Você sabe como funciona a tributação dos investimentos de Renda Fixa?

Você provavelmente sabe o que é imposto de renda, correto? Mas você sabe como funciona a declaração do IR para aplicações de renda fixa?

Quando falamos de tributação em Renda Fixa temos dois impostos:

  • IOF – Imposto Sobre Operações Financeiras;
  • IR – Imposto de Renda.

Antes de partimos para conhecer cada um e te pergunto: o que vem primeiro?

O imposto sobre a renda, é óbvio que devemos ter a renda. Logo, primeiro sempre pagamos o IOF e por segundo pagamos o IR.

Curso online para Certificação CPA20

IOF – Imposto Sobre Operações Financeiras

O IOF para aplicações financeiras terá diferentes alíquotas, porém para a Renda Fixa ele possui apenas uma.

E caso haja incidência, será cobrado com tabela regressiva de IOF até o 30° dia. Se liga na tabela:

Tabela Regressiva IOF
Tabela Regressiva IOF.

Ela é bem moleza, né?! Note que ela começa em 96% e olha que sacada louca: a alíquota sempre está diminuindo 3%.

É tudo menos 3%! E é essa que é a grande sacada do IOF. Então, o que você tem que lembrar basicamente é que ela começa em 96% e a partir do 30° dia a alíquota é 0%.

A outra tabela que cai na prova quando falamos bastante de Renda Fixa, é a tabela regressiva do Imposto de Renda. Mas, antes de verificarmos ela quero te dizer duas coisas:

  • Investimentos de renda variável JAMAIS têm IOF
  • O IOF é cobrado sempre antes do Imposto de Renda

Não esqueça disso!

Imposto de Renda

Em Renda Fixa quando houver incidência utilizaremos a tabela regressiva para IR para aplicações financeiras.

Porém, porém, porém, eu não vou colocar ela aqui sabe por quê? Você vai desenhar ela ali no seu caderno, na apostila, ou seja onde for. Pois ela não está disponível na prova e é só praticando que você conseguirá aprender.

Mas, podemos lembrar de algumas informações para que tudo fique mais tranquilo e mais fácil de você relembrar!

Lembra que essa começa em 22,5%, vai para 20%, depois chega um momento que está em 15%?

E como ela é regressiva, quanto maior o prazo, menor será o IR. Começando lá com até 180 dias e terminando com mais de 721 dias.

Desenha aí, porque essa tabela é utilizada para tudo em Renda Fixa. Até porque, se não é isento, será utilizado a mesma.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

A lógica

Para que você realmente entenda o conteúdo e não decore, a lógica é a seguinte: quanto maior o prao, menor o imposto a ser pago.

Isso funciona como forma de incentivo a investimentos de longo prazo e a importantes setores importantes para a economia nacional.