CPA 20 Anbima

O que é o Custo Médio Ponderado de Capital (WACC)?

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 7 de novembro de 2019

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Já tratamos muito sobre o custo de oportunidade, mas você sabe qual a ferramenta usada em duas importantes funções da gestão financeira? Esta é o Custo Médio Ponderado de Capital ou Preço Médio Ponderado, também conhecida pela sigla WACC (Weighted Average Cost of Capital).

  • A primeira função é ser usado para calcular o valor de uma empresa quando utilizada como taxa de desconto de Fluxo de Caixa futuro.
  • A segunda é para analisar se um novo projeto é viável na perspectiva financeira,  funcionando como taxa mínima a ser ultrapassada para justificar o investimento.

Portanto, o Custo Médio Ponderado de Capital explica qual é o custo do dinheiro para financiar uma empresa.

Curso online para Certificação CPA20

Como calcular o Custo Médio Ponderado de Capital?

Conforme o seu próprio nome indica, o custo é uma média. Neste caso, é a média do custo de capitais alheios e o custo de capitais próprios. Ou seja, podemos concluir que são as fontes de financiamento da empresa.

Assim, para o cálculo do WACC utilizamos a seguinte fórmula:

Custo Médio Ponderado do Capital
Custo Médio Ponderado do Capital

Sendo:

  • E = Valor do capital próprio;
  • D = Valor do capital alheio;
  • rE = Taxa de custo do capital próprio;
  • rD = Taxa de custo do capital alheio;
  • T = É a taxa de imposto;

Curso online para Certificação CPA20

Para que serve?

O cálculo pode ser utilizado para:

  1. Encontrar a proporção de capitais alheios e próprios no total do ativo (um cálculo que é feito com facilidade a partir da análise do balanço).
  2. Encontrar a taxa de custo do capital alheio, a qual se obtém a partir das demonstrações financeiras ou então quando disponível através dos dados de cada financiamento e a taxa de cada um.(Calcular o custo médio dos capitais alheios).
  3. Encontrar a taxa de custo do capital próprio;.
  4. Encontrar a taxa efetiva de imposto a qual adivinhe, isso mesmo também está disponível através das demonstrações financeiras.

Ao passo que encontramos o custo é a partir dele que nós investidores determinamos quais investimentos e empresas devem ser escolhidas. Mas, é importante estarmos atentos, pois muitas vezes ele pode ser maior do que o retorno da empresa. Ou seja, ele mostra que está perdendo valor para os seus sócios.

Por isso, vale a pena de forma geral ao investidor. Contudo, além deste deve ser usado outras ferramentas de precificação para analisar investimentos válidos ou não.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *