos em dinheiro

É o mais comum dos dividendos que pode ser pago com caixa acumulado ou atual. Lembrando que o valor obtido pelos investidores pode ser reaplicado na compra de novas ações.

Dividendos em ações

Não tão comum, este é o caso em que o pagamento ao invés de ser feito em dinheiro é pago em mais ações da empresa. Desta forma o total de ações recebidas  é calculada de acordo com o número de ações que você tem no presente.

Lembrando que o aumento do número de ações não implica em um efeito imediato sobre o valor que o acionista possui.

Dividendo especial

Algumas empresas possuem essa opção. Nesta situação é pago um dividendo especial além do dividendo regular (ou seja mais lucro para os acionistas).

Esta é decisão pode ser tomada por diversos motivos como por exemplo aumento súbito de caixa ou ganho extraordinário das operações da empresa.

O que é desdobramento?

Um dos significados do dicionário de desdobrar é dividir em duas ou mais partes.

No mercado de ações é exatamente a mesma coisa, ou seja, é basicamente dividir uma ação em mais gerando assim seus “filhotes”. Uma empresa que realiza o desdobramento de suas ações multiplica o total de ações que circulam no mercado sem aumentar seu capital social.

É muito comum isso acontecer quando o valor de uma única ação está muito alto e acaba perdendo a liquidez, o que afasta investidores. Dividir uma ação que custa R$ 100,00 em 10 ações idênticas de R$ 10,00 pode atrair mais investidores a negociar as ações da empresa.

Geralmente afeta de forma positiva o preço da ação, pois com este procedimento a empresa aumenta a liquidez de suas ações.

Curso Online para Certificação CPA10

O que é dobramento de ações?

O dobramento de ações é exatamente o oposto. Digamos que há dez ações de 10 reais. Através de um procedimento de dobramento de ações elas se transformam em apenas uma ação de 100 reais. É a união de ações em uma única ação.

Diferente do desdobramento o dobramento de ações não é uma prática muito comum no mercado financeiro nacional.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!