Já tratamos muito sobre o custo de oportunidade, mas você sabe qual a ferramenta usada em duas importantes funções da gestão financeira? Esta é o Custo Médio Ponderado de Capital ou Preço Médio Ponderado, também conhecida pela sigla WACC (Weighted Average Cost of Capital).

  • A primeira função é ser usado para calcular o valor de uma empresa quando utilizada como taxa de desconto de Fluxo de Caixa futuro.
  • A segunda é para analisar se um novo projeto é viável na perspectiva financeira,  funcionando como taxa mínima a ser ultrapassada para justificar o investimento.

Portanto, o Custo Médio Ponderado de Capital explica qual é o custo do dinheiro para financiar uma empresa.

Curso online para Certificação CPA20

Como calcular o Custo Médio Ponderado de Capital?

Conforme o seu próprio nome indica, o custo é uma média. Neste caso, é a média do custo de capitais alheios e o custo de capitais próprios. Ou seja, podemos concluir que são as fontes de financiamento da empresa.

Assim, para o cálculo do WACC utilizamos a seguinte fórmula:

Custo Médio Ponderado do Capital
Custo Médio Ponderado do Capital

Sendo:

  • E = Valor do capital próprio;
  • D = Valor do capital alheio;
  • rE = Taxa de custo do capital próprio;
  • rD = Taxa de custo do capital alheio;
  • T = É a taxa de imposto;

Curso online para Certificação CPA20

Para que serve?

O cálculo pode ser utilizado para:

  1. Encontrar a proporção de capitais alheios e próprios no total do ativo (um cálculo que é feito com facilidade a partir da análise do balanço).
  2. Encontrar a taxa de custo do capital alheio, a qual se obtém a partir das demonstrações financeiras ou então quando disponível através dos dados de cada financiamento e a taxa de cada um.(Calcular o custo médio dos capitais alheios).
  3. Encontrar a taxa de custo do capital próprio;.
  4. Encontrar a taxa efetiva de imposto a qual adivinhe, isso mesmo também está disponível através das demonstrações financeiras.

Ao passo que encontramos o custo é a partir dele que nós investidores determinamos quais investimentos e empresas devem ser escolhidas. Mas, é importante estarmos atentos, pois muitas vezes ele pode ser maior do que o retorno da empresa. Ou seja, ele mostra que está perdendo valor para os seus sócios.

Por isso, vale a pena de forma geral ao investidor. Contudo, além deste deve ser usado outras ferramentas de precificação para analisar investimentos válidos ou não.

Gostou do conteúdo? Sabia que temos muitos vídeos sobre certificações e investimentos no nosso canal do Youtube? Clique aqui para conhecer!