Os mercados administrados pela BM&FBOVESPA podem ser divididos em segmentos de atuação do mercado, os quais são:

  • Segmento BM&F, no qual as empresas fazem a gestão de seus riscos.
  • Segmento Bovespa, no qual as empresas captam recursos para seus investimentos (e vamos falar dela agora).

Os ativos negociados no segmento Bovespa compreendem as operações realizadas em:

Mercado de Bolsa: são os mercado à vista de renda fixa privada, renda variável e ouro, mercado de derivativos e operações estratégicas.

Mercado de Balcão organizado: renda fixa e variável e operações ex-pit;

Mercado de Câmbio: negociação de dólares nos Estados Unidos;

A compensação e liquidação dos ativos do mercado à vista:

A compensação e liquidação dos ativos do mercado à vista são responsabilidades da Clearing da B3 e ocorrem das seguintes maneiras:

  • As operações “normais” da bolsa liquidam em D+2.
  • Operações Day Trade possuem liquidação física em D+0 e financeira em D+2.
  • Mercado a termo possui liquidação previamente fixada entre as partes, sendo a estrutura mais comum a liquidação somente no vencimento.
  • No Mercado Futuro não existe a possibilidade de liquidação antecipada deste contrato, no entanto, o investidor pode inverter sua operação anulando sua exposição realizando a operação contrária.
  • No Mercado de Swap a liquidação ocorre somente no vencimento ou antecipadamente, com a concordância das partes.
  • No Mercado de Opções liquidam-se os prêmios na contratação da operação em D+1. No vencimento, apura-se o valor da liquidação a partir do exercício do direito dos compradores.
  • A CETIP é responsável pela liquidação da maioria das
    negociações que ocorre no Mercado de Balcão brasileiro, sendo executadas em até D+1.