Será que posso Administrar fundo de investimentos? O que preciso ter, para me tornar um administrador?

Nesse artigo, vamos falar sobre cada personagem que constitui um fundo de investimento. Começando pela peça central disso tudo, o administrador.

Administrador

É por meio dele, que tudo começa. O administrador é a empresa que vai montar o fundo, estruturar o mesmo.

Então, ele, na realidade não é uma pessoa, mas sim uma empresa. Essa instituição financeira precisa estar devidamente credenciada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) .

No processo de abertura do fundo, o administrador, precisa contratar, um gestor, uma auditoria independente, e uma empresa que ficara com a custodia dos ativos.

Sem esquecer, que no final de tudo, precisa vender suas cotas aos investidores.

O administrador precisara prestar contas a CVM e aos cotistas. Por meio de relatórios mensais e periódicos.

Enfim, o serviço do administrador é manter o perfeito funcionamento do fundo, juntamente com o fluxo de caixa.

Sem esquecer que é necessário preservar os direitos dos investidores, Ficando a tento a qualquer irregularidade.

Gestor

Tanto uma pessoa física quanto uma pessoa jurídica podem se tornar gestores de um fundo. Logico existe a necessidade de estar registrado na CVM, para cumprir tal função.

O gestor nada mais é do que o responsável pelos investimentos do fundo. O mesmo precisa estar atento às regras do fundo, para não violar nenhuma delas em quanto estiver fazendo os investimentos. Desta forma o gestor irá atuar em conjunto com a empresa que irá Administrar fundo de investimentos.

Aliás, as regras, assembleias, atas, e afins, ficam todos a cargo do administrador do fundo.  Em outras palavras, o gestor funciona como uma peça chave em toda essa estrutura.

Uma vez que ao optar pelo investimento em um fundo, você está dando poderes para aquele gestor realizar as compras e vendas com o seu dinheiro.

Mesmo sabendo das qualidades do administrador do fundo, é fundamental uma pesquisa previa do gestor.

Não esqueça, por mais que existam regras, será o gestor que fara os seus investimentos.

Auditor

De forma igual ao administrador e ao gestor, o auditor precisa estar devidamente registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Ele é contratado para realizar as analises e auditar as contas do fundo. A figura do auditor existe dentro do fundo, para dar mais transparecia e tranquilidade aos cotistas.

Muitas vezes o que acontece de verdade em um fundo não vai para nos relatórios, e o auditor esta lá para certificar que esta tudo correndo bem.

Custodiante

Tirando os cotistas, essa é a ultima peça no quebra cabeças ao Administrar fundo de investimentos. O custodiaste é a instituição que terá sobre custodias os ativos do fundo.

Corretoras como a XP Investimentos, Clear, Rico, Socopa, são instituições financeiras que oferecem esse serviço de custodia para fundos.

As próprias possuem fundos de investimento também.  Na realidade, muitas vezes o administrador é o próprio custodiante.

Curso Online para Certificação CPA10

Sem duvidas, é importante ficar de olho na empresa que terá os ativos sobre tutela, uma vez que o patrimônio do fundo estará todo ali.

Por acreditar que os fundos imobiliários sejam a forma mais fácil de acumular patrimônio e obter renda passiva volto a este assunto. 

O livro, Fundos Imobiliários: Investimento Inteligente em Imóveis, do autor Danilo Bastos, é uma excelente leitura para jovens em busca de aumentar o patrimônio.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!