Fundos de Investimento CPA10

Imposto de Renda Come Cotas

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 27 de setembro de 2019

Imposto de Renda Come Cotas

Vamos descobrir de uma vez por todas como funciona o tal do Imposto de Renda Come Cotas em Fundos de Investimento?

Para que possamos falar de imposto de renda come cotas que é uma tributação diferenciada que afeta os fundos de investimento… Obviamente é de extrema importância que você já domine a tributação pela tabela regressiva nestes investimentos. Então, não custa relembrar…

Tributação dos Fundos de Investimento

Nos Fundos de Investimento em geral (com exceção aos Fundos de Ações e Fundos Exclusivos) a tributação se dá através Tabela Regressiva  do Imposto de Renda.  A tabela é chamada de regressiva porque como já diz o nome ela já vai caindo. Quanto maior o prazo de aplicação, menor será o imposto devido. Para que fique fácil de compreender, basta observar a tabela abaixo:

Tabela Regressiva IR

Exceção: Fundos de ações a tributação é sempre de 15% sobre o lucro;

O que é o Imposto de Renda Come Cotas?

Agora que já relembramos a tributação. Que diabos é o imposto de renda come cotas? De forma simples, podemos explicar o come cotas e uma antecipação do imposto de renda. A tributação do seu lucro continua de acordo com a tabela que vimos acima, porém como é possível deixar o dinheiro aplicado por 30, 40 ou até 50 anos o governo não quer esperar tudo isso para cobrar o imposto de renda. Afinal, o governo precisa de dinheiro antes para pagar suas contas. É justamente ai que entra o come cotas, funciona como uma antecipação do imposto de renda. Essa “antecipação” acontece a cada 6 meses sempre na mesma data. No último dia útil de maio e novembro.

Curso online Preparatório para Ancord AAI

Até ai tudo bem. Mas porque come cotas? Isso acontece porque o governo não pode desvalorizar o seu investimento. Então para recebe o imposto o administrador do fundo de investimento precisa vender suas cotas do fundo para pagar o imposto. Então, literalmente o IR come as cotas do seu investimento. Por exemplo, digamos que você tem 100 cotas do Fundo de Investimento XPTO. Lá no primeiro dia útil de dezembro você vai perceber no extrato que agora você tem apenas 99,75 cotas. Faz sentido pra você?

Quanto eu pago no Come Cotas?

Já vimos que a tributação ocorre pela tabela regressiva do IR e o come cotas e uma antecipação do IR que ocorre nos últimos dias de maio e novembro. Então significa que vou pagar o come cotas de acordo com a tabela? Não exatamente. Como trata-se de uma tributação antecipada o % cobrado é sempre o mínimo do fundo.

Cuidado, existem dois tipos de fundo. O que são chamados fundos de longo prazo tem a tributação mínima e de 15%, porém os chamados fundos de curto prazo tem uma tributação diferenciada. Neste caso a alíquota mínima de imposto de renda é de  20%. Lembre-se que o come cotas será sempre sob o percentual mínimo do tipo de fundo.

Vamos a um exemplo em número. O cotista aplicou no fundo, e resolveu resgatar depois de um ano, todo o valor.

Dentro desse período, ao menos, o cotista deve ter sofrido duas vezes a retenção do come-cotas de 15%. Vamos supor que ele aplicou R$ 1.000,00 (mil reais). Durante esse período, o rendimento foi de pouco menos de 1% ao mês, equivalente a 12% ao ano. Dessa forma nos primeiros seis meses, o dinheiro teve um rendimento de R$: 60,00.

Levando em consideração que o investidor iniciou sua aplicação no inicio de dezembro. Quando o investimento chegou ao final de maio, houve um Imposto de Renda Come Cotas de 15%, resultando em uma retenção de R$: 9,00. Até novembro, o valor já rendeu mais 6%, ou seja, outros R$: 63,06. O come-cotas será aplicado sobre o rendimento desses seis meses, e não sobre o valor de todo o período. Sendo assim, a nova retenção seria de R$: 9,45.

Levando em consideração que logo após isso, o cotista irá realizar o saque integral de seu investimento, existe ainda o IR sobre o resgate a ser pago. Nesse caso, de um ano e um dia, o IR seria de 17,5%. Porém como o investidor já teve uma retenção de 15% através do come cotas, o valor retido no resgate seria somente da diferença.

Rentabilidade no Período R$ 120,00;

Imposto de Renda (Alíquota Final) 17,50%: R$ 21,00

Dedução do Come Cotas: R$ 18,45

Imposto Recolhido no Resgate: R$ 2,55

Porque o come cotas é terrível para o Investidor?

Não, adiantar o imposto a pagar não é nem um pouco vantajoso. Mesmo sabendo que uma hora você ira realizar o resgate e pagar o IR, adiantar esse valor não é uma boa ideia. Por mais isso não seja tema da sua prova é um conhecimento importante que vale levar para sua vida porque tem grande efeito nos investimentos. Sabemos que os investimentos beneficiam-se do juros compostos e no fundo de investimento não é diferente. Se você aplicar R$100.000,00 conforme vai passando o prazo vai se criando uma parábola na curva de juros. Veja o gráfico para compreender melhor:

Gráfico-Juros-Simples-e-Juros-Compostos.jpg
Gráfico-Juros-Simples-e-Juros-Compostos.jpg

O que acontece com o come cotas no seu investimento é que ele como funciona como um resgate antecipado vai destruir o efeito dos juros compostos. Veja abaixo:

Efeito do Come Cotas
Efeito do Come Cotas

O Imposto de Renda Come Cotas vai diminuir drasticamente a rentabilidade do seu investimento. A cada seis meses o governo começa a sua trajetória e, opa, come cotas!Isso ocorre sucessivamente e a rentabilidade ficando cada vez mais longe dos investimentos que não possuem come-cotas como o Tesouro Direto e alguns fundos de Investimento especiais.

A escapatória do Come Cotas

Agora que você já entendeu o come cotas é um grande problema para seus investimentos é importante falar sobre como você pode fugir dele. A primeira forma é investir no Tesouro Direto. Investindo diretamente em títulos públicos além de encontrar vencimentos até 2050 e se proteger da inflação você é isento do come cotas e também se protege da inflação. Se quiser aprender mais sobre o tema tem uma categoria sobre Tesouro Direto aqui no site além do nosso curso para investir no Tesouro Direto.

Para investir no tesouro você precisa de dedicação, paciência e também um pouco de tempo para acompanhar sua carteira. Se você não faz o tipo que gosta de acompanhar a carteira e ficar ligado nas notícias também não tem problema. Ainda há salvação pra você. Ela atende pelo nome de previdência privada.

Se você já é um investidor de fundos essa é com certeza a melhor saída e te explico o porque. As previdências privadas são incentivadas pelo governo federal e tem uma tributação diferenciada. Quando você faz investimentos na previdência a seguradora (responsável pela administração) vai aplicando o seu dinheiro em um fundo de investimento. A grande vantagem é que como há incentivo do governo esses fundos são chamados de FIEs, Fundos de Investimento Especialmente Constituídos e são isentos do IR Come Cotas.

A contratação deste tipo de plano pode ser super interessante e você pagar pasme, 0% de imposto de renda. Mas cuidado, é importante contratar o plano certo para você. Então é sempre importante contar com uma corretora de seguros especializada em previdência privada.

A terceira exceção são os fundos exclusivos. Este é uma forma de investimento para os mega milionários, eles podem criar os chamados fundos exclusivos fechados que são isentos de come cotas. Porém só podem ter um cotista e não podem realizar novas aplicações.

Curso Online para Certificação CPA10

A quarta e última forma é o fundo de ações. Como não é uma renda fixa e pode haver retorno negativo a tributação é sempre de 15% (independente do prazo) sobre o lucro do investidor.

Imposto de Renda Come Cotas
Imposto de Renda Come Cotas

Resumindo

O come-cotas a principio, não parece ser um grande vilão dos investimentos mas é. E você deve refletir bastante sobre isso ao montar sua carteira de investimentos e responder a pergunta. Vou ser capaz de administrar meus investimentos, aceitar a perda do come cotas ou optar por uma boa previdência privada?

Como você gere suas finanças? Deixa alocado em fundos de investimento, tem uma previdência privada ou realiza você mesmo a gestão? Sua opinião é muito importante, deixe nos comentários.

Download Gratuito

7 Dicas para conseguir sua Certificação Financeira

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *