Ancord

Saiba como são as operações de Câmbio em nosso mercado

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 15 de julho de 2020
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Tem uma coisa muito importante que você como estudante e profissional financeiro deve saber sobre as operações de Câmbio e Letra de Câmbio: não há nenhuma relação com o câmbio.

É isso mesmo que você leu. Quando falamos em câmbio não há nada haver com dólar, euro, libra, e afins. Nada, nada com essas paradas. Inclusive, é vedado a indexação com algum tipo de variação cambial.

Curso Online para Certificação CPA10

De onde vem as operações de Câmbio?

A Letra de Câmbio e suas operações vem de câmbio de troca. Sendo que, é um título de captação de recursos para às SCI (Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimento), vulgo, as financeiras.

Têm esse nome, porque o que ocorre de fato é uma troca.

Como funciona essas operações?

O tomador do crédito pega dinheiro emprestado da financeira emitindo uma Letra de Câmbio em favor da própria financeira, que é revendido aos investidores.

Perceba que é diferente do CDB onde o emissor é a Instituição Financeira. Pois aqui, nestas operações de Câmbio, o emitente é o próprio devedor.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

A Instituição Financeira fica como aceitante e o beneficiário é o investidor que pode ser Pessoa física ou Jurídica.

É importante você saber que:

  • Possui garantia do FGC;
  • Segue a tributação conforme Tabela Regressiva;
  • Os prazos e valores mínimos são definidos pela Instituição Financeira.

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *