Repasse de Negócios

Repasse dos Negócios é conhecido como intercambialidade de posição. É quando um participante de algum contrato de derivativos encerra a sua posição, repassando seu compromisso para outro participante.

Isso é possível em contrato padronizados e negociados em bolsa. Devido ao fato de serem muito líquidos e atendem as necessidades de todos os participantes do mercado.

Essa intercambialidade pode ser feita a qualquer momento.

Os contratos são negociados em balcão, cuja as especificações são determinadas diretamente entre as partes contratantes, não são intercambiáveis.

Apenas o Mercado a termo e o Mercado de opções aceitam o repasse de negócios, pois possuem contratos padronizados.

Derivativos Financeiros

Os derivativos financeiros possuem seu valor de mercado referenciado em alguma taxa ou índice financeiro, como por exemplo: taxa de juro, taxa de inflação, taxa de câmbio, índice de ações e outros.

A principal aplicação dos derivativos financeiros é com relação a possibilidade de proteção (hedge).

Empresas que tenham contratos de exportação, importação ou que possuam créditos a receber ou obrigações a cumprir em moedas estrangeiras ou com referência a volatilidade de alguma taxa de juros, podem proteger-se contra variações adversas na moeda que impactem negativamente seus ativos e passivos realizando negócios com derivativos financeiros.

Os investidores individuais e fundos de investimento financeiro possuidores de carteiras de ações podem utilizar os derivativos de índice de ações para proteger o valor de suas carteiras diante das oscilações de preço das ações também.