Você vai viver mais do que os seus antepassados viveram.

A má notícia é que muito provavelmente você também não poderá contar com o INSS para garantir sua velhice. Você está preparado?

Um pouco de história…

A previdência social no Brasil começou a ganhar espaço com a Lei dos Acidentes pessoais em 1919 e a Lei Eloy Chavez em 1923 que foi o marco definitivo da socialização da previdência.

Desde 1919 essas leis passaram por diversas reformas que fizeram a previdência social abranger todas as categorias profissionais ganhando a aparência que possui hoje.

Em teoria seria o governo fazendo a parte dele, ajudando as pessoas com casos de doença grave e as famílias mais necessitadas provendo recursos financeiros para garantir os padrões mínimos de qualidade de vida. Parece justo não é mesmo?

Pode até ser, mas temos dois grandes problemas com isso.

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

Quando você pensa na manutenção do padrão de vida que deseja na melhor idade, logo chega a conclusão de que você precisará de muito mais dinheiro do que vai receber da previdência social.

No longo prazo os aposentados vão perdendo o poder de compra para a inflação e acabam recebendo apenas um salário mínimo.

Sem falarmos que o valor que você receberá de aposentadoria é uma média de praticamente toda sua carreira e não o que você ganhava nos últimos anos. O que vai jogar o valor do benefício para baixo.

Agora, o problema mais grave de todos é que você vai viver mais do que seus antepassados. As estimativas da expectativa de vida continuam a aumentar e hoje (último dado de 2017) já é de 75 anos enquanto a estimativa da expectativa de vida em 1994 era de apenas 67 anos.

Pode-se dizer que nos 23 anos de plano Real nos ganhamos mais 8 anos de vida. É ótimo poder viver mais. Mas também é importante estar financeiramente preparado para uma idade que talvez não possamos mais trabalhar.

Déficit do INSS

Este aumento na expectativa de vida acaba criando um enorme gasto para o governo e o INSS que já chegou a 268,8 BILHÕES de reais em 2018.

Este problema é causado porque diferente do que a maioria das pessoas imaginam durante os seus 40 anos de contribuição você não está “guardando dinheiro” para sua aposentadoria, e sim pagando a aposentadoria daqueles que já usufruem do benefício.

Os mais céticos (eu me enquadro neste grupo) afirmam que o INSS é uma grande pirâmide financeira (você pode ler mais sobre o Esquema de Ponzi aqui). Pense comigo, se as pessoas que estão contribuindo agora pagam para os que recebem benefício adivinhe o que vai acontecer quando tiver muuuita gente recebendo e quase ninguém contribuindo?

Adivinhou, todo o sistema vai a falência. 

E infelizmente essa falência do sistema previdênciario é inevitável. De um lado temos a expectativa de vida cada vez maior, o que faz com que os beneficiários recebam o dinheiro por mais tempo. Do outro lado temos uma taxa de natalidade decrescente.

Pegando como base o período de 1994 a 2017 a taxa de natalidade Brasileira caiu de 2,54 para 1,78. Em termos práticos uma taxa de natalidade inferior a 2,00 significa que a população do país está encolhendo. Já existem estudos que afirmam inclusive que a partir de 2030 a população Brasileira já deve apresentar os primeiros sinais desta taxa de natalidade abaixo de 2,00.

Como estamos tendo cada vez menos filhos, a população de forma geral também acaba envelhecendo. O infográfico abaixo pode lhe dar uma visão mais clara dos fatos acima.

O que devo fazer?

Neste cenário que afetará a vida de todos na melhor idade, cada um deve fazer a sua parte o mais cedo possível.

O ideal é que você tenha um planejamento financeiro adequado comece a programar investimentos de longo prazo o mais breve possível.

A boa notícia é que com a internet, hoje é muito mais fácil investir bem do que lá em 1994 com o início do plano real. Existem diversos investimentos que são ótimos para o longo prazo e sua aposentadoria e até quem sabe a tão sonhada independência financeira.

Os investimentos mais recomendados pensando na independência financeira ou aposentadoria são:

Comece a investir cedo.

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

Como dizia o grande cientista Albert Einstein a maior invenção da humanidade são os juros compostos. Para que você se aproveite desta grande invenção da humanidade é importante ter o maior tempo possível, então a melhor dica que possa lhe dar é começar agora mesmo.

Lembre-se que taxa não ganha de tempo. Um investimento de R$ 100.000,00 por 30 anos a uma taxa de 0,50% ao mês vai te resultar em um patrimônio de R$ 602.257,52. Enquanto isso um investimento de R$ 100.000,00 por 20 anos a uma taxa de 1% ao mês resulta apenas R$ 1.089.255,37.