Certificações Financeiras

Políticas Monetárias: conheça o instrumento que influência a economia

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 1 de abril de 2020

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Esse é um tema super bacana para o preparo da sua prova. Por isso que hoje separei tudo o que você precisa saber sobre Políticas Monetárias.

Vamos lá?

Introduzindo as Políticas Monetárias

As Políticas Monetárias podem ser divididas em duas formas: Políticas Expansionistas, onde o governo tenta incentivar a economia local, e as Políticas Restritivas, que é justamente ao contrário, tende a colocar o país em crise.

Sim, isso mesmo, e você já vai entender melhor!

Dentro do nosso mercado existem quatro formas de Políticas Monetárias, se liga nelas:

Selic META

Lembra que lá no módulo 1 da CPA 20 que temos o CMN e o BACEN. E dentro deste último temos a reunião do COPOM. Ele segue justamente para definir a tal da Selic META. Essa taxa de juros que baliza todas as coisas que existem na nossa economia. 

O principal objetivo desta taxa é manter a inflação sobre o controle, mas não deixa de ser uma Política Monetária. E a inflação depende muito do consumo que nós como pessoas fizemos e olha essa lógica:

Curso Online para Certificação CPA10

O COPOM define em sua reunião a Taxa Selic META que é um dos instrumentos mais importantes para deixar sob controle. E como falei, só há inflação se há consumo. Logo, com uma taxa mais alta, por exemplo, 14,25% ao ano – que era antigamente – eu vou comprar um carro com já 50% do valor à vista e o restante vou financiar.

Se eu vou financiar os outros 50%, lembra que, todos os empréstimos e investimentos possuem uma derivação da taxa Selic. E se eu vou financiar com uma taxa de 14,85% ao ano, é comum encontrarmos nesses períodos uma taxa de 1,99% ao mês para o financiamento do carro.

Essa taxa está cara, e esse era o cenário de 2 anos atrás!

E o cenário de hoje é de 4,25% ao ano. E que será feito o mesmo negócio, 50% à vista e os outros 50% será financiado. Porém, destes 50% financiado, como a taxa Selic está menor, é muito incomum encontrar taxa de 0,49% ao mês.

Olha só as diferenças! Você saberia me dizer qual é o melhor cenário para comprar e financiar esse carro?  

Tudo foi investido em Renda Fixa, e há 2 anos atrás era investido 1,99% ao mês e ganhado 1% ao mês. Já hoje em 0,49% ao mês, se ganha 0,30% ao mês.

Anteriormente, valia muito apenas ganhar dinheiro na Renda Fixa e para fazer um empréstimo custava caro. Porém, era vantagem deixar sua grana ali. E se eu deixar a grana ali não haverá consumo. Consequentemente, a inflação vai diminuir.

Então, quanto maior a taxa Selic, menor será a inflação.

Isso quer dizer que em termos de Políticas Monetárias, siginificam as seguintes afirmações:

  • Considerada a principal Política Monetária
  • Definida a nova taxa através das reuniões do COPOM
  • Política Expansionista redução da taxa SELIC
  • Política Restricionista elevação da taxa SELIC

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Open Market (Mercado Aberto)

Esta outra Política Monetária estamos falando de compra e venda de Títulos Públicos Federais com os dealers. Ela funciona com a compra ou a venda de títulos.

Mas, você deve pensar o seguinte: quem compra os títulos? O Tesouro Nacional. 

Sabendo que o dinheiro está com os dealers, se o Tesouro Nacional compra os títulos, o banco que tinha os títulos, agora passa a ter dinheiro, pois vendeu. Logo, a compra é o que chamamos de Política Expansionista, pois o banco passou a ter seu cash que parado não serve para nada. Até porque, parado não serve para nada.

Mas, se o Tesouro Nacional colocar para a venda, os dealers vão pegar a grana e investir em Títulos Públicos Federais. Logo, esta é uma Política Restritiva, que é um tipo de forma de enxugar a liquidez.

Portanto:

  • Oferta de Títulos Públicos Federais no Mercado
  • Política Restritiva: Venda de títulos
  • Política Expansionista: Compra de títulos

Depósito Compulsório

Na nossa apostila temos um exemplo bem bacana que diz que o Banco Comercial tem o poder de criação de moeda. Sabe por quê?

Isso acontece porque se eu apliquei R$ 100,00 na conta corrente, esse valor o banco vai emprestar para alguém. Esse alguém vai comprar alguma coisa, e por coincidência, a marca do produto comprado, possui uma conta neste mesmo banco. Pasmem! Logo, a própria empresa vai ter os R$ 100,00 que voltará para o banco, pois a empresa depositou.

Esse valor que voltou ao banco, será emprestado novamente para alguém que também possui conta ali, e assim por diante.

Curso Online para Certificação CPA10

Mas, perceba que esse assim por diante nos demonstra um ciclo infinito de empréstimos de um dinheiro meio que imaginário.

E o próprio Depósito Compulsório é um percentual que fica retido junto ao Banco Central. E nesse exemplo acima, pense que lá no meu depósito de R$ 100,00 O Depósito Compulsório era de 50%. Isso significa que quando eu depositei 50% do valor é do próprio banco e 50% ele poderá emprestar.

Olha só como vai reduzir, pois ele vai poder emprestar somente R$ 50,00, porém, cada vez que este valor entrar no banco, será reduzido 50%. Então, de R$ 50,00 passa para R$ 25,00 que passa para R$12,56, e assim por diante. Um novo ciclo que reduz o efeito de criação de moeda.

Então, se a taxa de compulsório é de 30%, por exemplo, a gente cria mais moeda e se há mais moeda circulando, há mais inflação.  Agora, se a gente possui um depósito maior, de 50%, por exemplo, significa que há menos moeda, assim a inflação será menor. 

Isso quer dizer que a redução do Depósito Compulsório é chamada de Política Expansionista, enquanto a elevação é chamada de Política Restritiva

Recapitulando:

  • Bancos Comerciais têm a prerrogativa de criar dinheiro
  • Percentual dos depósitos fica retido junto ao BACEN
  • Política Expansionista: Redução do % de depósito compulsório
  • Política Restritiva: Elevação do % do depósito compulsório

Operações de Redesconto

Esse aqui é o nome chique para o empréstimo que o BACEN faz para os bancos. Lembra do CDI? Ele é um depósito interfinanceiro, e o que pode acontecer é que um banco ficou sem dinheiro e solicitou dinheiro emprestado.

Esse banco irá recorrer ao CDI, pois é mais barato. Só que se ele não encontra dinheiro no mercado interbancário, e vai ao BACEN – que é o banco dos bancos – pedir um pouco de dinheiro e aí entra o redesconto.

Ele é um redesconto, contudo, também é uma Política Monetária, pois esse empréstimo não é de graça. Até porque, nada é de graça no mundo!

E se ele eleva a taxa de redesconto é uma Política Restritiva e se ela diminui é uma Política Expansionista.

Para concluir:

  • Empréstimo que o BACEN realiza às instituições financeiras
  • Política Expansionista: Redução da Taxa de Redesconto
  • Política Restritiva: Elevação da Taxa de Redesconto

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “Políticas Monetárias: conheça o instrumento que influência a economia”

Hortencio

Material do Cpa 20

Poliana

E aí, Hortencio! Aqui mesmo no nosso site você encontra nossa apostila para CPA20. No YouTube temos uma playlist da certificação bem bacana também 😉

Visite meu canal no YouTube!

Adquira nosso curso completo para as provas da CPA 20.

Tenha acesso a todas as questões comentadas do Simulados TopInvest!

Siga a gnt no Instagram e não esqueça de compartilhar nosso conteúdo para que possamos continuar com a educação financeira gratuita.

Tenha acesso aos materiais de estudos da TopInvest

Um abraço,
Kléber Stumpf