Após a fusão que ocorreu entre a Bovespa e a BVM&F em 2008, a nova bolsa agora chamada de BVM&FBovespa é responsável pela administração de quatro câmaras de liquidação (Clearing House), entre elas a câmara de ações.

 Veja mais sobre estas quatro Clearing Houses:

  • Câmara de Ações: A câmara de ações é a antiga CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia). A CBLC foi criada ainda em 1997, e antes de seu funcionamento a liquidação dos negócios á vista realizados em Bolsa de Valores era realizada pela própria Bovespa.
  • Câmara de Derivativos: A câmara de derivativos é a responsável pela liquidação dos negócios realizados em mercados futuros e de commodities.
  • Câmara de Câmbio: Funciona como a contraparte das operações realizadas entre bancos de Câmbio Pronto.
  • Câmara de Ativos: Responsável pela liquidação e custódia de operações realizadas com compromissadas de títulos públicos federais.

Funcionamento da Câmara de Ações

As liquidações realizadas pela Câmara de Ações ocorrem através dos sistemas eletrônicos denominados “Puma” e “Bovespa Fix”, onde o Bovespa Fix executa as operações realizadas com os Títulos de Renda Fixa no mercado á vista e o Puma é responsável pela liquidação das demais operações.

Além de realizar a liquidação dos títulos, a Câmara de Ações também é a depositária destes títulos e viabiliza o funcionamento do BTC (Banco de Títulos) que é o sistema do qual através são realizados os aluguéis de títulos o que viabiliza a venda a descoberto.

Para as operações de aluguel de títulos, ou operações em mercados de derivativos é necessária a existência uma margem de garantia, tais cálculos são realizados por um algoritmo computadorizado desenvolvido pela empresa OptionsClearing.

Liquidação dos Títulos

Com exceção aos IPO (também conhecidos como OPA, Oferta Pública de Ações) a compensação ocorre de forma bilateral e a liquidação financeira ocorre em D+2 e é processada pelo intermédio do STR ( Sistema de Transferência de Reservas).

A transferência da custódia porém ocorre de forma imediata e é realizada diretamente pela BVM&F Bovespa.

Participantes da Câmara de Ações

   Os participantes da Câmara de Ações são divididos em três categorias, os agentes Plenos, os Agentes Próprios e os Agentes Específicos. Veja:

Curso Online para Certificação CPA10

  • Agentes Próprios: liquidam única e exclusivamente seus negócios. Incluem-se aqui os negócios de seus clientes ou empresas do mesmo conglomerado financeiro e ainda fundos de investimento por eles administrados.
  • Agentes Plenos: liquidam além de operações próprias as realizadas por outras corretoras e ainda os investidores qualificados como fundos de pensão, fundos de investimento, clubes de investimento e etc…
  • Agentes Específicos: estes atuam exclusivamente no mercado de renda fixa privada (debêntures).

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!