O que é Leilão?

Leilão é o procedimento especial de negociação pela qual determinada operação é submetida à interferência de participantes por tempo determinado.

Ocorre quando as ações saem do pregão mas continuam sendo negociadas em um sistema fechado de ofertas de compra e venda.

Além disso, o leilão é um mecanismo automático da bolsa para evitar que os preços continuem oscilando e leva em consideração padrões de quantidade, cotação e negociação.

Regras de Fixing

A regras de Fixing são os critérios adotados para a formação do preço único (preço-teórico):

Primeiro: será o preço com maior quantidade de ações negociadas

Segundo: serão selecionados dois preços, o de menor desequilíbrio na compra e na venda, por que o preço do leilão poderá estar entre esses dois valores.

Terceiro: atribui-se ao leilão o preço mais próximo da última operação ou o mais próximo do preço de fechamento ajustado ou do preço de ajuste da sessão de negociação.

Vamos falar agora sobre os Tipos de Leilões.

Leilão comum:

Tem por objeto uma oferta de compra ou venda de um ativo. 

Permite a interferência de compradores ou vendedores a um preço melhor.

Dessa forma, há diferença de preços.

Durante o leilão comum, é cessada temporariamente a negociação contínua do respectivo ativo e todas as suas ofertas registradas participam do leilão.

Leilão especial:

Tem por objeto a oferta de venda de ativo que não seja admitido à negociação nos mercados administrados pela B3.

Durante o leilão, é permitida apenas a interferência de prováveis compradores.

Leilão de Oferta Pública de Aquisição (OPA):

Tem por objeto a oferta de compra de um ativo admitido ou não à negociação nos mercados da B3.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!